Abrir menu principal
Nilson Leitão
Deputado federal pelo Mato Grosso
Período 13 de julho de 2011
até atualidade
(2 mandatos consecutivos)
Prefeito de Sinop
Período 1 de janeiro de 2001
até 31 de dezembro de 2008
(2 mandatos consecutivos)
Deputado estadual do Mato Grosso
Período 1 de fevereiro de 1999
até 31 de dezembro de 2000
Vereador de Sinop
Período 1 de janeiro de 1997
até 31 de janeiro de 1999
Dados pessoais
Nascimento 25 de fevereiro de 1969 (50 anos)
Cassilândia, MS
Partido PSDB (desde 1992)

Nilson Aparecido Leitão (Cassilândia, 25 de fevereiro de 1969) é um político brasileiro. Atualmente, é deputado federal do Mato Grosso.[1] É filiado ao Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB), seu primeiro e até agora único partido.

Tem sua base eleitora na região de Sinop, cidade da qual foi administrador por dois mandatos e vereador.

CarreiraEditar

Na eleição de 2010 foi eleito deputado federal, após uma nova totalização dos votos pelo TRE-MT, com 70.958 votos. Reeleito em 2014 com mais de 127 mil votos, o candidato mais votado do estado.[2]

Foi eleito deputado federal em 2014, para a 55.ª legislatura (2015-2019). Votou a favor do Processo de impeachment de Dilma Rousseff.[3] Posteriormente, votou a PEC do Teto dos Gastos Públicos.[3] Em abril de 2017 foi favorável à Reforma Trabalhista.[3][4] Em agosto de 2017 votou contra o processo em que se pedia abertura de investigação do então Presidente Michel Temer, ajudando a arquivar a denúncia do Ministério Público Federal.[3][5]

Referências

  1. «Perfil de Nilson Leitão no portal da Câmara». Consultado em 9 de dezembro de 2015 
  2. «Eleições UOL 2014». Consultado em 9 de dezembro de 2015 
  3. a b c d G1 (2 de agosto de 2017). «Veja como deputados votaram no impeachment de Dilma, na PEC 241, na reforma trabalhista e na denúncia contra Temer». Consultado em 11 de outubro de 2017 
  4. Redação (27 de abril de 2017). «Reforma trabalhista: como votaram os deputados». Consultado em 18 de setembro de 2017 
  5. Carta Capital (3 de agosto de 2017). «Como votou cada deputado sobre a denúncia contra Temer». Consultado em 18 de setembro de 2017 

Ligações externasEditar