O Homem do Dia

filme de 1958 dirigido por Henrique Campos
Disambig grey.svg Nota: Para a cinebiografia de um jogador de beisebol, veja The Pride of St. Louis.

O Homem do Dia é um filme português do género drama musical, realizado por Henrique Campos e Teresita Miranda e escrito por José Maud e António Ferrão Lopes.[1] Foi protagonizado por Maria Dulce, Alves Barbosa, Costinha, e Elita Martos e lançado nos cinemas de Portugal a 21 de fevereiro de 1958 pela Internacional Filmes.[2]

O Homem do Dia
Portugal Portugal
1958 •  p&b •  115 min 
Realização Henrique Campos
Correalização Teresita Miranda
Produção Luís Miranda
Alberto Ribeiro
Argumento José Maud
António Ferrão Lopes
Género drama, musical
Música Jaime Mendes
Cinematografia João Moreira
Edição Isabel de Sá
Companhia(s) produtora(s) Internacional Filmes
Distribuição Internacional Filmes
Lançamento Portugal 21 de fevereiro de 1958
Idioma português

Ficha artísticaEditar

  • Maria Dulce como Clara
  • Alves Barbosa como Tó
  • Elita Martos como Dolores
  • Armando Cortez como Padre Agostinho
  • Costinha como D. Paco de Triana
  • Adelaide Vital como Freguesa
  • Américo Patela
  • Fernando Isidro como Freguês
  • Camilo de Oliveira como Quim
  • Alves da Costa como Mestre Júlio
  • Silva Araújo como Antero Neves
  • Mário Pereira como Patela
  • Rosinda Rosa como Tina
  • José Cabruja como Doutor Noronha
  • Alina Vaz
  • Maria da Luz
  • Fernanda de Sousa como Renata
  • Celestino Ribeiro como Bobet
  • Joaquim Miranda como Mesquita
  • António Palma como Sargento da Guarda
  • Holbeche Bastos
  • Armando Machado
  • Lina Maria como Enfermeira
  • Beatriz Sousa Santos como Pianista
  • Alfredo Trindade como ele mesmo
  • Raul de Oliveira como Director do jornal
  • Rui Gomes
  • Vasco Santana
Fadistas
  • Maria José da Guia
  • Alice Maria
  • Maria de Lurdes Machado
  • Maria Marques
  • Noémia Cristina
Locutores
  • Paulo Cardoso
  • Costa Macedo
  • Silva Pinto
Ciclistas
  • João Marcelino
  • Pedro Polainas
  • José Firmino
  • Fernando Maltez
  • Manuel Graça
  • António Catela
  • Júlio Ferreira
  • Arlindo Carvalha

Referências

  Este artigo sobre um filme português é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.