Miss Brasil 1996
Data 23 de Abril de 1996
Apresentação Paulo Max
Atrações
Candidatas 27
Transmissão TV Record (VT)
Local Metropolitan
Cidade Rio de Janeiro, RJ

Miss Brasil 1996 foi a 42ª edição do tradicional concurso de beleza feminino de Miss Brasil, válido para a disputa de Miss Universo 1996. Esta edição foi realizada no dia vinte e três de abril no espaço de eventos "Metropolitan" no estado do Rio de Janeiro. A mineira Miss Brasil 1995 Renata Bessa coroou Maria Joana Parizotto do Paraná no fim da competição. [1] O concurso foi gravado pela TV Record e transmitido no dia 4 de maio do mesmo ano, sob apresentação do organizador do concurso, Paulo Max.

ConcursoEditar

O jornalista Marcelo Faria do Jornal do Commercio fez uma cobertura completa da edição de 1996 e assim pontuou o certame: [2]

A noitada da beleza contou com a cenografia de Max Lopes, tudo sob a direção de Luís Carlos Miele e participação do Balé de Enid Sauer, além do show de Elymar Santos. Junto com Martha Vasconcellos, Miss Universo de 1968, a festa da escolha de Miss Brasil teve o destaque das presenças das misses vitoriosas nas décadas de 50, 60, 70 e 80.

A mais linda mulher do Brasil, Maria Joana Parizotto, é louríssima, possui uma plástica estonteante e sensual distribuída em uma altura de 1m79 e um peso de 58 quilos, além destas medidas: cintura 62cm e busto e quadris 90 cm. Seu jeito cheio de graça e falsa pureza é todo ele igual do Marilyn Monroe. É sagitariana, tem 18 anos e nasceu em Francisco Beltrão, interior do Paraná. Seu hobby é música, pratica natação - a mais completa de todas as ginásticas - e estuda jornalismo na PUC de Curitiba.

Eis o que Maria Joana ganhou na qualidade de Miss Brasil/96: representar seu País no concurso Miss Universo, uma passagem de ida e volta para Las Vegas, mais R$3.000, uma passagem São Paulo/Buenos Aires/São Paulo, com direito a acompanhante (oferta da My Tour), uma jóia de Eli Max, roupas e acessórios de VM by Carla Guimarães, mais roupas e acessórios de Satisfashion e óculos da Lunetterie, além de finais de semana nas cidades fluminenses de Angra dos Reis (Hotel Portobello), Nova Friburgo (Hotel Bucksy), Cabo Frio (Malibú Hotel), Penedo (Hotel da Cachoeira), Búzios (Hotel Gravatás), Macaé (Hotel Ouro Negro) e Rio das Ostras (Hotel Pousada Rio das Ostras). Além de uma viagem a Maceió, com tudo pago durante o período de 8 dias e com direito a acompanhante.

Dia 17 do corrente, quando se trava a batalha de Miss Universo, em Las Vegas, Maria Joana se apresentará com traje típico confeccionado por Alexandre Dutra. Já o traje longo e o de coquetel foram confeccionados por Henrique Filho.

ResultadosEditar

ColocaçõesEditar

Posição Estado e Candidata
Vencedora
2º. Lugar
3º. Lugar
4º. Lugar
5º. Lugar
(TOP 12)
Semifinalistas

Prêmios EspeciaisEditar

Foram distribuídos os seguintes prêmios este ano: [4]

Prêmio Estado e Candidata
Miss Simpatia
Miss Fotogenia
Melhor Traje de Gala
Melhor Traje Típico
Miss Elegância

JuradosEditar

Ajudaram a escolher a vencedora: [5]

  1. Guilherme Karam, ator;
  2. Beto Simas, ator e modelo;
  3. Cláudio Lobato, da revista Caras;
  4. Gina MacPherson, Miss Brasil 1960;
  5. Martha Vasconcellos, Miss Universo 1968;
  6. Dilor Freitas, empresário e proprietário da Cecrisa;
  7. Júlio Lopes, empresário e apresentador da TV Record;
  8. Arialdo Bosco, vice presidente do FENACLUBES;
  9. Alfredo Assis, empresário e médico baiano;
  10. Vera Lúcia Couto, Vice-Miss Brasil 1964;
  11. Hans Donner, diretor da Rede Globo;
  12. Ana Cristina Ridzi, Miss Brasil 1966;
  13. Márcia Gabrielle, Miss Brasil 1985;
  14. Deise Nunes, Miss Brasil 1986;

CandidatasEditar

Disputaram o título este ano:

Referências

Links ExternosEditar