Abrir menu principal

Medal of Honor: Vanguard

vídeojogo de 2007
Medal of Honor: Vanguard
Desenvolvedora(s) EA Los Angeles
Budcat Creations (Wii)
Publicadora(s) Electronic Arts
Compositor(es) Michael Giacchino
Plataforma(s) PlayStation 2
Wii
Série Medal of Honor
Data(s) de lançamento Wii:
Estados Unidos 26 de março de

2007
Austrália 29 de março de- 2007
União Europeia 30 de março de 2007
PS2:
Estados Unidos 26 de março de 2007
Austrália 29 de março de 2007
União Europeia 30 de março de 2007
Japão 24 de maio de 2007

Gênero(s) Tiro em primeira pessoa
Modos de jogo Single player / multiplayer
Heroes (2006)
Airborne (2007)

Medal of Honor: Vanguard é um jogo eletrônico de tiro em primeira pessoa desenvolvido pela EA Los Angeles e publicado pela Electronic Arts. É a décima edição da série Medal of Honor ambientada na Segunda Guerra Mundial. O jogo foi desenvolvido pelo estúdio da Eletronic Arts em Los Angeles e lançado para os consoles PlayStation 2 e Nintendo Wii em 2007.[1][2]

Índice

HistóriaEditar

Na campanha do game, o jogador assume o papel do Cabo (mais tarde Sargento) Frank Keegan, membro da 82ª Divisão Aerotransportada (mais tarde ele é transferido para a 17ª Divisão Aerotransportada) lutando contra as forças do Eixo da Alemanha Nazista e da Itália Fascista.

A primeira missão acontece em 10 de julho de 1943, durante a Operação Husky (a invasão aliada da Sicília no sul da Itália). Keegan está em um avião C-47 em algum lugar na costa da Sicília, ele e seu esquadrão estão prontos para saltar quando a aeronave é subitamente atacada por navios da Marinha dos EUA acreditando que os aviões aliados seriam alemães. Quase atingindo a costa, o avião é despedaçado ao meio e Keegan e vários outros paraquedistas são jogados para fora. Ele consegue abrir seu pára-quedas e chegar ao chão, onde ele se encontra com seu líder de esquadrão, o Sargento John Magnuson. Eles lutam através da pequena cidade costeira contra a oposição moderada das forças italianas. Na manhã seguinte, os paraquedistas se defendem de um contra-ataque alemão antes de limpar a praça principal e o resto da cidade. Uma vez pela cidade, eles se dirigem para um bunker costeiro localizado em uma grande falésia e que abriga vários canhões que ameaçam qualquer embarcação Aliada que se aproxime da costa. Eles abrem o bunker com explosivos e disparam para dentro matando todas as forças alemãs que defendiam as armas costeiras antes de inutilizarem os canhões com explosivos, finalmente protegendo a força de invasão aliada. O esquadrão de Keegan então se muda 20 milhas para o oeste para se reagrupar com o resto da 82ª Divisão Aerotransportada.

Na segunda missão, devido a um acidente durante o treinamento na Inglaterra, Keegan foi transferido para uma unidade de planadores Waco CG-4 designadas para desembarcar na Normandia como parte da Operação Overlord (ou Operação Netuno) durante a invasão da Normandia. Na madrugada do Dia D, em 6 de junho de 1944, sobrevoando acima da Normandia, a aeronave C-47 Skytrain que rebocava o planador de Keegan é abatida por fogo antiaéreo alemão, perdendo o cabo de reboque, os dois pilotos do planador são obrigados a fazer um pouso forçado, o impacto do planador ao solo é violento e mata metade dos soldados que estavam a bordo incluindo os dois pilotos, exceto Keegan e o único outro soldado sobrevivente, o Cabo Stephen Garrett. Os dois soldados sobreviventes, Keegan e Garrett, movem-se em direção ao ponto de encontro à procura de mais aliados, eles estão perto de uma pequena aldeia chamada Azeville, aproximadamente a noroeste de Sainte-Mère-Église. Eles fazem seu caminho para uma antiga igreja, encontrando um grande número de tropas alemãs ao longo do caminho. No caminho, eles também encontram aliados, outros membros do seu esquadrão, os soldados Pike e Chalmers e alguns paraquedistas aliados que haviam saltado na Normandia. Ao chegar na igreja eles encontram o Sargento Magnuson pendurado e preso nas vigas, tendo aterrissado lá durante o salto. Keegan consegue soltar o Sargento enquanto os alemães lançam um ataque à partir do cemitério da igreja contra os paraquedistas agora presos lá dentro. Eles conseguem lutar contra os alemães e defender a igreja mas logo ouvem o que parece ser um Panzer do lado de fora. Os paraquedistas tentam escapar da igreja, Keegan é nocauteado com uma coronhada de um alemão quando ele estava abrindo uma porta que levava para fora da igreja, o alemão logo é morto pelos paraquedistas antes que ele pudesse fazer qualquer coisa. Keegan fica inconsciente por quase uma hora. Acordando pouco tempo depois, Keegan e seu esquadrão começaram a cumprir os seus objetivos e tomar as estradas e explodir várias pontes-chaves da Normandia em torno de Azeville. Keegan aproveita os suprimentos de planadores que caíram na região para montar os componentes de uma bazuca que ele usa para destruir um veículo semi-lagarta Sd.Kfz. 251 bloqueando o seu avanço até uma ponte. Keegan e outro soldado paraquedista começam a plantar as cargas explosivas na ponte, porém, os explosivos detonaram cedo demais, matando alguns dos soldados próximos e deixando Keegan inconsciente novamente. O Sargento Magnuson acorda Keegan já na manhã do Dia D, mas quase imediatamente leva um tiro na cabeça por um franco-atirador alemão. Keegan e seu esquadrão atacam a casa onde o atirador foi localizado e eliminam a resistência alemã. Eles então fazem o seu caminho para uma grande ponte que levava a uma mansão abandonada onde os alemães estavam usando como posto de comando, possivelmente para atacar a Praia de Utah. Eles abrem caminho através da ponte sob fogo pesado da infantaria alemã e de metralhadoras MG42. Keegan usa uma bazuca para destruir um obstáculo na ponte, a bazuca veio através de um suprimento jogado por um avião aliado. O esquadrão avança para a mansão eliminando a resistência no caminho apenas para descobrir que ela se tornou uma armadilha, eles são rapidamente cercados pela infantaria alemã apoiada por quatro tanques Tiger. A batalha pela defesa da mansão é feroz, os tanques Tiger conseguem impor pesadas baixas aos paraquedistas da 82ª e quase destroem a mansão, enquanto os paraquedistas aliados resistem e esperam por reforços. Keegan consegue recompor sua bazuca usando mais munição e consegue destruir os tanques Tiger um a um. Os alemães finalmente batem em retirada após o último Tiger ser destruído por Keegan. Após a escaramuça, Keegan é promovido a Sargento devido à morte de Magnuson.

A terceira missão acontece durante a monumental Operação Market Garden nos Países Baixos, em 17 de setembro de 1944, onde o recém-promovido, Sargento Keegan, agora lidera seu esquadrão. A 82ª Divisão Aerotransportada deve saltar nos arredores da cidade de Grave, a sudoeste de Nimegue. O objetivo das forças aerotransportadas da fase Market era capturar uma série de pontes ao longo dos principais rios dos Países Baixos e abrir caminho para o rápido avanço de unidades blindadas pelas estradas da fase Garden, a fim de atingir o propósito estratégico de permitir que os Aliados pudessem atravessar o Reno, a última grande barreira natural para o avanço sobre à Alemanha. Após aterrissar nos Países Baixos, o esquadrão de Keegan luta por uma fazenda perto de Grave que estava sendo defendida pelos alemães e conseguem desativar uma bateria antiaérea alemã em um moinho de vento. Keegan encontra alguns documentos do inimigo e seu esquadrão repele um contra-ataque alemão no celeiro da fazenda antes de rumarem para Grave. No caminho para Grave, o esquadrão decide neutralizar um ninho de MG42 em uma casa e um bunker anti-aéreo até chegar à importante Ponte de Grave sobre o rio Mosa, que eles eventualmente capturam após vários combates. O esquadrão de Keegan então se reúne com o Tenente McCollum que assume o comando. Eles então seguem para a cidade de Grave, onde encontram fogo pesado de metralhadoras MG42 em toda a cidade. O Tenente McCollum ordena que os esquadrões tomem a cidade de Grave antes do anoitecer. Aproximando-se da praça da cidade, Keegan e os outros soldados são atacados por dois tanques Tiger, um deles é destruído pelos paraquedistas e o outro arrasa a praça da cidade e acaba matando o Cabo Chalmers, antes que Keegan finalmente possa destruí-lo com uma bazuca.

A quarta e última missão no jogo acontece durante a Operação Varsity, perto de Wesel, na Alemanha. Após o fracasso da Operação Market Garden, os aliados não conseguiram alcançar o Reno até o Natal de 1944. Varsity deveria dar apoio para as tropas terrestres que avançavam pelo Reno na região oeste alemã. Keegan foi transferido para a 17ª Divisão Aerotransportada, ele e seu esquadrão fazem o seu salto em 25 de março de 1945 às margens do rio Reno que está fortemente defendida com metralhadoras 42, armas antiaéreas, tanques Tiger e um grande sistema de trincheiras fortificadas com bunkers. Os paraquedistas recebem fogo pesado das forças alemãs. Após uma extensa batalha pelo controle da região, eles chegam a um complexo industrial alemão, onde enfrentam vários contra-ataques brutais antes de seguir para um sistema de trincheiras. Depois de neutralizar as trincheiras e as defesas alemãs em torno delas, Keegan deve fazer o seu caminho sozinho através de uma fábrica destruída e cheia de franco-atiradores alemães. Ele consegue atravessar e se reagrupar com os membros sobreviventes de seu esquadrão do lado de fora do complexo, assim, centenas de tropas de Fallschirmjager lançam um grande contra-ataque com um grande número de tanques em apoio. Depois de uma longa batalha com muitas baixas para defender o complexo, os paraquedistas conseguem repelir com sucesso o ataque alemão, com uma cena final mostrando as tropas alemãs remanescentes recuando pelas as colinas.

JogabilidadeEditar

O jogo compartilha muitos elementos de jogabilidade com o seu sucessor, Medal of Honor: Airborne. Os jogadores podem personalizar suas armas, como adicionar uma mira telescópica a um fuzil M1 Garand e um tambor de munição a mais para uma metralhadora Thompson, embora essas atualizações estejam disponíveis apenas em certos níveis.

No início de cada uma das operações, os jogadores saltam de paraquedas para o campo de batalha (com a exceção de uma inserção de planador no início da missão da invasão da Normandia) e podem escolher aproximadamente onde deve ser a zona de pouso. Os jogadores que pousarem em pontos marcados por fumaça verde poderão pegar melhorias de armas e munição. As missões podem ser jogadas de maneiras diferentes, dependendo de onde o jogador salta e de quais armas ele obtém.

O jogo possui um modelo linear de progresso durante a campanha. O sistema de regeneração utilizava o método de recover, que se tratava do personagem se recuperar quando não era mais alvejado ou usando a cobertura.

A versão de Wii implementa o Wii Remote para realizar movimentos como agachar, saltar, fazer curvas rápidas, ataques com armas, recarregar e disparar.

O game possui várias armas da Segunda Guerra Mundial sendo elas : M1 Garand, Karabiner 98k , Thompson, MP40, Browning Automatic Rifle (BAR), STG44, MG42 e Bazooka. A qualidade da trilha sonora e do som foram muito bem elogiadas na época do lançamento.

MultiplayerEditar

O modo de multiplayer foi incluído no jogo na forma de um modo de tela dividida de 2-4 jogadores com as versões Wii e PS2. (A versão de PS2 requer um multitap para suportar mais de dois jogadores). Este é atualmente o último jogo da série Medal of Honor que apresenta o modo de tela dividida. Existem cinco modos:

Deathmatch
Team Deathmatch
Capture the Flag
King of the Hill
Scavenger Hunt

OperaçõesEditar

Ligações externasEditar

Referências


  Este artigo sobre jogos eletrônicos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.