Caio Antíscio Veto (cônsul em 96)

Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Caio Antíscio Veto.

Caio Antíscio Veto (em latim: Gaius Antistius Vetus) foi um senador romano eleito cônsul em 96 com Caio Mânlio Valente[1][2][3]. Provavelmente era filho de Caio Antíscio Veto, cônsul em 50.

Caio Antíscio Veto
Cônsul do Império Romano
Consulado 96 d.C.

Ver tambémEditar

Cônsul do Império Romano
 
Precedido por:
'Domiciano XVII

com Tito Flávio Clemente
com Lúcio Nerácio Marcelo (suf.)
com Aulo Búcio Lápio Máximo II (suf.)
com Públio Ducênio Vero (suf.)
com Quinto Pompônio Rufo (suf.)
com Lúcio Bébio Tulo (suf.)

Caio Mânlio Valente
96

com Caio Antíscio Veto
com Quinto Fábio Postúmino (suf.)
com Tito Priférnio (suf.)
com Tibério Cácio Césio Frontão (suf.)

Sucedido por:
'Nerva III

com Lúcio Vergínio Rufo III
com Cneu Árrio Antonino II (suf.)
com Caio Calpúrnio Pisão (suf.)
com Marco Ânio Vero (suf.)
com Lúcio Nerácio Prisco (suf.)
com Lúcio Domício Apolinário (suf.)
com Sexto Hermetídio Campano (suf.)
com Quinto Glício Atílio Agrícola (suf.)
com Lúcio Pompônio Materno (suf.)
com Públio Cornélio Tácito (suf.)
com Marco Ostório Escápula (suf.)


Referências

  1. Dião Cássio, História Romana LXVII 14, 5.
  2. CIL VI, 17707, Roma (Itália)
  3. AE 1961, 236 = AE 1962, 250, Karak Nouh (Síria)

BibliografiaEditar

  • Paul von Rohden, Antistius 51 [1], RE, vol. I,2, Stuttgart, 1894, col. 2559.
  • Der Neue Pauly, vol. 1, Stuttgart, 1999, col. 798.