Abrir menu principal

Woody Woodpecker (filme)

filme de 2017 dirigido por Alex Zamm
(Redirecionado de Pica-Pau (filme))
Woody Woodpecker logo.png
Pica-Pau (PRT)
Pica-Pau: O Filme (BRA)
Pôster promocional brasileiro
 Estados Unidos
 Canadá
 Brasil

2017 •  94 min 
Direção Alex Zamm
Produção Mike Elliot
Coprodução Greg Holstein
Alex Zamm
Produção executiva George Engel
Lisa Gooding
Roteiro William Robertson
Alex Zamm
Baseado em Pica-Pau
de Walter Lantz
Elenco Eric Bauza
Timothy Omundson
Thaila Ayala
Graham Verchere
Scott McNeil
Adrian Glynn McMorran
Gênero comédia
Música Chris Hajian
Cinematografia Barry Donlevy
Edição Heath Ryan
Companhia(s) produtora(s) Universal 1440 Entertainment
Walter Lantz Productions
Universal Animation Studios
Distribuição Universal Pictures
Lançamento Brasil 5 de outubro de 2017
Estados Unidos 6 de fevereiro de 2018
Idioma inglês
Orçamento U$10 milhões
Receita U$ 21.184.660[1]
Página no IMDb (em inglês)

Woody Woodpecker (Pica-Pau: O Filme BRA ou Pica-Pau PRT) é um filme de comédia e aventura norte-americano, baseado nos curtas-metragens estrelados pelo personagem de mesmo nome, criado por Walter Lantz. O filme combina o uso de live-action e animação digital. O filme foi dirigido por Alex Zamm e escrito por Dave Krinsky e John Altschuler.[2]

O filme foi lançado apenas nos cinemas do Brasil no dia 5 de outubro de 2017 e estreia no mês de fevereiro de 2018 em alguns países da América Latina. Na maior parte do mundo, o filme sairá diretamente em vídeo, começando pelos Estados Unidos no dia 6 de fevereiro de 2018.[3]

SinopseEditar

Lance Walters (Timothy Omundson), um advogado imobiliário de uma grande empresa, acaba dando uma declaração contra qualquer defesa do meio ambiente. Com isso ele acaba sendo demitido, e tem como ideia construir uma casa num ambiente natural próximo à fronteira com o Canadá num terreno deixado por seu pai. Assim, Lance parte com sua noiva Vanessa (Thaila Ayala) para o terreno paradisíaco. O que ele não esperava é que Tommy, filho adolescente de Lance com sua ex-esposa Linda, também estará presente nessa viagem, assim como a pior surpresa: a presença do Pica-Pau (Eric Bauza), pássaro que mora justamente na floresta onde o empreendimento será construído. Enquanto Lance tenta, de todas as maneiras, construir sua casa à beira do rio, o protagonista, por sua vez, demonstra todo seu arsenal para infernizar a vida de Lance e Vanessa.

ElencoEditar

  • Eric Bauza como a voz do Pica-Pau, um pássaro da espécie dryocopus pileatus, hiperativo, raro e travesso.
  • Timothy Omundson como Lance Walters, um advogado de Seattle que é o ex-marido de Linda, o pai de Tommy e o namorado de Vanessa.[N 1]
  • Graham Verchere como Tommy Walters, o filho adolescente de Lance e o melhor amigo de Pica-Pau
  • Jordana Largy como Samantha "Guarda Sam" Barlett, a guarda florestal de Pine Grove.
  • Thaila Ayala como Vanessa, a fútil namorada de Lance.
  • Scott McNeil como Nate Grimes, um taxidermista e caçador furtivo que quer capturar, espalhar e leiloar o Pica-Pau.
  • Adrian Glynn McMorran como Ottis Grimes, o parceiro atrapalhado e irmão de Nate
  • Chelsea Miller como Jill Ferguson, uma baixista adolescente que se torna amiga de Tommy.
  • Jakob Davies como Lyle, um baterista que é amigo de Jill e se torna amigo de Tommy.
  • Sean Tyson como George, um construtor que dirige a construção da nova casa de Lance.
  • Patrick Lubczyk como Chris, um valentão que é o parceiro de John e ameaça Tommy.
  • Ty Consiglio como John, um valentão que também ameaça Tommy em uma parte do filme.
  • Emily Holmes como Linda Walters, ex-mulher de Lance e mãe de Tommy.
  • Karin Konoval como Barbara Krum, a recepcionista de Lance.

ProduçãoEditar

Em novembro de 2011,[4] a Universal Pictures informou que iria produzir um filme sobre o personagem Pica-Pau. Segundo a companhia, o filme seria produzido pela Illumination Entertainment.[5] Segundo a revista Variety o filme seria inteiramente de animação digital, usando os mesmos estilos realísticos de outros filmes feito pela mesma produtora.[4] A revista também anunciou que o roteiro seria escrito por John Altschuler e Dave Krinsky. Pica-Pau é uma coprodução entre Canadá e Estados Unidos.

Passado-se os anos, em dezembro de 2016, foi vinculado pelas redes sociais da Universal Pictures Brasil o primeiro teaser de Pica-Pau.[6]

Filmagens: 12 de junho de 2016 e 23 de julho de 2016

RecepçãoEditar

LançamentoEditar

O Brasil foi o primeiro país a receber o filme (sob o título de Pica-Pau: O Filme), nos cinemas, estreando em 5 de outubro de 2017.

BilheteriaEditar

No fim de semana de estréia, o filme atraiu 319 mil espectadores, o maior público do período, mesmo que o faturamento de R$ 4,6 milhões tenha sido apenas o segundo nas bilheterias brasileiras, atrás de Blade Runner 2049.[7] No segundo fim de semana, liderou a bilheteria.[8]

Home MediaEditar

Foi lançado nos Estados Unidos e no Canadá em DVD, na Netflix e Digital HD em 6 de fevereiro de 2018, e em Blu-ray em 4 de setembro de 2018. No Reino Unido, o filme foi distribuído pela distribuidora britânica de vídeos Dazzler Media, sob licença da Universal.

Referências

Ligacoes externasEditar

  Este artigo sobre um filme estadunidense é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.


Erro de citação: Existem elementos <ref> para um grupo chamado "N", mas não foi encontrado nenhum <references group="N"/> correspondente (ou falta um elemento de fecho </ref>)