Abrir menu principal
Lindomar Garçon
Nascimento 17 de outubro de 1969 (49 anos)
Rondonópolis
Cidadania Brasil
Ocupação político

Lindomar Barbosa Alves, mais conhecido como Lindomar Garçon (Rondonópolis, 17 de outubro de 1969) é um político brasileiro. Atualmente no Partido Republicano Brasileiro (PRB).

Já tendo trabalhado como garçon, adotou o nome em sua carreira política.[1] Foi vereador e prefeito da cidade de Candeias do Jamari por dois mandatos consecutivos (1997–2004). Neste período era filiado ao PSDB.

Em 2006, elege-se deputado federal já pelo PV. Tenta a reeleição em 2010 porém obtem a suplência. Mudou de partido em 2007, do PV para o PR, porém retornou a antiga sigla devido ao risco de perder o mandato por infidelidade partidária.[2]

Em 2012, concorre a prefeitura de Porto Velho, perdendo no 2º turno contra Mauro Nazif Rasul.[3]

Foi eleito deputado federal em 2014, para a 55.ª legislatura (2015-2019). Como deputado federal, votou a favor do Processo de impeachment de Dilma Rousseff.[4] Já durante o Governo Michel Temer, votou a favor da PEC do Teto dos Gastos Públicos.[4] Em abril de 2017 foi favorável à Reforma Trabalhista.[4][5] Em agosto de 2017 votou contra o processo em que se pedia abertura de investigação do presidente Michel Temer, ajudando a arquivar a denúncia do Ministério Público Federal.[4][6] Nas Eleições Gerais de 2018 Não Conseguiu se Reeleger Para o Seu 3 Mandato de Deputado Federal

É cristão evangélico, sendo membro e líder da Igreja Evangélica Assembleia de Deus.[7]

Referências

  1. «Horário eleitoral: em Porto Velho, candidatos esquecem propostas e apelam para sentimentalismo». Consultado em 8 de outubro de 2012. Arquivado do original em 3 de março de 2016 
  2. Deputado muda do PV para o PR e agora volta
  3. Lindomar Garçon agradece pelos votos e diz que 2º turno não será fácil
  4. a b c d G1 (2 de agosto de 2017). «Veja como deputados votaram no impeachment de Dilma, na PEC 241, na reforma trabalhista e na denúncia contra Temer». Consultado em 11 de outubro de 2017 
  5. Redação (27 de abril de 2017). «Reforma trabalhista: como votaram os deputados». Consultado em 18 de setembro de 2017 
  6. Carta Capital (3 de agosto de 2017). «Como votou cada deputado sobre a denúncia contra Temer». Consultado em 18 de setembro de 2017 
  7. «PRB recebe deputado federal Lindomar Garçon». Tudo Rondônia. 10 de março de 2016. Consultado em 11 de junho de 2018 

Ligações externasEditar