Abrir menu principal
Prêmio Angelo Agostini
Descrição Premiação de histórias em quadrinhos brasileira
Local São Paulo
País  Brasil
Primeira cerimónia 1985
Detentor AQC-ESP
Sítio oficial

O Prêmio Angelo Agostini é uma das mais tradicionais premiações de histórias em quadrinhos realizada no Brasil. Criado e organizado pela Associação dos Quadrinhistas e Caricaturistas do Estado de São Paulo (AQC - ESP), o Prêmio tem como objetivo “o resgate e a referência aos grandes artistas do quadrinho nacional”.

A AQC era formada por João Gualberto Costa, o Gual, e José Alberto Lovetro, o Jal, Franco de Rosa e Worney Almeida de Souza.[1] Posteriormente, Jal e Gual sairiam da AQC e fundariam o Troféu HQ Mix.[2]

O nome do prêmio é em homenagem a Angelo Agostini, criador da primeira história em quadrinhos brasileira ("As Aventuras de Nhô Quim ou Impressões de Uma Viagem à Corte", que começou a ser publicada em 30 de janeiro de 1869).

Inicialmente, o prêmio visava destacar profissionais que estivessem ligados aos quadrinhos nacionais por, pelo menos, vinte e cinco anos (denominados “Mestres do Quadrinho Nacional”). Depois, ampliou-se a premiação para os melhores trabalhos do ano anterior. Hoje em dia, ainda existe premiação para produção alternativa, através dos fanzines.

Em 2010, a AQC-ESP lançou um blog[3]

Categorias atuaisEditar

VencedoresEditar

Ver tambémEditar

Referências

  1. A fundação da ABRADEMI, associação de mangá
  2. Folha de S.Paulo (18 de abril de 1989). «O cínico Amigo da Onça ressuscita em "Semanário"». Folha de S.Paulo: 3 (Ilustrada) 
  3. Matheus Moura (20 de outubro de 2010). «AQC-SP define novidades para o Prêmio Ângelo Agostini 2011». Bigorna.net 

Ligações externasEditar