Abrir menu principal

Leonaldo Paranhos

político brasileiro
Leonaldo Paranhos
15º Prefeito de Cascavel
Período 1º de janeiro de 2017
até atualidade
Antecessor Edgar Bueno
Deputado Estadual do Paraná
Período 1º de fevereiro de 2011
até 31 de dezembro de 2016
(2 mandatos consecutivos)
Vice-Prefeito de Cascavel
Período 1º de janeiro de 2001
até 31 de janeiro de 2004
Vereador de Cascavel
Período 1º de janeiro de 1997
até 31 de janeiro de 2000
Dados pessoais
Nascimento 25 de maio de 1966 (53 anos)
Paraíso do Norte, PR
Cônjuge Fabiola Paranhos
Partido PSC
Religião Cristianismo

Leonaldo Paranhos da Silva (Paraíso do Norte, 25 de maio de 1966) é um político brasileiro.[1]Atualmente é Prefeito do município de Cascavel.

Foi também Deputado Estadual do Paraná pelo Partido Social Cristão (PSC), presidente do Instituto de Pesos e Medidas (IPEM) do Paraná[2], vice-prefeito e vereador do município de Cascavel.

HistóriaEditar

Nascido em Paraíso do Norte, foi bóia-fria (catador de algodão e colhedor de café)[3]. Mudou-se para Cascavel em 1982[4], onde foi militante estudantil, pertenceu à juventude peemedebista, partido o qual ficou filiado por 16 anos. Foi eleito vereador de Cascavel em 1996, com 1.608 votos[5]. No ano 2000 foi eleito vice-prefeito. Em 2010 disputou uma vaga no legislativo estadual e foi eleito com 27.263[6] votos, pelo Partido Social Cristão (PSC). Em 2014 concorreu novamente ao pleito de deputado estadual, reelegendo-se com 69.684[7] votos

Em 2016 foi eleito, já no primeiro turno, prefeito do município para a gestão 2017/2020. Obteve 86.099 votos, o que representa 51,17% dos eleitores.[8]

Vida PolíticaEditar

No seu primeiro mandato como Deputado Estadual presidiu a Comissão Parlamentar de Inquérito do Sistema Único de Saúde[9] e a Comissão Parlamentar de Inquérito da Telefonia Móvel.[10] Ainda no primeiro mandato, Paranhos foi presidente da Comissão Permanente de Defesa do Consumidor.[11]

CPI dos Leitos do SUSEditar

Comissão Parlamentar de Inquérito da Assembleia Legislativa do Paraná que investigou, no exercício de 2011, a gestão dos leitos mantidos pelo Sistema Único de Saúde (SUS) no Paraná. O trabalho foi realizado em quatro meses. Foram visitados 32 hospitais em 14 cidades paranaenses, em mais de 50 mil quilômetros percorridos. O relatório final da CPI foi encaminhado ao TCE-PR dia 25 de outubro de 2011. O material completo da CPI está armazenado em mídia eletrônica, contendo cerca de 2 mil páginas compactadas, além de 4 mil documentos, 60 horas de vídeo e 5 mil fotografias. No total, são mais de 100 gigabytes de informação. As investigações levaram a comissão da CPI a concluir que, entre os principais problemas graves do sistema de gerenciamento dos leitos estão[12]:

• Má gestão;

• Falta de humanização;

• Superlotação do sistema.

Entre as sugestões feitas pela CPI estão:

• Criação de uma central de regulação de leitos única estadual, com informações de disponibilidade de leitos em tempo real;

• Ações visando a racionalização dos recursos financeiros e humanos;

• Controle permanente dos órgãos fiscalizadores;

• Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) nos locais onde encontrado irregularidades.

Principais componentes da comissão:

• Deputado Estadual Leonaldo Paranhos (PSC) - Presidente

• Deputado Estadual Marcelo Rangel (PSD) - Relator

• Jefferson Abadde – Assessor Jurídico

Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR)

CPI da Telefonia MóvelEditar

A Comissão Parlamentar de Inquérito da Telefonia Móvel desenvolveu seus trabalhos no período de 18 de maio a 18 de julho de 2013[13]. A Comissão percorreu o estado do Paraná e investigou a estrutura do sistema de telefonia móvel no Paraná. No relatório final da CPI, aprovado por 37 deputados da Assembleia Legislativa do Paraná, foi solicitado o indiciamento do presidente da ANATEL[14], João Batista de Rezende, pelo Ministério Público Federal, devido ao não cumprimento do papel regulador e fiscalizador que o órgão deveria ter exercido no estado.

Referências

  1. «Leonaldo Paranhos». Assembleia Legislativa do Paraná. Consultado em 27 de fevereiro de 2013 [ligação inativa]
  2. «Paranhos volta à presidencia do IPEM». Paraná Online. Consultado em 11 de maio de 2016 
  3. «Paranhos, deputado que foi boia-fria, no Política & Viola». Rede Sul de Notícias. Consultado em 11 de maio de 2016 [ligação inativa]
  4. «Deputado Paranhos - História». Deputado Paranhos. Consultado em 11 de maio de 2016. Arquivado do original em 25 de março de 2016 
  5. «Resultado das Eleições 1996». Tribunal Superior Eleitoral. Consultado em 11 de maio de 2016 
  6. «Apuração dos votos 2010». Terra Networks. Consultado em 11 de maio de 2016 
  7. «Resultado Eleições 2014». Gazeta do Povo. Consultado em 11 de maio de 2016 
  8. «Resultado Eleições 2016». Consultado em 9 de outubro de 2016 
  9. «CPI dos Leitos do SUS». Assembleia Legislativa do Paraná. Consultado em 1 de março de 2013 [ligação inativa]
  10. «CPI da Telefonia Móvel». Assembleia Legislativa do Paraná. Consultado em 11 de maio de 2016 
  11. «Paranhos preside a Comissão de Defesa do Consumidor». Gazeta Regional. Consultado em 11 de maio de 2016. Arquivado do original em 13 de maio de 2016 
  12. «CPI dos Leitos do SUS» (PDF). Tribunal de Contas do Estado do Paraná. Consultado em 11 de maio de 2016 
  13. «Assembleia do Paraná vota relatório final da CPI da Telefonia Móvel». UNALE. Consultado em 11 de maio de 2016. Arquivado do original em 8 de agosto de 2016 
  14. «Alep aprova relatório final da CPI da Telefonia Móvel». Gazeta do Povo. Consultado em 11 de maio de 2016 

Ver tambémEditar

Precedido por
Edgar Bueno
 
Prefeito de Cascavel

2017- 2020
Sucedido por

Referências

Ligações externasEditar