Quelynah

atriz brasileira

Jaqueline Simão de Oliveira (São Paulo, 6 de setembro de 1981), mais conhecida pelo nome artístico de Quelynah, é uma cantora, compositora e atriz brasileira. Nascida e criada na favela de Heliópolis, despontou como uma das vozes mais promissoras na sua geração.

Quelynah
Informação geral
Nome completo Jaqueline Simão de Oliveira[1]
Também conhecido(a) como Quelynah, Quely Baby
Nascimento 6 de setembro de 1981 (42 anos)
Local de nascimento São Paulo, SP
brasileira
Gênero(s)
Ocupação(ões)
  • Cantora
  • compositora
Instrumento(s) Vocal
Extensão vocal Mezzosoprano
Período em atividade 2002–presente
Outras ocupações
  • Atriz
  • Instrutora de canto
Gravadora(s)
  • Som Livre (2006)
  • Sonorabiz (2006–2007)
  • Humbatuque Records (2017–2019)
  • Alô Records (2021)
  • PelaArteAZuera (2021–atual)
Afiliação(ões)

Carreira editar

Cantora desde os treze anos, cantou brevemente em corais da igreja e mais tarde conheceu o hip-hop, passando a cantar e compor músicas do gênero. Em 2000, participou do álbum de estúdio "Assim Caminha a Humanidade" da dupla Thaíde e DJ Hum, aos 20 anos, e fez uma turnê de pouco mais de um ano como backing vocal de Alexandre Pires.[1][2][3]

Entre 2002 e 2003, estourou nas baladas com o hit "Talarica", gravada com o coletivo O Complô, que contava ainda com Grand Master Duda, DJ Luciano, Ieda Hils, Dom Simon, WX e Suppa Flá, antes mesmo de gravar seu primeiro disco. Em 2002, foi finalista do talent show Popstars, responsável pela criação do icônico grupo Rouge.[4]

2006–2007: Antônia (filme, série e trilha sonora) e primeiro álbum homônimo editar

Entre 2006 e 2007, protagonizou ao lado de Negra Li, Leilah Moreno e Cindy Mendes, a série e o filme Antônia da cineasta Tata Amaral e produzido pela O2 Filmes, ganhando imediata repercussão e projeção nacional. O nome de sua personagem, Mayah, foi dado em homenagem à sua filha. A trilha sonora da série e do filme foi lançada pela gravadora Som Livre em 5 de fevereiro de 2006, incluindo sucessos como "Antônia" e "Flow".

O filme repercutiu no circuito internacional de cinema, sendo o ato de abertura do Berlin International Film Festival e 3º colocado no prêmio do público “Teddy Ballot Volkswagen”, levando as 4 protagonistas e a diretora para serem homenageadas pessoalmente em Berlim entre 09 a 13 de fevereiro de 2007. A série também foi indicada ao Emmy International em 2007, o Oscar da televisão.

No final de 2006, aos 24 anos, Quelynah, lança seu primeiro álbum de estúdio, o homônimo "Quelynah", pelo selo independente Sonorabiz, com excelente produção do porto-alegrense Joeblack e do guineense Riztocrat, ex-membro do grupo Sevenlox.

Incluindo os singles "Linda, Louca, Leve e Solta" e “O Que Sou" com a participação do rapper Pregador Luo. Defendido pelos fãs como “a bíblia do R&B nacional”, o disco ainda traz participações de Simone Sou, Thaíde, Suppa Flá e Vanessa Jackson.

A faixa “O Que Sou” ganhou um videoclipe dirigido por Afonso Poyart, pela Black Maria Filmes, foi lançado no final de março de 2007 e teve presença notória na programação da MTV Brasil, Multishow, Play TV e TV MIX. O disco foi indicado na premiação DJ Sound Awards 2008 na categoria Hip-hop Nacional, perdendo apenas para o disco “PROva Cabal” do rapper Cabal.

2015–2019: A Fazenda, álbum "Brisa" (cancelado) e álbum "Soul Diva" editar

Em 23 de setembro de 2015, integrava a oitava temporada do reality show A Fazenda, onde foi a 7ª eliminada, perdendo a roça com 47,11% para salvar contra a dançarina Carla Prata.

Durante uma entrevista ao portal R7, Quelynah revelou que possuía um álbum pronto, intitulado "Brisa" e também revelou que iria fazer parte do novo projeto de Li Martins, ambos os projetos foram cancelados.

Em 08 de abril de 2016, foi lançado o single "Na Rua", produzido por DJ Hum e lançado juntamente com um videoclipe gravado em São Paulo. O videoclipe e a música tiveram boa repercussão e é atualmente uma das músicas e dos clipes mais reproduzidos da artista.

Seu segundo álbum de estúdio, intitulado "Soul Diva", foi lançado em 31 de janeiro de 2019 e produzido pelo DJ Hum, em seu selo Humbatuque Records, em todas as plataformas digitais e também em versão física, com tiragem inicial de 1000 cópias. O disco conta com participações dos grupos Matéria Rima na faixa "Hey Yo" e do famoso grupo Sampa Crew na música "Juro Que Vou".

A sonoridade do disco traz influências dos ritmos da black music, incluindo soul, hip-hop e samba rock. O disco conta com 8 faixas na edição digital, incluindo o single "Na Rua", mais cinco inéditas e duas regravações que são “A Noite Vai Chegar”, de Lady Zu, que ganhou clipe feito pela produção do programa Hora do Faro; e “À Francesa”, de Cláudio Zoli, que ficou popular na voz de Marina Lima.

A versão física inclui uma faixa extra, sendo um remix da música "Uma Vibe" que posteriormente ingressou oficialmente nas plataformas digitais, quando uma nova versão do disco foi disponibilizada em 10 de janeiro de 2020.

2020–presente: Lives, podcasts e novo álbum "Íntimo" editar

Em 2020, Quelynah participou de diversas lives, continuando a divulgação do álbum "Soul Diva". Em 2021, a cantora anunciou que estava produzindo um novo EP e assinou um contrato com a gravadora Alô Records. Porém foram lançados apenas dois singles com essa gravadora, sendo "Busco Respirar" e "Ela é Gangsta". Ainda em 2021, Quelynah migrou para o selo independente PelaArteAZuera, onde lançou mais 6 singles, porém as 8 faixas não foram trabalhadas num EP como era planejado.

Em 5 de janeiro de 2023, Quelynah anunciou que estava trabalhando em um novo material que irá compor o seu terceiro álbum de estúdio intitulado "Íntimo". O projeto terá forte influência no R&B, hip-hop, rap e soul dos anos 2000, mas com referências pop e disco em algumas faixas e também atualidades como funk brasileiro e afrobeat em outras. Contará com 10 músicas inéditas, sendo a maioria faixas autorais. O disco terá produção de Kiko de Sousa, DJ Maxnosbeatz e Matheus MxM e participações de Samuel Porfirio e Dory de Oliveira.

Vida pessoal editar

Em 1999, começou a namorar com com o rapper Thaíde com quem teve uma filha nascida em 2004 e veio a se separar em 2007. A lei optou pela guarda compartilhada. Em 14 de fevereiro de 2013, Quelynah foi no A Tarde É Sua para desabafar sobre sua situação de desemprego e depressão após o sucesso como atriz da Rede Globo, a separação do marido, a perda da guarda da filha, e que estava sendo sustentada por sua mãe. No final de março, voltou ao programa e passou por uma transformação no visual. Ela também contou que conseguiu ser convidada pela segunda vez por Negra Li para participar de um show.[5]

Em 31 de março de 2014, apareceu no Balanço Geral SP e novamente pediu ajuda para voltar aos palcos, pois ainda passava por dificuldades financeiras. O programa preparou uma surpresa e ela conseguiu um empresário, além de um contrato para cantar em uma rede de bares.[6] Em 8 março de 2019, a cantora avisou sua família que passaria a viver nas ruas e desapareceu.[7][8][9][10] Dias depois foi localizada em um abrigo para necessitados em Osasco, na Grande São Paulo, as informações foram divulgadas pelo programa Balanço Geral SP, da RecordTV.[11][12][13][14]

Atualmente a cantora voltou a focar na carreira musical como prioridade e eventualmente está realizando shows por várias cidades do São Paulo, além de voltar a ser convidada para eventos de diversas naturezas, e começar a participar de diversos podcasts para contar da vida e da carreira.

Filmografia editar

Televisão
Ano Título Personagem Nota
2002 Popstars Participante Temporada 1
2006–07 Antônia Mayah
2015 A Fazenda Participante (9º lugar) Temporada 8
Cinema
Ano Título Personagem
2007 Antônia Mayah

Discografia editar

Álbuns de estúdio editar

Lista de álbuns
Álbum Detalhes
Quelynah [15]
Soul Diva
Íntimo

Trilhas sonoras editar

Lista de álbuns
Álbum Detalhes
Antônia
  • Lançamento: 5 de fevereiro de 2006
  • Formatos: CD
  • Gravadora: Som Livre

Referências

  1. a b «Ela atuou em uma série da Globo: "Meus 15 minutos de fama quase me destruíram"». Revista Sou mais Eu. Consultado em 23 de setembro de 2015 
  2. «Quelynah fala sobre seu primeiro CD no Estúdio Showlivre 2006 - HQ - 5/5». Showlivre. Consultado em 23 de setembro de 2015. Arquivado do original em 3 de março de 2016 
  3. «A excêntrica família de Antônia». Rolling Stone. Consultado em 23 de setembro de 2015 
  4. «Conheça as cinco integrantes de Popstars». Portal Terra. Consultado em 23 de setembro de 2015 
  5. «Atriz global passa por cima da depressão e volta aos palcos». Uol. Consultado em 23 de setembro de 2015 
  6. «Cantora de sucesso sobrevive como operadora de telemarketing em São Paulo». R7. Consultado em 23 de setembro de 2015 
  7. TV, Notícias da (8 de março de 2019). «Atriz de série da Globo diz para a família que vai morar na rua e desaparece». Notícias da TV. Consultado em 9 de março de 2019 
  8. «Quelynah, ex-Fazenda e protagonista da série 'Antônia', está desaparecida». CARAS. 9 de março de 2019. Consultado em 9 de março de 2019 
  9. «Cantora Quelynah, da série Antônia, está desaparecida». Marie Claire. Consultado em 9 de março de 2019 
  10. «Cantora Quelynah, da série Antônia, está desaparecida, diz mãe». Notícias ao Minuto Brasil. 9 de março de 2019. Consultado em 9 de março de 2019 
  11. «Desaparecida há uma semana, Quelynah é encontrada em SP». R7.com. 12 de março de 2019. Consultado em 13 de março de 2019 
  12. Redação (12 de março de 2019). «Cantora Quelynah é encontrada em Osasco: "eu não desapareci"». Visão Oeste. Consultado em 13 de março de 2019 
  13. «Atriz de Antonia reaparece após suposto sumiço e se explica:». contigo. 12 de março de 2019. Consultado em 13 de março de 2019 
  14. «Vivendo na rua, ex-global reaparece e ganha tratamento na Record». ISTOÉ Independente. 12 de março de 2019. Consultado em 13 de março de 2019 
  15. «Quelynah - Quelynah». iTunes. Consultado em 9 de maio de 2017