Abrir menu principal

Margot Lee Shetterly

Margot Lee Shetterly
Nascimento 1969 (50 anos)
Hampton, Virginia
Nacionalidade Estados Unidos estadunidense
Alma mater Universidade da Virginia
Ocupação Escritora
Prémios Sloan Fellowship, Virginia Foundation for the Humanities
Gênero literário Não-ficção
Magnum opus Hidden Figures (2014)
Página oficial
www.margotleeshetterly.com

Margot Lee Shetterly é uma escritora estadunidense de não-ficção. Seu primeiro livro, Hidden Figures - The American Dream and the Untold Story of the Black Women Mathematicians Who Helped Win the Space Race, teve os direitos comprados por Hollywood, inspirando o filme Hidden Figures.[1]

Vida pessoal e educaçãoEditar

Nascida em Hampton, Virginia, era filha de um cientista no Langley Research Center, da NASA.[2][3] Sua mãe era professora na Universidade Hampton.[4] Margot estudou na Phoebus High School e formou na McIntire School of Commerce, da Universidade da Virginia.

Depois da faculdade, Margot mudou-se para Nova York, onde trabalhou vários anos no mercado financeiro, primeiro na J.P. Morgan, lidando com comércio exterior e em seguida na Merrill Lynch, trabalhando com mercado de capitais. Trocou de ramo, indo para a mídia, trabalhando com vários projetos. Em 2005, Margot e seu marido, o também escritor Aran Shetterly, mudaram-se para o México, onde fundaram uma revista, em inglês, chamada Inside Mexico,[5] que fechou em 2009.

De 2010 a 2013, Margot trabalhou com marketing editorial na indústria mexicana de turismo. Nessa mesma época, começou a pesquisa para o livro Hidden Figures. Em 2014, os direitos do livro foram vendidos para William Morrow, da editora HarperCollins e para Donna Gigliotti da Levantine Films.[6][7]

O filme conta com as atrizes Taraji P. Henson, Octavia Spencer e Janelle Monáe nos papéis das cientistas Katherine Johnson, Dorothy Vaughan e Mary Jackson.

Em 2013, ela fundou o projeto The Human Computer, uma organização cuja missão é arquivar todo o trabalho dessas centenas de mulheres que trabalharam como computadores, matemáticas e programadoras nos primeiros anos da National Advisory Committee for Aeronautics (NACA) e da National Aeronautics and Space Administration (NASA).[8]

ObrasEditar

  • Hidden Figures, William Morrow/HarperCollins 2016[9]
  • NASA-Langley Women's History Month 2014 Keynote: "Hidden Figures: The Female Mathematicians of NACA and NASA."

Referências

  1. Buckley, Cara. «Uncovering a Tale of Rocket Science, Race and the '60s». The New York Times. Consultado em 13 de julho de 2016 
  2. Epstein, Sonia. «NASA Mathematician Katherine Johnson Receives Presidential Medal». Sloan Science and Film. Consultado em 13 de julho de 2016 
  3. Mirk, Sarah (23 de maio de 2016). «In 'Hidden Figures,' NASA'S African American Mathematicians Wil Land on the Big Screen». Bitch Media. Consultado em 13 de julho de 2016 
  4. Atkinson, Joe. «From Computers to Leaders: Women at NASA Langley». NASA Langley. Consultado em 13 de julho de 2016 
  5. Johnson, Reed (14 de fevereiro de 2007). «Speaking the Same Language». LA Times. Consultado em 13 de julho de 2016 
  6. Deahl, Rachel (10 de março de 2014). «Book Deals: Week of March 10, 2014». Publishers Weekly. Consultado em 14 de julho de 2016 
  7. Fleming Jr., Mike (9 de julho de 2015). «Ted Melfi & Fox 2000 in Talks For 'Hidden Figures'; How A Group of Math-Savvy Black Women Helped NASA Win Space Race». Deadline. Consultado em 13 de julho de 2016 
  8. Atkinson, Joe. «From Computers to Leaders: Women at NASA Langley». NASA Langley. Consultado em 13 de julho de 2016 
  9. Shetterly, Margot Lee. Hidden Figures: The Story of the African-American Women Who Helped Win the Space Race. HarperCollins, 2016. ISBN 9780062363596

LinksEditar