Nuria Bages

Nuria Bages Romo (Monterrey, 23 de dezembro de 1950),[1] mais conhecida apenas como Nuria Bages, é uma atriz mexicana. Muito conceituada no meio artístico, é reconhecida por sua participação ativa em telenovelas como Vivir un poco, La usurpadora, El privilegio de amar e El manantial.

Nuria Bages
Nome completo Nuria Bages Romo
Nascimento 23 de outubro de 1950 (70 anos)
Cidade do México, D.F., México
Nacionalidade mexicana
Ocupação
Período de atividade 1978–presente
Principais trabalhos ver lista completa

BiografiaEditar

Bages é natural de Monterrey, onde treinou academicamente como atriz e, em 1978, terminou seu curso de letras em espanhol na Universidad Autónoma de Nuevo León.

Enquanto cursava a faculdade, trabalhou como professora de literatura e espanhol em nível superior, também começou no teatro participando de várias peças, incluindo La sonata de Kreutzer, de León Tolstoy, sempre participando da companhia de sua universidade e com a direção de Julián Guajardo e Ruben Gonzales , com quem ganhou o prêmio de melhor atriz no Festival Provincial de Teatro Nacional; Graças a esse prêmio, ela foi convidada para trabalhar na Companhia Nacional de Teatro do Instituto Nacional de Belas Artes, com diretores como Héctor Azar , Héctor Gómez , José Solé , Julio Castillo e Abraham Osseranski.

Com o professor Manuel Montero, ela teve a sorte de participar de duas produções. Posteriormente, trabalhou em teatro e televisão comercial e, recentemente, com o professor Jorge Vargas . Ele também trabalhou como publicidade para uma renomada marca de sabão.

Nuria começou sua carreira con aparições na televisão mexicana desde o começo dos anos 80, Nuria Bages se convirteu em uma pessoa reconhecida após obter papel de Silvina na série "Dr. Cándido Pérez", com Jorge Ortiz de Pinedo.

Com aparições na televisão mexicana desde o início dos anos 80, Bages se tornou uma atriz reconhecida após sua participação em várias novelas de sucesso, como La fiera com Victoria Ruffo e Guillermo Capetillo; Vivir un poco com Angélica Aragón e Rogelio Guerra; Como duele callar, que estrelou ao lado de Enrique Rocha; Las vías del amor com Aracely Arámbula e Jorge Salinas, entre muitos outros, e ela ganhou prêmios AMCTE de melhor atriz e revelação.

No Brasil, entre as telenovelas em que trabalhou para a Televisa, ficou muito mais conhecida por seu trabalho como a personagem Paula Martins em A Usurpadora no ano de 1998, e em O Privilégio de Amar intepretando Miriam.

Em 2016, ela se juntou ao elenco da nova versão de Lazos de amor, agora intitulada Tres veces Ana, desta vez produzida por Angelli Nesma Medina e onde compartilha créditos com Susana Dosamantes, Blanca Guerra e Eric del Castillo.[2] No final do mesmo ano, ela foi confirmada como a principal antagonista da novela Enamorándome de Ramón.[3]

Vida pessoalEditar

Com o ator Jorge Ortiz de Pinedo, Nuria teve uma larga relação sentimental que culminou que o show em que compatilhavam como protagonistas não saisse mais do ar.

FilmografiaEditar

TelevisãoEditar

Ano Título Personagem Notas
1980 Soledad Cinthia Debut em televisão
1982 Vanessa Jane
1983 Amalia Batista Margarita
La fiera Elena
Bianca Vidal Adriana
1984 Los años felices
1985 Vivir un poco Alfonsina Dávalos de Larrea
1986 Seducción
1987 Cándido Pérez, Dr. Silvina Pérez
Como Duele Callar
1988 El pecado de Oyuki Renée
1993 Los parientes pobres María Inés dos Santos
1995 Bajo un mismo rostro Laura
1996 Mi querida Isabel Sagrario
Canción de amor Nora
1997 Mujer, casos de la vida real Episódio: "Fiesta inovidable"
1998 La Usurpadora Paula Martínez Episódios: "10-11 de fevereiro de 1998"
El privilegio de amar Miriam Arango
1999 Amor Gitano Costanza de Astolfi
Cuento de Navidad Especial de fim de ano
2001 El Manantial Martha Eloísa Castañeda Vda. de Osuna
2002 Las vías del amor Olga Vázquez de Gutiérrez
2003 Amar otra vez Esperanza Suárez
2005 Pablo y Andrea Gertrudris
2006 Heridas de amor Fernanda
2007 La fea más bella Esposa desesperada Episódio: "25 de fevereiro de 2007"
2008 Alma de Hierro LOca
Mujeres asesinas Lorena González Episódio: "Sonia, desalmada"
Querida enemiga Madre Asunción
2009 Mujeres asesinas Ofélia Oropeza Episódio: "Ofelia, enamorada"
La Rosa de Guadalupe Victoria Episódio: "Un pedazo de mi corazón"
2011 La fuerza del destino
2012 Por ella soy Eva Amiga de Eugênia Episódio: "8 de maio de 2012"
La Rosa de Guadalupe Lorena Episódio: "Buena cosecha"
Porque el amor manda Teté Corcuera
2013 Mentir para vivir Fidelia Bretón
2014 El color de la pasión Aida Lugo
2015 La vecina Dolores
2016 Tres veces Ana Leonor Muñoz
2017 Enamorándome de Ramón Hortensia Requena Vda. de Medina
2018 Por amar sin ley Cynthia Temporada 1
Y mañana será otro día Eugenia "Tita" Lazcano
2019 Juntos el corazón nunca se equivoca Nora Ortega Fabela
2020 Te doy la vida Esther Salazar de Garrido
2021 SOS me estoy enamorando Delia Cano de Muñoz

CinemaEditar

Ano Título Personagem Notas
1984 Delincuente Mãe de Cecília Suárez
1987 ¿Nos traicionará el presidente?
1988 Vacaciones de terror
1991 Cándido Pérez, especialista en señoras Silvina Pérez
1992 Cándido de día, Pérez de noche

TeatroEditar

Prêmios e IndicaçõesEditar

Ano Festival Categoria Nomeações Resultado
1979 Prêmio Festival Nacional de Teatro de Provincia Melhor Atriz
La Sonata a Kreutzer
Venceu
1994 Prêmios ACE de Nova York[8] Melhor Atriz
Los parientes pobres
Venceu
2003 Prêmio TVyNovelas[9] Melhor Atriz Coadjuvante
Las vías del amor
Indicada

Referências

Ligações externasEditar