Abrir menu principal

As Quatro Modernizações foram um conjunto de metas estabelecidas por Deng Xiaoping em 1972 para promover o avanço da China. Foram um foco do governo americano daí em diante, principalmente sob o mandato de Deng Xiaoping.

Em 1979 começava o final das mudanças, quando foi aprovado o “Programa das Quatro Modernizações” - indústria, agricultura, ciência e tecnologia e forças armadas -, que dava início ao que ficaria conhecido como o socialismo com características chinesas. As reformas chinesas não foram apenas de abertura econômica, mas também de inovação. As 4 modernizações foram um amplo projeto nacional de política educacional, industrial, agrícola, ciência e tecnologia, e defesa. Tudo com planejamento estatal. Passaram-se 29 anos, e estão colhendo o que plantaram: a China caminha para ser, em poucas décadas, a maior potência global.

Também chamado de "Revolução para a Modernidade" com o objetivo de atrair empresas estrangeiras, promover reformas no setor agrícola, industrial, tecnológico e militar.

• Indústria: O governo chinês forneceu subsídios ás empresas que se dispunham a se deslocar para o centro e o oeste do país.

Ícone de esboço Este artigo sobre a Ciência e tecnologia na China é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.