Abrir menu principal

Wikipédia β

Anguilla

território britânico ultramarino
(Redirecionado de Anguila)
Disambig grey.svg Nota: Para pela cidade estado-unidense no estado do Mississippi, veja Anguilla (Mississippi).
Disambig grey.svg Nota: Para o género zoológico a que pertencem as enguias, veja Anguillidae.
Anguilla
Anguilha
Bandeira
Brasão de armas
Bandeira Brasão
Lema: Each Endeavouring, All Achieving
(em português: cada um se esforça, todos conseguem)
Gentílico: Anguilhano/a

Localização  Anguilha

Capital The Valley
Língua oficial Inglês
Governo Território britânico ultramarino
 - Monarca Isabel II
 - Governador Christina Scott
 - Vice-governador Stanley Reid
 - Ministro-chefe Victor Banks
População  
 - Estimativa para 2006 13 600 hab. 
 - Censo 2011 13 452 hab. 
 - Densidade 132 hab./km² 
Moeda Dólar das Caraíbas Orientais
Fuso horário (UTC-4)
Cód. ISO AI
Cód. Internet .ai
Cód. telef. +1-264

Anguilla (lê-se Anguilha, mas por vezes é aportuguesada como Anguila[1][2][3][4][5]) é um território britânico ultramarino nas Caraíbas, que compreende a ilha de Anguilla e algumas ilhotas próximas, e que tem fronteira marítima, no canal de Anguilla, com a ilha de São Martinho (dividida em uma parte neerlandesa, Sint Maarten, e uma parte francesa, Saint-Martin). A oeste, tem como vizinhas mais próximas as Ilhas Virgens Britânicas. A capital de Anguilla é The Valley.

Em tempos fez parte de uma confederação com São Cristóvão e Névis, quando estas duas ilhas ainda estavam sob domínio britânico.

Índice

HistóriaEditar

 Ver artigo principal: História de Anguilla

A ilha foi descoberta por Cristóvão Colombo em 1493. Tornou-se dependência inglesa em 1650, governada em conjunto com as ilhas de São Cristóvão e Nevis. Em 12 de Julho de 1967 proclama unilateralmente a independência e em 1969 a república. Em 19 de Março de 1969 o domínio britânico é restabelecido. Apenas a 19 de Dezembro de 1980 obtém o estatuto de colónia separada.

Entre 2012 e 2014 as ilhas passaram por uma intervenção extremamente destruidora de ambientalistas radicais que foi anunciada tardiamente pelo ramo americano da BirdLife Internacional, essa intervenção é a destruição das evidências da descoberta do Arquipélago de Anguilla por parte da fauna, era não endêmica que era composta por ratos.[6].

PolíticaEditar

 Ver artigo principal: Política de Anguilla

Anguila está sob a Ordem Constitucional do 1 de abril de 1982, emendado em 1990.

O Chefe de Estado é Sua Majestade a Rainha Isabel II do Reino Unido, representada pelo Governador de Anguilla, que é designado pela própria rainha. O Chefe de Governo é o Ministro Chefe, que é designado pelo Governador dentro do bloco maioritário da Assembleia e que deve formar um Conselho Executivo aprovado por dita Câmara.

A Assembleia é unicameral com onze cadeiras, sete eleitas por voto popular, dois membros de ofício e dois designados pelo Governador para um termo de cinco anos. Possui um tribunal (com um juiz enviado pelo Supremo Tribunal do Caribe Oriental).

SubdivisõesEditar

 Ver artigo principal: Subdivisões de Anguilla

Não possui uma divisão político-administrativa propriamente dita. Ainda que se podem assinalar as ilhas como a divisão mais representativa. As ilhas que conformam o território são:

GeografiaEditar

 Ver artigo principal: Geografia de Anguilla
 
Vista aérea da ilha de Anguilla.
 
Porto da ilha de Anguilla (Caribe).
 
Praia em Anguilla (Caribe).

O arquipélago se localiza no Caribe, especificamente no extremo norte das ilhas de Sotavento nas Antilhas Menores; compreende a habitada ilha de Anguila e as desabitadas ilhas Scrub, Dog e Sombrero; e alguns ilhéus próximos, também desabitados.

O terreno é em geral, rochoso e de pouca elevação. Não há rios, só algumas pequenas lagoas na ilha de Enguia. O clima é tropical com uma temperatura média de 27 °C.

EconomiaEditar

 Ver artigo principal: Economia de Anguilla

Anguila possui poucos recursos naturais, e a economia depende bastante do turismo, bancos estrangeiros, pesca de lagostas e remessas de emigrantes. A economia, especialmente o setor turismo, teve efeitos devastadores em 1995, por causa do Furacão Luis, mas se recuperou em 1996. Ao crescer o setor turismo, também pôde ajudar ao setor de construção, que cresceu grandemente à economia. Os bancos estrangeiros estão estabelecidos, mas tem a participação muito pequena, ainda que também em auge.

Os principais produtos que produz e exporta são a sal, pescado, lagostas, blocos de concreto, gado, fumo e rum. No arquipélago se usa como moeda o Dólar Caribe-Este.

DemografiaEditar

 Ver artigo principal: Demografia de Anguilla

Toda a população do arquipélago se concentra na ilha principal de Anguilla. A maioria da população professa o protestantismo (com maiorias anglicana e metodista e minorias adventista e batista). Também há uma minoria cristã-católica.

Etnicamente a maioria da população é de ascendência africana, com minorias mulato e branca.

CulturaEditar

 Ver artigo principal: Cultura de Anguilla

Ver tambémEditar

Referências

  1. Grafia utilizada oficialmente em português pela União Europeia.
  2. Portal da Língua Portuguesa – Dicionário de Gentílicos e Topónimos
  3. Ciberdúvidas da Língua Portugal – Sobre os adjectivos pátrios
  4. Vocabulário Ortográfico da Língua Portuguesa da Porto Editora (disponível na Infopédia)
  5. Macedo, Vítor (Primavera de 2013). «Lista de capitais do Código de Redação Interinstitucional» (PDF). Sítio web da Direcção-Geral da Tradução da Comissão Europeia no portal da União Europeia. A Folha — Boletim da língua portuguesa nas instituições europeias (n.º 41). 11 páginas. ISSN 1830-7809. Consultado em 23 de maio de 2013 
  6. «Dog Island, Anguilla, declared rat-free». 30 de junho de 2014. Consultado em 14 de maio de 2015 

Ligações externasEditar

O Commons possui imagens e outras mídias sobre Anguilla