Públio Valério Patruíno

Públio Valério Patruíno (em latim: Publius Valerius Patruinus) foi um senador romano da gente Valéria nomeado cônsul sufecto para o nundínio de julho a agosto de 82 com Lúcio Antônio Saturnino[1]. Era natural de Ticino, na Gália Cisalpina[2][3]. Depois de seu consulado foi nomeado governador da Síria entre 87 e 90[4].

Públio Valério Patruíno
Cônsul do Império Romano
Consulado 82 d.C.

Teve uma filha chamada Valéria, casada com Lúcio Domício Apolinário, cônsul sufecto em 97.

Ver tambémEditar

Cônsul do Império Romano
 
Precedido por:
'Lúcio Flávio Silva

com Lúcio Asínio Polião Verrugoso
com Marco Róscio Célio (suf.)
com Caio Júlio Juvenal (suf.)
com Lúcio Vécio Paulo (suf.)
com Tito Júnio Montano (suf.)
com Caio Cédio Nata Pinário (suf.)
com Tito Tecieno Sereno (suf.)
com Lúcio Carmínio Lusitânico (suf.)
com Marco Petrônio Umbrino (suf.)

Domiciano VIII
82

com Tito Flávio Sabino
com Lúcio Sálvio Otão Coceiano (suf.)
com Mânio Acílio Avíola (suf.)
com Públio Valério Patruíno (suf.)
com Lúcio Antônio Saturnino (suf.)
com Marco Lárcio Magno Pompeu Silão (suf.)
com Tito Aurélio Quieto (suf.)

Sucedido por:
'Domiciano IX

com Quinto Petílio Rufo
com Marco Ânio Messala (suf.)
com Caio Físio Sabino (suf.)
com Lúcio Técio Juliano (suf.)
com Terêncio Estrabão Erúcio Homulo (suf.)
com Lúcio Calvêncio Sexto Carmínio Veto (suf.)
com Marco Cornélio Nigrino Curiácio Materno (suf.)


Referências

BibliografiaEditar

  • Der Neue Pauly, Stuttgardiae 1999, T. 12/1, c. 1111