Abrir menu principal
Partido Liberal
Dios y Federación
Fundação 24 de agosto de 1840
Dissolução c.1899
Sede Caracas
Ideologia Liberalismo clássico
Liberalismo radical
Socialismo utópico
Mutualismo
Federalismo
Espectro político Direita[1]
Publicação El Venezolano
País Bandera de Venezuela 1836-1859.svg Venezuela
Cores      Âmbar/amarelo
Bandeira do partido
Flag of Partido liberal de Venezuela.svg
Política da Venezuela

Partidos políticos

Eleições


Naquela época ambos, liberalismo e o socialismo, representavam movimentos de esquerda, isto é, contrariando a ordem estabelecida. Enquanto a direita foi representada pelo conservadorismo, protetor da ordem estabelecida.[2]

O Partido Liberal (PL), também conhecido como Grande Partido Liberal da Venezuela (em castelhano: Gran Partido Liberal de Venezuela , GPLV), foi criado em 24 de agosto de 1840 com a fundação do periódico El Venezolano,[3] onde se destacaram, entre outros, as figuras de Tomás Lander e Antonio Leocadio Guzmán.[4]

Referências

  1. Rothbard, Murray (4 de junho de 2012). «Izquierda y Derecha: las perspectivas de la libertad» (em espanhol). Mises Hispano 
  2. Murray (1965). «Izquierda y Derecha: las perspectivas de la libertad» (em espanhol). Consultado em 18 de setembro de 2014 
  3. Villanueva, Laureano (1898). Vida del valiente ciudadano general Ezequiel Zamora (em espanhol). Caracas: Imprenta Federación. p. 16 
  4. Muñoz, Ángel (julho–dezembro de 2012). «TOMÁS LANDER Y LA CREACIÓN DEL PARTIDO LIBERAL» (PDF). Mañongo. pp. 87–105. Consultado em 12 de agosto de 2016 
  Este artigo sobre política ou um cientista político é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.