Lista das Nações Unidas de territórios não autônomos

artigo de lista da Wikimedia
Mapa de países na lista da ONU:
  atuais
  anteriores

A Lista das Nações Unidas de territórios não autônomos documenta países que, segundo as Nações Unidas, não estão até o momento descolonizados.

A lista foi inicialmente preparada em 1946 com o Artigo XI da Carta das Nações Unidas e foi atualizada na Assembleia Geral das Nações Unidas, em recomendação ao Comitê Especial de Descolonização e seus predecessores.

Somente territórios permanentemente habitados são considerados para inclusão nesta lista, excluindo quaisquer atóis remotos (como Ilha de Clipperton e Recife Kingman) e territórios do Oceano Antártico (como Terras Austrais e Antárticas Francesas e Ilha Heard e Ilhas McDonald).

Territórios não autônomosEditar

Em 2019, há ainda 17 territórios na lista de territórios não autônomos a ser descolonizados[1]:

Território Estado que o administra Estado que o reivindica
  Anguilla   Reino Unido Nenhum
  Bermudas   Reino Unido Nenhum
  Gibraltar   Reino Unido   Espanha
  Guam   Estados Unidos Nenhum
  Ilhas Cayman   Reino Unido Nenhum
  Ilhas Malvinas   Reino Unido   Argentina
  Ilhas Turcas e Caicos   Reino Unido Nenhum
  Ilhas Virgens Britânicas   Reino Unido Nenhum
  Ilhas Virgens Americanas   Estados Unidos Nenhum
  Montserrat   Reino Unido Nenhum
  Nova Caledónia   França Nenhum
  Ilhas Pitcairn   Reino Unido Nenhum
  Polinésia Francesa[2]   França Nenhum
  Saara Ocidental   Espanha (de jure)[3]
  Marrocos (de facto)
  República Saaraui
  Marrocos
  Samoa Americana   Estados Unidos Nenhum
  Santa Helena   Reino Unido Nenhum
  Tokelau   Nova Zelândia Nenhum

Ligações externasEditar

Referências

  1. «Non-Self-Governing Territories». sitio web de Naciones Unidas (em inglês) 
  2. «General Assembly adds French Polynesia to UN decolonization list». sitio web de Naciones Unidas (em inglês). 18 de maio de 2013 
  3. «Cópia arquivada» (PDF). Consultado em 5 de julho de 2016. Arquivado do original (PDF) em 6 de outubro de 2014