Mike Woodson

basquetebolista estadunidense

Michael Dean Woodson (nascido em 24 de março de 1958) é um americano ex-jogador e treinador de basquete. Ele jogou e treinou muitas equipes da NBA, sendo New York Knicks e Los Angeles Clippers os últimos.[1]

Mike Woodson
Mike Woodson.jpg
Woodson treinando os Hawks nos Playoffs da NBA de 2008 NBA.
Informações pessoais
Nome completo Michael Dean Woodson
Data de nasc. 24 de março de 1958 (62 anos)
Local de nasc. Indianapolis, Indiana, Estados Unidos
Informações profissionais
Período como jogador 1980–1991 (11 anos)
Número da camisa 44, 42, 2
Altura 6 ft 5 in (1.96 m)
Peso 195 lb (88 kg)
Período como treinador 1996–
Função Treinador principal
Clubes de juventude
1976–1980 Estados Unidos Indiana
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (pontos)
1980–1981
1982
1982–1986
1986–1988
1988–1990
1991
Estados Unidos New York Knicks
Estados Unidos [[ New Jersey Nets]]
Estados Unidos Kansas City/Sacramento Kings
Estados Unidos Los Angeles Clippers
Estados Unidos Houston Rockets
Estados Unidos Cleveland Cavaliers
0081 0(380)
007 0(83)
00306‬ 0(5.050)
00154 0(2.700)
00153 0(1.493)
004 0(11)
Times que treinou
Anos Clubes Jogos (V - D)
1996–1999
1999–2001
2001–2003
2003–2004
2004–2010
2011–2012
2012–2014
2014–2018
Estados Unidos Milwaukee Bucks (Assistente)
Estados Unidos Cleveland Cavaliers (Assistente)
Estados Unidos Philadelphia 76ers (Assistente)
Estados Unidos Detroit Pistons (Assistente)
Estados Unidos Atlanta Hawks
Estados Unidos New York Knicks (Assistente)
Estados Unidos New York Knicks
Estados Unidos Los Angeles Clippers (Assistente)
Conquistas
Competidor dos  Estados Unidos
Jogos Pan-Americanos
Ouro San Juan 1979 Equipe

Carreira como jogadorEditar

Inicio e ensino médioEditar

Crescendo em Indiana, Woodson sentiu que o ambiente que permeava o estado ajudou a prepará-lo para uma carreira no basquete. Ele disse: "Cada quintal tinha quadras com pequenos aros de basquete. Se você não tivesse, você tinha vizinhos a duas portas de distância. Você tinha parques em todas as áreas da cidade onde você poderia jogar. Tinha também centros de recreação onde você poderia ir jogar. Era um lugar para ir aprender seu ofício."[2]

Ele também foi capaz de praticar com um grande número de jogadores de basquete talentosos na área de Indianápolis, de acordo com Woodson, jogar em Indiana significava: "Você tinha que ser capaz de passar, arremessar, driblar e jogar sem a bola. Era o basquete de Indiana. E Bob Knight é quem realmente instilou muitos dos fundamentos e como os técnicos do ensino médio ensinavam suas equipes".

Universidade de IndianaEditar

Woodson escolheu a Universidade de Indiana para jogar basquete universitário sob o comando de Bob Knight. A escolha foi fácil de acordo com Woodson: "Eu queria ir a algum lugar onde pudesse jogar, onde eu soubesse que poderia ter uma ótima educação e onde minha família não teria que viajar muito para me ver. Então foi perfeito. E eu pensei eu estava jogando pelo melhor técnico do país na época."

No segundo ano de Woodson, ele foi o artilheiro da equipe que venceu o Torneio NIT de 1979. A equipe de 1979-80, liderados por Woodson e Isiah Thomas, venceram o campeonato da Big Ten e avançaram para o Sweet Sixteen do Torneio da NCAA de 1980. Woodson terminou sua carreira em Indiana com 2.062 pontos.

NBAEditar

New York KnicksEditar

Woodson foi selecionado pelo New York Knicks como a 12º escolha geral no Draft de 1980. Ele passou dois anos em Nova York, antes de ser negociado para o New Jersey Nets.

New Jersey NetsEditar

Depois de jogar sete jogos com os Nets, ele foi novamente negociado com o Kansas City Kings.

Kansas City / Sacramento KingsEditar

Ele teve grande sucesso com os Kings, liderando a equipe com 18,2 pontos durante os playoff de 1983. Ele fez uma média de 12,2 pontos em sua carreira com os Kings (mudando com a equipe para Sacramento).

Fim da carreiraEditar

Após o sucesso com os Kings, ele passou por Los Angeles Clippers, Houston Rockets e Cleveland Cavaliers, antes de se aposentar em 1991.

Carreira como treinadorEditar

Assistente técnico (1996–2004)Editar

Woodson serviu três temporadas como assistente técnico do Milwaukee Bucks (1996–97 até 1998–99), duas temporadas com o Cleveland Cavaliers (1999–2000 a 2000–01), duas temporadas com o Philadelphia 76ers (2001–02 a 2002–03) e uma temporada com o Detroit Pistons (2003–04).

Com os Pistons durante a temporada de 2003-04, ele ajudou a vencer o título da NBA sob o comando do técnico Larry Brown.[3] Woodson era conhecido por aproveitar ao máximo os jogadores defensivos, permitindo que as equipes treinadas por ele e por Brown limitassem os adversários a pouco menos de 42% dos arremessos.

Atlanta Hawks (2004-2010)Editar

Para a temporada de 2004-05, Woodson assumiu como treinador do Atlanta Hawks. Durante seu tempo com os Hawks de 2004-05 até 2009-10, ele compilou um registro de 206-286.

Na temporada de 2007-08, ele liderou os Hawks para os playoffs pela primeira vez em oito anos. Esta seria a primeira de três aparições consecutivas. Ele levou os Hawks para as Semifinais da Conferência Leste em suas duas últimas temporadas, compilando um recorde geral nos playoff de 11-18.

Os Hawks aumentaram seu total de vitórias em cada uma das seis temporadas de Woodson em Atlanta, passando de 13-69 em 2004-05 para 53-29 em 2009-10. As 206 vitórias na carreira de Woodson estão em quarto lugar na história dos Hawks, perdendo apenas para Richie Guerin (327), Mike Fratello (324) e Lenny Wilkens (310).

No entanto, depois que os Hawks perderam na segunda rodada dos playoffs para o Orlando Magic em 2010, o gerente geral Rick Sund anunciou que a equipe não tentaria renovar o contrato de Woodson, cujo contrato expirou em 17 de maio de 2010.[4]

New York Knicks (2011-2014)Editar

Em 29 de agosto de 2011, o New York Knicks anunciou que Mike Woodson foi contratado como assistente técnico do técnico Mike D'Antoni. Em 14 de março de 2012, Woodson foi nomeado treinador interino após a renúncia de D'Antoni.[5] Em sua estréia como treinador interino naquela noite, eles esmagaram o Portland Trail Blazers por uma pontuação de 121-79. Woodson foi nomeado o treinador em tempo integral dos Knicks em 25 de maio de 2012.[6] Eles terminaram a temporada forte sob o comando de Mike Woodson, tendo um recorde de 18-6 e um recorde de 36-30 como recorde na temporada, embora eles perderiam por 4-1 contra o Miami Heat nos Playoffs.

Na temporada de 2012-13, os Knicks, sob o comando de Woodson, compilou um registro de 54-28 e garantiu a segunda melhor campanha na Conferência Leste. Eles chegaram às semifinais da Conferência Leste, onde perderam para o Indiana Pacers em seis jogos.

Na temporada de 2013-14, a equipe terminou com um recorde de 37-45 e não foi para os playoffs pela primeira vez em quatro temporadas. Em 21 de abril de 2014, Woodson foi demitido da posição de treinador do New York Knicks, juntamente com toda a sua equipe técnica depois de duas temporadas e meia.[7]

Los Angeles Clippers (2014–2018)Editar

Em 29 de setembro de 2014, o Los Angeles Clippers anunciou oficialmente que Woodson havia sido contratado como assistente técnico. Ele iria manter essa posição com os Clippers ao longo dos próximos quatro anos, perdendo os playoffs apenas em sua última temporada. Woodson mais tarde anunciou sua renúncia de sua posição com os Clippers em 15 de maio de 2018.[8]

EstatísticasEditar

Como jogadorEditar

LEGENDA
 PJ  Partidas jogadas  PI  Partidas iniciadas  MPJ  Minutos por jogo  AP  Arremessos de quadra (%)
 3P  Arremessos de 3 pontos (%)  LL  Lances-livre (%)  RT  Rebotes por jogo  AS  Assistências por jogo
 BR  Roubos de bola por jogo  TO  Tocos por jogo  PPJ  Pontos por jogo  Negrito  Melhor da carreira


Temporada Time PJ MPJ AP 3P LL RT AS BR TO PPJ
1980-81 NYK 81 11.7 .442 .200 .766 1.2 0.9 0.4 0.1 4.7
1981-82 TOT 83 28.1 .503 .280 .773 3.0 2.7 1.7 0.4 15.7
1981-82 NJN 7 20.7 .441 .000 .719 1.9 2.3 1.0 0.3 11.9
1981-82 KCK 76 28.8 .507 .292 .780 3.1 2.7 1.8 0.4 16.1
1982-83 KCK 81 30.0 .506 .212 .790 3.1 3.1 1.7 0.7 18.2
1983-84 KCK 71 25.9 .477 .250 .818 2.5 2.5 1.2 0.4 14.5
1984-85 KCK 78 25.6 .496 .238 .800 2.5 1.8 1.5 0.4 17.0
1985-86 SAC 81 29.8 .475 .154 .837 2.8 2.4 1.1 0.5 15.6
1986-87 LAC 74 28.7 .437 .276 .828 2.2 2.6 1.4 0.2 17.1
1987-88 LAC 80 31.7 .445 .231 .868 2.4 3.4 1.4 0.3 18.0
1988-89 HOU 81 27.9 .438 .348 .823 2.4 2.5 1.1 0.2 12.9
1989-90 HOU 61 15.9 .395 .293 .721 1.4 1.1 0.7 0.2 6.5
1990-91 TOT 15 11.4 .338 .143 .846 0.9 1.0 0.3 0.3 4.3
1990-91 HOU 11 11.4 .389 .167 .833 1.0 0.9 0.5 0.4 4.8
1990-91 CLE 4 11.5 .217 .000 1.000 0.5 1.3 0.0 0.3 2.8
Carreira 786 25.5 .466 .271 .813 2.3 2.3 1.2 0.3 14.0

Como treinadorEditar

Playoffs
Time Ano J V D % Classificação J V D % Resultado
Atlanta 2004–05 82 13 69 .159 5° na Divisão Sudeste Não se classificou aos Playoffs
Atlanta 2005–06 82 26 56 .317 5° na Divisão Sudeste Não se classificou aos Playoffs
Atlanta 2006–07 82 30 52 .366 5° na Divisão Sudeste Não se classificou aos Playoffs
Atlanta 2007–08 82 37 45 .451 3° na Divisão Sudeste 7 3 4 .429 Perdeu na Primeira Rodada
Atlanta 2008–09 82 47 35 .580 2° na Divisão Sudeste 11 4 7 .364 Perdeu na Semi-Final de Conf.
Atlanta 2009–10 82 53 29 .646 2° na Divisão Sudeste 11 4 7 .364 Perdeu na Semi-Final de Conf.
New York 2011–12 24 18 6 .750 2° na Divisão do Atlântico 5 1 4 .200 Perdeu na Primeira Rodada
New York 2012–13 82 54 28 .659 1° na Divisão do Atlântico 12 6 6 .500 Perdeu na Semi-Final de Conf.
New York 2013–14 82 37 45 .451 3° na Divisão do Atlântico Não se classificou aos Playoffs
Carreira 680 315 365 .463 46 18 28 .391

Referências

  1. «Mike Woodson Stats». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 30 de junho de 2019 
  2. Serby, Steve (21 de março de 2012). «Serby's Q & A with … Mike Woodson». New York Post (em inglês). Consultado em 30 de junho de 2019 
  3. Staff, NBA com. «Top Moments: Pistons shock NBA world, win championship in 2004». NBA.com (em inglês). Consultado em 30 de junho de 2019 
  4. «Bloomberg.com». Bloomberg.com (em inglês). Consultado em 30 de junho de 2019 
  5. «NBA Basketball News, Scores, Standings, Rumors, Fantasy Games». sports.yahoo.com (em inglês). Consultado em 30 de junho de 2019 
  6. «Woodson signs multiyear extension with Knicks». ESPN.com (em inglês). 25 de maio de 2012. Consultado em 30 de junho de 2019 
  7. «Knicks fire Woodson, entire coaching staff». ESPN.com (em inglês). 21 de abril de 2014. Consultado em 30 de junho de 2019 
  8. «Suns interview former Knicks coach Mike Woodson for Kokoskov's staff». Arizona Sports. 22 de maio de 2018. Consultado em 30 de junho de 2019