Matão

município brasileiro do estado de São Paulo

Matão é um município brasileiro do estado de São Paulo. Localizado na região Norte do estado a 585 metros de altitude, na latitude 21°36'12" sul e na longitude 48°21'57" oeste. Sua população estimada no ano de 2017 era de 82.307 habitantes, distribuídos em 524,899  km² de área.[6] O município é formado pela sede, pelo distrito de São Lourenço do Turvo e pelo povoado de Silvânia[7][8].

Matão
  Município do Brasil  
Matão-VistaLF.jpg
Símbolos
Bandeira de Matão
Bandeira
Brasão de armas de Matão
Brasão de armas
Hino
Apelido(s) "Cidade Canção"
"Terra da Saudade"
"Capital do Corpus Christi"
Gentílico matonense
Localização
Localização de Matão em São Paulo
Localização de Matão em São Paulo
Mapa de Matão
Coordenadas 21° 36' 10" S 48° 21' 57" O
País Brasil
Unidade federativa São Paulo
Região intermediária[1] Araraquara
Região imediata[1] Araraquara
Municípios limítrofes Dobrada, Araraquara, Gavião Peixoto, Nova Europa, Tabatinga, Itápolis e Taquaritinga.
Distância até a capital 305 km
História
Fundação 25 de março de 1895 (125 anos)
Emancipação 27 de agosto de 1898 (122 anos)
Aniversário 27 de agosto
Administração
Distritos
Prefeito(a) Adauto Scardoelli (PT, 2021 – 2024)
Características geográficas
Área total [2] 524,899 km²
População total (Estimativa IBGE/2017[3]) 82 307 hab.
Densidade 156,8 hab./km²
Clima Tropical de altitude (Aw)
Altitude 585 m
Fuso horário Hora de Brasília (UTC−3)
CEP 15990-005 até 15990-470
Indicadores
IDH (PNUD/2000[4]) 0,806 muito alto
PIB (IBGE/2008[5]) R$ 5 164 584,722 mil
 • Posição BR: 91º
PIB per capita (IBGE/2008[5]) R$ 66 483,67
Outras informações
Padroeiro(a) Senhor Bom Jesus
Sítio www.matao.sp.gov.br (Prefeitura)
www.camaramatao.sp.gov.br (Câmara)

HistóriaEditar

A partir de 1890, quando os primeiros fazendeiros de café se instalaram na região, o núcleo populacional começou a se formar. Por volta de 1894, iniciou-se a construção da capela e a primeira missa foi celebrada no dia 25 de março de 1895, data considerada a de fundação da antiga vila do Senhor do Bom Jesus das Palmeiras.

O número cada vez maior de colonos que chegavam para cultivar suas terras e o estabelecimento de casas de comércio e indústrias impulsionaram o desenvolvimento da região.

A prova maior do interesse que a região despertava foi a chegada dos trilhos da Estrada de Ferro Araraquara em fins de 1889, um dos principais fatores de desenvolvimento do município.

Em 19 de setembro de 1895, foi criado o distrito policial de Bom Jesus das Palmeiras e, em 7 de maio de 1897, passou à categoria de distrito, mudando o nome para Matão, do município de Araraquara. Em 27 de agosto de 1898, criava-se o município.[9]

GeografiaEditar

ClimaEditar

O clima predominante é o tropical de altitude, com verões quentes e chuvosos e invernos amenos e secos. A temperatura média é de 22 °C, sendo que o mês mais quente é fevereiro (média de 25 °C) e o mais frio, julho (18 °C). A máxima absoluta registrada foi de 41,7 °C, em outubro de 2014, e a mínima absoluta, -3,4 °C, em julho de 1975. A temperatura pode ir além dos 40 °C nos meses de setembro e outubro em alguns anos, e geadas ocorrem entre maio e agosto, sendo fortes a cada 5 anos, em média.[carece de fontes?]

Localidades na VizinhançaEditar

O diagrama seguinte representa as localidades perto de Matão, que são:

 Matão
 Dobrada (11,1 km)
 Araraquara (36,5 km)
 Taquaritinga (42,7 km)
 Guariba (41,5 km)

DemografiaEditar

Dados da contagem populacional - 2016

População total: 82.900

Dados da contagem populacional - 2014

População total: 80.990

Dados da contagem populacional - 2010

População total: 76.786

Dados do Censo - 2010

  • População Total: 85.550
População residente Número de Habitantes
Urbana 80.014
Rural 2.876
Homens 42.777
Mulheres 42.773

Densidade demográfica (hab./km²): 142,3

Mortalidade infantil até 1 ano (por mil): 6,9

Expectativa de vida (anos): 78 anos

Taxa de fecundidade (filhos por mulher):

Taxa de alfabetização:92,3%

Índice de Desenvolvimento Humano (IDH-M):

  • IDH-M Renda: 0,734
  • IDH-M Longevidade:0,813
  • IDH-M Educação: 0,871

(Fonte: IPEADATA)

HidrografiaEditar

Rios
Córregos
  • Córrego do Cascavel
  • Córrego do Cortume
  • Córrego da Tabuleta
  • Córrego do Tobias
  • Córrego Milho Vermelho
  • Córrego Espiga Vermelha
  • Córrego Las Palmas
Microbacias

TransporteEditar

  • Aeroporto Pequeno (não asfaltado)
  • Estação Rodoviária
  • Estação Ferroviária
Rodovias

Ferrovias

AdministraçãoEditar

Poder Executivo

O atual prefeito de Matão é Adauto Aparecido Scardoelli, do PT, natural de Taquaritinga, com ensino superior completo, eleito em 2020 pela quarta vez com aproximadamente 44,4% dos votos. O atual vice-prefeito é Cido Ferrari, tambem do PT.

Poder Legislativo

O Poder Legislativo é representado pela câmara municipal, composta por onze vereadores com mandato de 4 anos. Cabe aos vereadores na Câmara Municipal de Matão, especialmente fiscalizar o orçamento do município, além de elaborar projetos de lei fundamentais à administração, ao Executivo e principalmente para beneficiar a comunidade.

Presidentes da Câmara
 
Vista da zona Nordeste da cidade, a partir do trevo Matão - Motuca a foto foi tirada ao lado da Rodovia Brigadeiro Faria Lima.
  • 1989-90: Wilson Luiz Bertachini (PMDB)
  • 1991-92: Jonas Wagner Garcia (PMDB)
  • 1993-94: José Guilherme Monteiro de Castro (PMDB)
  • 1995-96: Luizinho Pedro Antônio (PSDB)
  • 1997-98: Cidinho de Souza (PT)
  • 1999-00: Antônio Carlos Manzini (PSDB)
  • 2001-02: Valtinho Trevizanelli (PPS)
  • 2003-04: China Correa (PMDB)
  • 2005-06: Cidinho de Souza (PT)
  • 2007-10: José Edinardo Esquetini (PSB)
  • 2011-14: Agnaldo Navarro (PDT)
  • 2015-16: Sandro Trench (PSD)
  • 2017-18: Valtinho Trevizanelli (PSB)
  • 2019-20: Luis Manzini (PSB)
  • 2021-22: Ana Mondini (MDB)

ComunicaçõesEditar

Telefonia

A cidade foi atendida pela Companhia Telefônica Brasileira (CTB) até 1973,[11] quando passou a ser atendida pela Telecomunicações de São Paulo (TELESP), que inaugurou a central telefônica utilizada até os dias atuais. Em 1998 esta empresa foi vendida para a Telefônica,[12] que em 2012 adotou a marca Vivo[13] para suas operações de telefonia fixa.

Televisão
  • TV Matão

Referências

  1. a b Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (2017). «Base de dados por municípios das Regiões Geográficas Imediatas e Intermediárias do Brasil». Consultado em 10 de fevereiro de 2018 
  2. IBGE (10 de outubro de 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  3. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (30 de agosto de 2017). «Estimativas da população residente no Brasil e unidades da federação com data de referência em 1º de julho de 2017» (PDF). Consultado em 26 de fevereiro de 2018 
  4. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2000. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  5. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  6. «IBGE | Cidades | São Paulo | Matão». cidades.ibge.gov.br. Consultado em 25 de maio de 2017 
  7. «Municípios e Distritos do Estado de São Paulo» (PDF). IGC - Instituto Geográfico e Cartográfico 
  8. «Divisão Territorial do Brasil». IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística 
  9. [1]
  10. «Matão -- Estações Ferroviárias do Estado de São Paulo». www.estacoesferroviarias.com.br. Consultado em 2 de outubro de 2020 
  11. «Relação do patrimônio da CTB incorporado pela Telesp» (PDF). Diário Oficial do Estado de São Paulo 
  12. «Nossa História». Telefônica / VIVO 
  13. GASPARIN, Gabriela (12 de abril de 2012). «Telefônica conclui troca da marca por Vivo». G1 

Ver tambémEditar

Ligações externasEditar

 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Matão