Marcelo Bielsa

futebolista argentino

Marcelo Alberto Bielsa (Rosário, 21 de julho de 1955) é um treinador e ex-futebolista argentino que atuava como zagueiro. Atualmente comanda o Leeds United.

Marcelo Bielsa
Marcelo Bielsa
Bielsa em 2012
Informações pessoais
Nome completo Marcelo Alberto Bielsa
Data de nasc. 21 de julho de 1955 (66 anos)
Local de nasc. Rosário, Argentina
Nacionalidade argentino
Altura 1,85 m
Apelido El Loco
Informações profissionais
Equipa atual Leeds United
Posição ex-zagueiro
Função treinador
Clubes de juventude
Newell's Old Boys
Clubes profissionais
Anos Clubes
1975–1977
1978–1979
1979–1980
Newell's Old Boys
Instituto
Argentino de Rosário
Times/Equipas que treinou
1980–1990
1990–1992
1993–1995
1995–1996
1997–1998
1998
1998–2004
2007–2011
2011–2013
2014–2015
2016
2017
2018–
Newell's Old Boys (juvenil)
Newell's Old Boys
Atlas
América
Vélez Sarsfield
Espanyol
Argentina
Chile
Athletic Bilbao
Olympique de Marseille
Lazio
Lille
Leeds United
Última atualização: 14 de agosto de 2021

Carreira como treinadorEditar

Newell's Old BoysEditar

Apelidado de El loco Bielsa, teve uma curta carreira como jogador e atuou como zagueiro. Defendeu o Newell's Old Boys, da primeira divisão argentina, o Instituto e o Argentino de Rosário, mas logo se aposentou e ingressou na carreira de treinador. Iniciou comandando o próprio Newell's, levando o time a alguns títulos na década de 1990.

Seleção ArgentinaEditar

Em 1998, depois de um período de quatro anos no comando de Daniel Passarella, Bielsa assumiu o comando da Seleção Argentina. Nas Eliminatórias para a Copa do Mundo FIFA, a Albiceleste foi a 1ª colocada e classificou-se com folga para a Copa do Mundo FIFA de 2002. No entanto, mesmo contando com grandes craques como Ariel Ortega, Juan Sebastián Verón, Hernán Crespo e Gabriel Batistuta, a Argentina decepcionou na competição realizada na Ásia, sendo eliminada na primeira fase. Depois disso os Albicelestes foram vice-campeões na Copa América de 2004 e medalha de ouro nas Olimpíadas de 2004.

Surpreendendo a todos, Bielsa decidiu abandonar o seu cargo em dezembro de 2004 alegando questões pessoais, mesmo tendo conquistado pouco tempo antes a medalha de ouro. José Pékerman assumiu a Seleção Argentina.

No ano de 2007, foi contratado para ser técnico da Seleção Chilena, fazendo uma bela estruturação e campanha para conquistar a vaga na Copa do Mundo FIFA de 2010.[1] No dia 4 de novembro de 2010, após eleição para presidência da Associação Chilena, ele e Jorge Segovia trocaram farpas algumas semanas antes na imprensa. Em outras acusações, o novo chefão da ANFP disse que o técnico do Chile na última Copa do Mundo era uma figura patética. “El Loco”, por sua vez, disse que Segovia manipulou o resultado das eleições.[2]

Athletic BilbaoEditar

Em 2011, após deixar o comando da Seleção Chilena, assumiu o Athletic Bilbao, da Espanha. No time basco, tornou-se ídolo da torcida por recolocar a equipe nos holofotes do futebol europeu, ao conduzir o Athletic para uma campanha memorável na Liga Europa da UEFA de 2011–12, eliminando times como Paris Saint-Germain, Manchester United e Sporting, levando o time Basco à final da competição. Na mesma temporada, também levou o Athletic à final da Copa do Rei. Apesar de perder as duas finais, Bielsa teve uma temporada muito positiva e um grande reconhecimento pelo seu trabalho, no qual se via um padrão de jogo envolvente e muito bem executado.[3] Na temporada seguinte, Bielsa renovou seu contrato, mas o Athletic não conseguiu repetir os mesmos resultados e em 7 de junho, após muitas especulações e algumas polêmicas, deixou o comando do time basco.

Olympique de MarseilleEditar

Em 2 de maio de 2014 assumiu o comando do Olympique de Marseille, fechando por duas temporadas.[4] O clube terminou na quarta posição na Ligue 1 de 2014–15. Porém, após a primeira rodada da Ligue 1 da temporada 2015–16, Bielsa pediu demissão.[5]

LazioEditar

Em 6 de julho de 2016, foi confirmado como novo treinador da Lazio.[6] Entretanto, desistiu de comandar a equipe apenas dois dias após ser anunciado pelo clube. A decisão surpreendente foi anunciada pelo próprio clube italiano, em breve comunicado divulgado no dia 8 de julho.[7]

LilleEditar

Em 24 de maio de 2017, assinou com o Lille, da França, mas em 15 de dezembro, após ficar um mês com o contrato suspenso, rescindiu oficialmente.[8]

Leeds UnitedEditar

No dia 15 de junho de 2018, Bielsa foi confirmado no Leeds United, da Inglaterra, fechando contrato por dois anos.[9] Depois de dezesseis anos longe da Premier League, Bielsa conseguiu trazer o Leeds de volta à elite da Inglaterra após ser campeão da segunda divisão, a EFL Championship de 2019–20.[10]

TítulosEditar

Como treinadorEditar

Newell's Old Boys
Vélez Sársfield
Espanyol
Seleção Argentina
Leeds United

Vida pessoalEditar

Seu irmão Rafael Bielsa é um político (a partir da metade de 2006, Senador do Distrito Importante de Buenos Aires), enquanto sua irmã María Eugenia é a atual vice-governadora da província de Santa Fé.

Referências

  1. Paulo Cobos (6 de setembro de 2009). «"El Loco" muda futebol chileno e espreita o Brasil nas eliminatórias». Folha de S.Paulo. Consultado em 14 de agosto de 2021 
  2. «Bielsa deixa comando da seleção do Chile e pode assumir Boca ou River». GloboEsporte.com. 4 de novembro de 2010. Consultado em 14 de agosto de 2021 
  3. «Marcelo Bielsa diz ser fã de Maradona e agradece elogio ao Athletic Bilbao». GloboEsporte.com. 26 de março de 2012. Consultado em 14 de agosto de 2021 
  4. «Olympique de Marselha anuncia a contratação de Marcelo Bielsa». GloboEsporte.com. 2 de maio de 2014. Consultado em 14 de agosto de 2021 
  5. Leandro Stein (10 de agosto de 2015). «A saída de Bielsa do Olympique de Marseille é a história de uma paixão arruinada». Trivela. Consultado em 14 de agosto de 2021 
  6. «Comunicato» (em italiano). Site oficial da Lazio. 6 de julho de 2016. Consultado em 14 de agosto de 2021 
  7. «Bielsa desiste de assumir o comando da Lazio». VEJA. 8 de julho de 2016. Consultado em 14 de agosto de 2021 
  8. «Contrat rompu entre le LOSC et Marcelo Bielsa» (em francês). Site oficial do Lille. 15 de dezembro de 2017. Consultado em 14 de agosto de 2021 
  9. «Leeds United: Marcelo Bielsa signs two-year contract to become new manager» (em inglês). BBC. 15 de junho de 2018. Consultado em 14 de agosto de 2021 
  10. Antônio Strini (18 de julho de 2020). «Marcelo Bielsa é campeão com o Leeds no mês em que comemora 30 anos como técnico». ESPN.com.br. Consultado em 14 de agosto de 2021 

Ligações externasEditar

Precedido por
Edgardo Bauza
Treinador Sul-Americano do Ano
2009
Sucedido por
Óscar Tabárez