Abrir menu principal

Partido Pirata da Alemanha

partido político alemão
Partido Pirata da Alemanha
Piratenpartei Deutschland
Piratenpartei Deutschland Logo 01.svg
Líder Stefan Körner
Fundação 10 de setembro de 2006
Sede Berlim
Ideologia Privacidade online
Democracia online
Anti-corrupção
Liberalismo
Espectro político Centro
Ala jovem Junge Piraten (JuPis)
Membros  (2014) 29.327
Afiliação internacional PP International
Afiliação europeia Partido Pirata Europeu
Grupo no Parlamento Europeu Grupo dos Verdes/Aliança Livre Europeia
Bundestag
0 / 631
Parlamento Europeu
1 / 96
Parlamentos Regionais
44 / 1 857
Cores Laranja
Página oficial
www.piratenpartei.de

Piratenpartei Deutschland (Partido Pirata da Alemanha, em alemão) é um partido político alemão fundado em 2006, baseado no modelo do Piratpartiet sueco.

O Piratenpartei defende a proteção dos direitos civis na telefonia e na Internet, opondo-se especialmente à política europeia de retenção de dados e à nova legislação alemã de censura na Internet - a chamada Zugangserschwerungsgesetz (Lei de Impedimento de Acesso).Também é contrário às várias medidas da vigilância dos cidadãos. O partido defende o direito civil à privacidade da informação e mudanças nas políticas de direitos autorais, educação, patentes genéticas e de controle de drogas. O Partido Pirata também propõe uma reforma do sistema de patentes, por considerar que, a pretexto de assegurar a amortização de investimentos, impede a inovação mais do que protege os direitos autorais, levando a situações de monopólio e restringindo o acesso de pequenas empresas ao mercado. O partido também luta pelo aumento da transparência governamental mediante a implementação da governança de código aberto, provida de APIs, de modo a possibilitar a inspeção eletrônica e o monitoramento das ações do governo pelo cidadão.[1]

A partir das eleições locais de Berlim, em setembro de 2011, quando, pela primeira vez, conseguiu chegar à câmara dos deputados (Abgeordnetenhaus), o partido começou a se fortalecer. Essa tendência foi acentuada com a obtenção de quatro outros assentos, nas eleições legislativas do estado de Sarre, em 2012. Desde então, o Partido Pirata passou a ser considerado como o terceiro mais popular da Alemanha. [2][3]

O líder do partido é Jens Seipenbusch desde 4 de julho de 2009. Ele também ocupou o cargo entre 2007 e 2008. Os líderes anteriores foram Dirk Hillbrecht e Christof Leng.

Índice

Desempenho eleitoralEditar

 
Evolução de adesão (de jan. de 2006 a jan. de2011

O Piraten recebeu 229.117 votos na eleições europeias parlamentares de 2009, ou seja, 0.9 %, menos que o necessário para conseguir uma cadeira (pelo menos 5 %).[4][5] O número de membros partidários aumentou enormemente desde junho de 2009.

Em 27 de setembro de 2009, os Piratas receberam 2,0% (845.904 votos) nas eleições federais alemãs, o que não foi o suficiente para ganhar uma cadeira no Bundestag, mas foi o melhor resultado entre os partidos que não atingiram o limite mínimo de 5%. [6] Além disso, em razão desse resultado, o partido habilitou-se a receber financiamento público de campanhas.

Em dezembro de 2011, o partido realizou seu primeiro congresso federal em Offenbach am Main, no estado de Hesse. Uma moção proposta por Johannes Ponader é aprovada, com 66,9 % dos votos de 1.200 delegados, e prevê a universalização de uma renda mínima.[7]

Em abril de 2012, foi registrado um grande aumento das intenções de voto no Partido Pirata, suplantando as do Partido Verde Alemão.[8]

Resultados eleitorais 2008-2012Editar

 
Resultados do Piratenpartei, por estado, nas eleições europeias de 2009.
Ano Tipo de eleição Número de votos % Cadeiras %
2008 Legislativas estaduais de Hesse 6 962 0,3 - -
2008 Legislativas locais de Hamburgo 1 773 0,2 - -
2009 Legislativas estaduais de Hesse 13 796 0,5 - -
2009 Europeias 229 464 0,9 - -
2009 Legislativas estaduais de Saxe 34 620 1,9 - -
2009 Legislativas estaduais de Schleswig-Holstein 28 837 1,8 - -
2009 Federais 847 870 2,0 - -
2010 Legislativas estaduais da Renânia do Norte-Westfália 121 046 1,6 - -
2011 Legislativas locais de Hamburgo 73 126 2,1 - -
2011 Legislativas estaduais de Saxe-Anhalt 13 828 1,4 - -
2011 Legislativas estaduais da Renânia-Palatinado 29 319 1,6 - -
2011 Legislativas estaduais de Baden-Württemberg 103 618 2,1 - -
2011 Legislativas estaduais de Bremen 24 935 1,9 - -
2011 Legislativas estaduais de Mecklemburgo-Pomerânia Ocidental 12 727 1,9 - -
2011 Legislativas locais de Berlim 129 795 8,9 15 10,07
2012 Legislativas estaduais de Sarre 35 646 7,4 4 07,84
 

Ligações externasEditar

O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre Partido Pirata da Alemanha

ReferênciasEditar