Abrir menu principal
Marco Petrônio Umbrino
Cônsul do Império Romano
Consulado 81 d.C.

Marco Petrônio Umbrino (em latim: Marcus Petronius Umbrinus) foi um senador romano nomeado cônsul sufecto para o nundínio de setembro a outubro de 81 com Lúcio Carmínio Lusitânico.[1] Foi governador da Lícia e Panfília entre 79 e 80[2] e membro dos septênviros epulões. O imperador Tito faleceu durante o seu mandato.[3] Acredita-se ter sido o autor da Lex Petronia de servis, que passou a exigir a aprovação de um magistrado para que escravos pudessem ser utilizados em lutas contra animais selvagens.

Ver tambémEditar

Referências

  1. CIL VI, 2060 = CIL VI, 32364, Roma (Itália); AE 1998, 419 = AE 2007, 106, San Severino Marche (Itália)
  2. IstMitt-2015-294, Demircibelen (Turquia)
  3. E. Groag, "M. Petronius Umbrinus 80)", RE, XIX-1, Stuttgart, 1937, col. 1280.