MTV Video Music Awards de 1992

O MTV Video Music Awards de 1992 foi ao ar em 9 de setembro de 1992, premiando os melhores videoclipes lançados entre 16 de junho de 1991 e 15 de junho de 1992.[1] A cerimônia, ocorrida no Pavilhão Pauley, da Universidade da Califórnia, em Los Angeles, nos Estados Unidos, foi apresentada pelo comediante estadunidense Dana Carvey.[1]

MTV Video Music Awards de 1992
Data 9 de setembro de 1992 (1992-09-09)
Apresentação Dana Carvey
Local Pavilhão Pauley, Los Angeles
País  Estados Unidos
Cobertura televisiva
Estação MTV
1991
1993

Os grandes vencedores da noite foram as bandas Van Halen e Red Hot Chili Peppers, com cada grupo ganhando três prêmios. O vídeo do Van Halen, da canção "Right Now", levou para casa o principal prêmio da noite, Vídeo do Ano, e recebeu sete indicações, tornando-se o vídeo mais indicado da noite. Enquanto isso, o Red Hot Chili Peppers ganhou o prêmio de Escolha da Audiência, e recebeu um total de nove indicações por dois de seus vídeos, tornando-se o artista mais indicado da noite. Seis das indicações do Peppers foram para "Give It Away", e as três restantes foram para "Under the Bridge".

A premiação é lembrada por uma briga entre Axl Rose e os membros do Nirvana e com Courtney Love. O desentendimento começou nos bastidores, antes do início da cerimônia, quando Love, brincando, convidou Rose para ser o padrinho de Frances Bean Cobain. Rose ameaçou Cobain caso ele não aquietasse sua esposa, e farpas foram trocadas entre Love e a então namorada de Rose, Stephanie Seymour.[2][3] Os baixistas Krist Novoselic e Duff McKagan quase saíram no tapa por causa do incidente, pouco antes do Nirvana subir ao palco.[2][4] A briga veio a público no palco, logo após a performance de "Lithium", do Nirvana, quando o baterista Dave Grohl provocou Rose. Cobain então levantou a disputa em entrevistas pós-show ainda no VMAs.[2][3]

Junto com Nirvana e Guns N 'Roses, as performances da noite incluíam nomes como Bryan Adams, Def Leppard, En Vogue, Red Hot Chili Peppers, Pearl Jam, Eric Clapton, entre outros. Além disso, houve uma performance especial da banda U2, transmitida de Detroit via satélite, com o apresentador da cerimonia, Dana Carvey tocando bateria para eles, do Pavilhão Pauley. A banda inglesa The Cure iria se apresentar também, mas tiveram que cancelar sua aparição, alegando doença e exaustão da banda.[5]

PerformancesEditar

Artista Canção Apresentado por
The Black Crowes "Remedy" Dana Carvey
Bobby Brown "Humpin' Around" Dana Carvey
U2[A]
Dana Carvey[B]
"Even Better Than the Real Thing" Dana Carvey[B]
Def Leppard "Let's Get Rocked" Dana Carvey
Nirvana "Rape Me" (Intro)
"Lithium"
Dana Carvey
Elton John "The One" Dana Carvey
Pearl Jam "Jeremy" Dana Carvey
Red Hot Chili Peppers "Under the Bridge" (Intro)
"Give It Away"
Dana Carvey
Michael Jackson[C] "Black or White" Dana Carvey
Bryan Adams "Do I Have to Say the Words?" Dana Carvey
En Vogue "Free Your Mind" Dana Carvey
Eric Clapton "Tears in Heaven" Dana Carvey
Guns N' Roses
Elton John
"November Rain" Dana Carvey

Notas

Vencedores e indicadosEditar

Vídeo do Ano
(apresentado por Mick Jagger)
Artista Revelação
(apresentado por Boyz II Men e Wilson Phillips)
Melhor Vídeo Masculino
(apresentado por Eddie Murphy)
Melhor Vídeo Feminino
(apresentado por Kris Kross e Magic Johnson)
Melhor Vídeo de Grupo
(apresentado por Peter Gabriel e Annie Lennox)
Melhor Vídeo de Metal/Hard Rock
(apresentado por Luke Perry e Howard Stern (como "Fartman"))
Melhor Vídeo de Rap
(apresentado por Ice-T, Lars Ulrich e Kirk Hammett)
Melhor Vídeo de Dance
(apresentado por John Norris durante o Pré-Show)
Melhor Vídeo Alternativo
(apresentado por Dana Carvey)
Melhor Vídeo de Um Filme
(apresentado por Halle Berry e Jean-Claude Van Damme)
Vídeo Inovador
(apresentado por Marky Mark e Vanessa L. Williams)
Melhor Direção
(apresentado por John Corbett e Shannen Doherty)
Melhor Coreografia
(apresentado por Cindy Crawford durante o Pré-Show)
Melhor Efeitos Especiais
(apresentado por Cindy Crawford durante o Pré-Show)
Melhor Direção de Arte
(apresentado por Cindy Crawford durante o Pré-Show)
Melhor Edição
(apresentado por Cindy Crawford durante o Pré-Show)
Melhor Cinematografia
(apresentado por Cindy Crawford durante o Pré-Show)
Escolha da Audiência
(apresentado por Denis Leary e Cindy Crawford)
Escolha da Audiência International (América Latina)
(apresentado por Daisy Fuentes)
Escolha da Audiência International (Ásia)
(apresentado por Angela Chow)
  • Christina – "Jing Mai Klua"
    • Artists R.A.P. (Roslan Aziz Productions) – "Ikhlas Tapi Jauh"
    • Chang Yu-sheng – "Take Me to the Moon"
    • The Dawn – "Iisang Bangka Tayo"
    • Lo Ta-yu – "Story of the Train"
    • Marsha – "Taak-Hak"
Escolha da Audiência International (Austrália)
(apresentado por Richard Wilkins)
Escolha da Audiência International (Brasil)
(apresentado por Cuca Lazarotto)
  • Diesel – "Man Alive"
    • Boom Crash Opera – "Holy Water"
    • The Clouds – "Hieronymous"
    • Frente! – "Ordinary Angels"
Escolha da Audiência International (Europa)
(apresentado por Ray Cokes)
Prêmio Michael Jackson Video Vanguard
(apresentado por Roger Taylor and Brian May)
Guns N' Roses

Referências

  1. a b «vma 1992: about the show». MTV (em inglês). Viacom. 9 de setembro de 1992. Consultado em 28 de setembro de 2018 
  2. a b c Graham Hartmann (31 de agosto de 2012). «Axl Rose vs. Nirvana – Nastiest Rock Feuds». Loudwire (em inglês). Townsquare Media. Consultado em 28 de setembro de 2018 
  3. a b Steven Hyden (19 de outubro de 2010). «Part 2: 1991: "What's so civil about war anyway?"». The A.V. Club (em inglês). Onion, Inc. Consultado em 28 de setembro de 2018 
  4. Krist Novoselic (18 de novembro de 2008). «What Really Happened at the 1992 MTV Music Video Awards». Seattle Weekly (em inglês). Sound Publishing. Consultado em 28 de setembro de 2018 
  5. TCDB (12 de novembro de 2015). «THE CURE cancel MTV Video Music Awards performance - 1992». YouTube (em inglês). Alphabet Inc. Consultado em 28 de setembro de 2018 

Ligações externasEditar