Balanço Geral

programa jornalístico produzido e exibido pela RecordTV

Balanço Geral é um programa jornalístico e formato de jornalismo local brasileiro da Record e suas emissoras, cada uma com um estilo diferente de apresentação e foco jornalístico que varia entre jornalismo policial e comunitário, além de pautas e quadros de forte apelo popular. Originou-se em 1985 na TV Itapoan de Salvador, Bahia, apresentado por Fernando José, a partir de um programa radiofônico de mesmo nome oriundo da Rádio Sociedade da Bahia.

Balanço Geral
Balanço Geral
Logotipo usado desde 2020
Informação geral
Formato programa jornalístico
Duração 220 minutos (rede)
Variável (local)
Criador(es)
País de origem  Brasil
Idioma original (em português brasileiro)
Produção
Diretor(es) Antonio Guerreiro
Apresentador(es) Eleandro Passaia (desde 2021)
ver apresentadores locais
Localização Teatro Dermeval Gonçalves, São Paulo, SP
Exibição
Emissora original TV Itapoan
Record (nacional)
Formato de exibição 1080i (HDTV)
480i (SDTV) (1985-2010)
Transmissão original dezembro de 1985 – presente
Cronologia
Programas relacionados SP no Ar
Cidade Alerta
SP Record

A partir de 2004, ganhou âmbito nacional após estrear versões locais em outras emissoras próprias da então Rede Record[1], e em 2007, estreou a versão nacional apresentada por Geraldo Luís. Posteriormente, com o advento do formato nas demais praças, esta versão tornou-se local para o estado de São Paulo, e a rede passou a ter novamente uma versão nacional em 2015, apresentada por Luiz Bacci, intitulada de Balanço Geral Manhã, atualmente sob o comando de Eleandro Passaia.

A versão vespertina do programa, transmitida pela TV Record São Paulo, atualmente é apresentada por Reinaldo Gottino, Renato Lombardi e Fabíola Reipert.

História

O programa surgiu em Salvador, inicialmente na Rádio Sociedade da Bahia em 1980, sendo apresentado inicialmente pelo radialista e repórter Guilherme Santos. Após o sucesso da versão radiofônica em toda a Bahia, criou-se a sua versão para a televisão em 1985, por Alfredo Raimundo Filho, Carlos Borges e Pedro Irujo. Neste primeiro momento, tornou-se âncora do programa o radialista e ex-prefeito de Salvador, Fernando José, e como repórter de rua, além de produtor, Guilherme Santos, que devido ao grande sucesso na atração tornou-se o terceiro vereador mais votado de Salvador em 1988.

Atualmente é apresentado em quatro versões. A primeira versão é o Balanço Geral BA Manhã, apresentado por Raimundo Varela, resumindo as principais notícias do dia anterior e mantendo um conteúdo mais leve, devido ao horário, porém a grande característica e principal fonte de valorização do programa são os comentários, com características radialistas, do apresentador do programa. A segunda versão é o Balanço Geral BA, apresentado por Zé Eduardo (ex-Se Liga Bocão), e que resume as notícias mais fortes do dia anterior, apresenta as principais notícias do dia e repercute temas de impacto social e político. A terceira versão é o Balanço Geral Edição de Sábado, exibido aos sábados, onde, além de matérias policiais, faz uma grande repercussão das principais notícias da semana. Já a quarta versão é o Balanço Geral nos Bairros, um grande evento mensal do qual são unidos todos os apresentadores e principais repórteres do programa em um bairro popular de Salvador ou de algum município da Região Metropolitana, numa estrutura de palco com apresentação de bandas e a junção de diversos órgãos e entidades do governo que prestam serviços a população em relação a documentação, jurídico, assistência social e saúde.

Em São Paulo, estreou em 3 de dezembro de 2007, com apresentação de Geraldo Luís.[2] Atualmente, possui duas edições: às 5h (a partir de 7h30, apenas para São Paulo), com apresentação de Eleandro Passaia, e às 11h:50, com apresentação de Reinaldo Gottino.

No Rio de Janeiro, é transmitido desde 2004. Teve Wagner Montes como apresentador durante dez anos. Atualmente tem uma edição às 11h:50 com Tino Júnior (Balanço Geral RJ).

Desde 2005, o programa é exibido em Belo Horizonte, sendo atualmente apresentado por Mauro Tramonte. Em outubro de 2012 foi criado o também Balanço Geral MG Manhã com a apresentação de Marcos Maracanã, e posteriormente de Garcia Júnior, sendo cancelado em 2014.

Em 15 de janeiro de 2007 o programa estreou sua versão local em Brasília, onde inicialmente foi apresentado por Henrique Chaves. No mesmo ano, passou a ter sua versão local também em Porto Alegre, primeiramente com Luiz Carlos Reche, e atualmente com Alexandre Mota.

Desde 2008, a TV Paranaíba de Uberlândia passou a exibir o Balanço Geral local. Inicialmente o programa era apresentado por Guy Boaventura. Já em 2009 o repórter da casa, Rafael Ferreira, substituiu Guy Boaventura por três meses porque Boaventura se desligou da emissora, até a vinda de Marcos Maracanã, o qual assumiu o posto de apresentador por quase dois anos. Em 2011, foi a vez de Raphael dos Anjos assumir o comando do programa, e desde então nunca foi removido, o programa é exibido para cerca de 100 municípios.

Ainda em 2008, o programa passou a ser exibido para a Baixada Santista e Vale do Paraíba. Teve como primeiro apresentador o radialista Douglas Gonçalves. Atualmente, é apresentado por Alexandre Furtado em Santos e por Leandro Vaz em São José dos Campos. No mesmo ano, especificamente em 2 de junho de 2008, entrou no ar o Balanço Geral MA, na TV Cidade, afiliada a RecordTV no estado do Maranhão, apresentado por Sérgio Murilo, este deixou, em 2014, a emissora para apresentar o Voz Das Ruas, na TV Guará. Dois anos depois em 2016, Sérgio retornou a apresentação do programa. Nesse dia, o cenário e o pacote gráfico foram atualizados.

Ainda naquele mesmo ano, o Balanço Geral começou a ser exibido também pela RIC TV no Paraná. Em Curitiba, foi apresentado primeiramente por Oséias Miranda, e depois por Gilberto Ribeiro. Nesta cidade, enfrenta forte concorrência desde a sua estreia com o programa Tribuna da Massa da afiliada do SBT, a Rede Massa.

Em 2009, estreou a versão capixaba do Balanço Geral e já no primeiro mês de exibição conquistou a liderança de audiência em todo estado do Espírito Santo, com a apresentação de Amaro Neto. Em 2011 Amaro Neto com o Balanço Geral ES se tornou a maior audiência jornalística policial local do Brasil sendo que em 1 de junho de 2011 exatos dois anos após estreia conquistou a média histórica de 19 pontos no IBOPE com picos de 24 pontos no horário do almoço.

Em Belém, o programa possuía até 2017 uma versão adaptada para a linha policial-investigativa, o Balanço Geral - Casos de Polícia, apresentado por Raphael Polito, e posteriormente por Marcus Pimenta. A versão comum do jornalístico, o Balanço Geral PA é líder de audiência na capital paraense. O programa, que estreou sob o comando de Valdo Souza, atualmente é apresentado por Marcus Pimenta. Em Santa Catarina, o programa passou por alguns anos de hiato (durante a troca de filiação da Record no estado - da antiga TV Record Florianópolis para a RIC TV), e voltou a ser exibido em 30 de setembro de 2013. Atualmente é apresentado por Raphael Polito.

Em 2013, no Rio de Janeiro, estreia o Balanço Geral RJ Manhã com apresentação de Luiz Bacci. No mês de outubro, Bacci é substituído por Wagner Montes.

Já em fevereiro de 2014, Rogério Forcolen substitui Wagner Montes. Em 7 de fevereiro, Geraldo Luís deixa o comando jornalístico para apresentar o Domingo da Gente, Luiz Bacci até então no Cidade Alerta, passa a substitui-lo. Em 28 de abril, estreia o Balanço Geral Manhã em Brasília, apresentado por Bruno José. Em 23 de maio, Luiz Bacci se desliga da Record para ir a Rede Bandeirantes apresentar o Tá na Tela, sendo substituido por Reinaldo Gottino.

Em agosto, Rogério Forcolen deixa a Record e é substituído no Balanço Geral RJ Manhã por Lívia Mendonça. No dia 1° de novembro, a Record Rio lança a edição especial de sábado do Balanço Geral RJ, com a apresentação de Ernani Alves. Em 3 de novembro, o jornalista Amaro Neto reassumiu o Balanço Geral na TV Vitória em Vitória, Espírito Santo, após passagem pela Band Minas entre 2012 e 2014, e posteriormente disputou a eleição para Deputado Estadual no Espírito Santo sendo eleito nas urnas. O antigo apresentador Fernando Fully passou a apresentar o Cidade Alerta Espírito Santo, outro telejornal policial da emissora que serve de "esquenta" para o Balanço Geral exibido logo em seguida.

Em 4 de outubro, surgiram boatos em sites de notícias especializadas em televisão afirmando que o apresentador Wagner Montes estaria deixando o Balanço Geral RJ e a TV Record devido a divergências políticas. O apresentador se recusou a apoiar o candidato ao Governo do Estado do Rio de Janeiro Marcelo Crivella (que é bispo da Igreja Universal do Reino de Deus), pois o partido que o apresentador se filiou era da chapa do candidato Luiz Fernando Pezão. A situação se agravou mais ainda com a derrota de Marcelo Crivella nas urnas, com isso a relação entre Wagner Montes e a Record teria piorado cada vez mais. Com essa situação, surgiu um novo boato que o SBT estaria negociando com o Wagner como troco a Record por ter tirado apresentador César Filho da emissora. No entanto, Wagner Montes, SBT e a Record desmentiram as informações.

Em Sergipe era anteriormente apresentado por Cláudio Luís, que fez parte da equipe da Record durante muitos anos antes de se mudar para a equipe da TV Atalaia de Sergipe. Após várias declarações polêmicas,[3] o apresentador foi afastado e posteriormente desligado da emissora.[4] O programa foi passado por Evenilson Santana, que era repórter de rede e apadrinhado pelo apresentador da versão nacional do Cidade Alerta, Marcelo Rezende. Já em Alagoas, depois de estrear sob o comando de Rafael Alves, o programa passou para as mãos de Jefferson Morais, que retornou à TV Pajuçara depois de alguns anos fora do ar, seguindo sua carreira política. O programa é exibido das 7h50 às 8h20, ao vivo, de segunda a sexta. Antes apresentador, Rafael Alves voltou para a reportagem e atua nos diversos programas jornalísticos da emissora local. Na faixa vespertina, porém, o formato policialesco/popular fica por conta do programa Fique Alerta, apresentado por Gernand Lopes.

Em 3 de março de 2015, o apresentador Joslei Cardinot deixa a TV Clube após divergências com a emissora e retorna para a TV Jornal, afiliada do SBT, os programas S.O.S Cardinot e Cardinot Aqui na Clube tem suas nomenclaturas alteradas para S.O.S Pernambuco e Aqui na Clube. A marca Balanço Geral passa a ser utilizada pela emissora pernambucana a partir de 23 de março de 2015, quando estreia a versão pernambucana do jornalístico no horário de 12h as 13h40 com apresentação de Hugo Esteves.

No dia 18 de março, Wagner Montes anuncia a saída definitiva do Balanço Geral RJ para apresentar o Cidade Alerta Rio. Por isso, Gustavo Marques, antigo apresentador do jornal noturno, assume o vespertino.

Na Paraíba, Fabiano Gomes comanda o Correio Manhã, às 6 horas da manhã, e Samuka Duarte apresenta o Correio Verdade, às 11h:50, na TV Correio. Os telejornais seguem o padrão editorial do Balanço Geral, mas levam nomes diferentes dos telejornais de outras emissoras. Casos como este ocorrem em outras emissoras como a NDTV com o Jornal do Meio-Dia, TV Cidade de Fortaleza com o Cidade 190 e TV A Crítica de Manaus com o Alô Amazonas.

No dia 28 de março de 2015, a Record deixa de exibir o Balanço Geral Especial. Em abril do mesmo ano, Luiz Bacci retorna a emissora e volta a apresentar o programa, mas dessa vez no Balanço Geral SP Manhã, no lugar de Fabíola Gadelha, que retornou a Manaus. Em 11 de maio, a versão do Balanço Geral Manhã apresentado em São Paulo por Luiz Bacci passou a ser dividido em duas partes: uma local para São Paulo das 6h às 6h30 e outra em rede nacional, exceto para os estados do Espírito Santo, Bahia, Sergipe, Paraíba, Maranhão e Pernambuco das 6h30 às 7h30.

Em 15 de fevereiro de 2016, Priscila Andrade assume o Balanço Geral SE na TV Atalaia, o antigo apresentador, Evenilson Santana volta a ser repórter e no mês seguinte é desligado da emissora. Meses depois, em 30 de junho a emissora sergipana reduz o tempo do programa, entrando no ar às 7h30 logo após exibir a versão nacional com Luiz Bacci. Em 25 de agosto, a RecordTV Brasília anuncia a contratação do jornalista Marcos Paulo, o "Marcão do Povo", para apresentar o Balanço Geral DF, substituindo Henrique Chaves.[5] Sua estreia na atração ocorreu em 26 de setembro.[6] Porém, Marcos foi demitido no dia 18 de janeiro de 2017 da emissora ao praticar injúria racial contra a cantora Ludmilla ao vivo durante o quadro "A Hora da Venenosa" (quadro que trata sobre as fofocas de artistas) na edição de 9 de janeiro.[7] No seu lugar, foi colocado o jornalista Dionísio Freitas.[8]

Em 22 de agosto, estreia a edição vespertina do Balanço Geral SE, com a volta de Tiago Hélcias a televisão sergipana, o apresentador que teve uma passagem muito longa pela TV Sergipe estava afastado da comunicação e morando na Bahia. O programa conta também com o ex coronel da Polícia Militar de Sergipe, Maurício Lunes para os comentários de segurança pública.[9] Assim a TV Atalaia passa a ter duas edições diárias do programa e neste mesmo dia, passou a exibir o Balanço Geral Manhã com Luiz Bacci desde as 6 h, antes mesmo da entrada da rede.

A partir de 3 de janeiro de 2017 o Balanço Geral BA Manhã entra no ar às 6h15 com o Raimundo Varela.[10] Em 1º de fevereiro, a RecordTV Brasília anuncia a contratação do apresentador e radialista Fred Linhares[11] para apresentar o Balanço Geral DF.[12] A contratação de Fred foi consequência da demissão de Marcão do Povo, que apresentava o programa, que, se envolveu uma polêmica, após declarações racistas relacionadas a cantora Ludmilla ao chama-lá de "macaca".[7]

Devido a má fase do Balanço Geral SE Manhã, a TV Atalaia rebaixa a apresentadora Priscila Andrade para a produção e o ex-prefeito de Nossa Senhora do Socorro, Fábio Henrique assume a apresentação do programa com novo horário, o programa volta a entrar no ar às 6h30 e ganha mais tempo, indo até às 8h. O programa trouxe também a volta do jornalista Ivaldo José a comunicação, após trocar uma carreira famosa na TV Sergipe pela câmara municipal de Aracaju, onde foi vereador por um mandato.[13] Assim, a emissora deixa de transmitir a versão nacional do programa.

Em janeiro de 2018, a emissora anuncia que o Balanço Geral SP passa a ser exibido também aos sábados, só com reprises do quadro "A Hora da Venenosa", não alcançando a mesma audiência da semana por se tratar de conteúdo reprisado e por receber baixa audiência do The Love School.[14]

Em 5 de março de 2018, Bruno de Abreu estreia no comando do Balanço Geral Manhã e SP no Ar. O apresentador Matheus Furlan passa a ser apresentador eventual do Balanço Geral SP. O repórter de São Paulo Giuliano Marcos assume o lugar de Bruno no Balanço Geral PR em Londrina.[15][16]

Em 29 de abril de 2019, estreou na TV Cidade de Fortaleza o Balanço Geral CE, com apresentação de Ísis Cidade. Em 10 de junho, a TV Equinócio estreia o Balanço Geral AP Manhã, com Silvio Motta. No dia 17 de junho, com a criação da RecordTV Manaus, estreou o Balanço Geral Manaus com apresentação de Fabíola Gadelha. No mesmo dia, a RIC TV estreia o Balanço Geral PR Manhã para todo o estado, com apresentação de Rebeca Branco, mas em 13 de julho, a emissora cancelou o programa e a apresentadora foi deslocada para uma emissora no interior do Paraná.[17]

Em 16 de setembro, Reinaldo Gottino apresentou pela última vez o Balanço Geral SP, após fechar com a CNN Brasil e comunicar a Record que não renovaria seu contrato, previsto para expirar ao fim do mês.[18] Com isso, nomes como Luiz Bacci e Matheus Furlan[19] passaram a apresentar interinamente o programa, até que em 30 de setembro, Geraldo Luís assumiu a apresentação do Balanço Geral SP pela terceira vez.[20] Também no mesmo dia, Henrique Chaves reassumiu após três anos o comando do Balanço Geral DF na RecordTV Brasília, substituindo Fred Linhares, que foi para o seu lugar no Cidade Alerta.[21] Em 30 de outubro, Fabíola Gadelha se despede do Balanço Geral Manaus, retornando para a matriz da Record em São Paulo e cedendo seu posto para o apresentador Clayton Pascarelli.[22]

Em 4 de novembro, a Record anuncia a contratação de Celso Zucatelli para a apresentação do Balanço Geral Manhã.[23] Zucatelli assumiu o programa em 18 de novembro, ao mesmo tempo em que a atração passa a ocupar toda a grade local da Record pela manhã, culminando com a extinção do SP no Ar e a inclusão de Bruno de Abreu como co-apresentador e Mariana Bispo no quadro da previsão do tempo.[24] Foi tomada decisão semelhante também no Rio de Janeiro, onde Lívia Mendonça passou a fazer o programa com Gustavo Marques (que fazia o RJ no Ar),[25] além da contratação de Rafaela Cascardo para a previsão do tempo.[26][25]

Em 16 de dezembro, Lívia Mendonça foi afastada do Balanço Geral RJ Manhã, passando a apresentar as edições de sábado do Balanço Geral RJ. Gustavo Marques passou a comandar sozinho o programa, enquanto Rafaela Cascardo continua a comandar a previsão do tempo.[27]

Em março de 2020, Hugo Esteves foi afastado do Balanço Geral PE, devido a pandemia do coronavírus, sendo substituído por Fábio Araújo. Em abril, Hugo foi demitido da TV Clube e a direção da emissora decidiu manter Fabio Araújo como titular.[28]

Em 29 de maio, a Record anuncia a recontratação do jornalista Reinaldo Gottino, que estava na CNN Brasil há oito meses, para voltar a apresentar o Balanço Geral SP.[29] No mesmo dia a RIC anuncia Jasson Goulart, ex-RPC, para comandar o Balanço Geral PR no lugar de Guilherme Rivaroli, que vai para o PR no Ar.[30]

Em 1º de junho, Samuel Vettori assume o Balanço Geral RS, e Voltaire Porto volta ao Cidade Alerta RS e também passa a comandar a Edição de Sábado do Balanço Geral da RecordTV RS.[31]

Em 29 de julho, Gustavo Marques deixa o Balanço Geral RJ Manhã por causa de sua saída da emissora e é substituído por Wagner Montes Filho.

Em junho de 2022, Douglas Camargo deixa a apresentação do Balanço Geral ES, sendo substituido pelo Michel Bermudes Auer.

Referências

  1. Algumas afiliadas, como a TV Cidade de São Luís, a TV Antena 10, a TV Equinócio e a TV Tropical exibem a versão nacional do programa.
  2. Daniel Castro (23 de novembro de 2007). «Record faz jornal para concorrer com 'SP TV'». Folha de S.Paulo. Consultado em 27 de setembro de 2021 
  3. «Apresentador de Sergipe comenta repercussão de declarações preconceituosas». NaTelinha. 29 de março de 2015. Consultado em 27 de setembro de 2021 
  4. Claudio Luis (6 de julho de 2015), Apresentador Claudio Luis anuncia sua saída do Balanço Geral-SE, consultado em 8 de abril de 2017 
  5. «Marcão assume Balanço Geral DF e comemora: 'Foram anos esperando por uma oportunidade como essa'». R7.com. 26 de agosto de 2016. Consultado em 27 de setembro de 2021 
  6. «Nova aposta da Record, Marcão do Povo assume o Balanço Geral no dia 26». Jornal de Brasília. 16 de setembro de 2016. Consultado em 27 de setembro de 2021 
  7. a b «Apresentador Marcão é demitido após chamar Ludmilla de "macaca"». Quem. Grupo Globo. 18 de janeiro de 2017. Consultado em 27 de setembro de 2021 
  8. Heloisa Caixeta; Ataide de Almeida Jr. «Âncora do Balanço Geral DF, da Record, chama Ludmilla de "macaca"». Metrópoles. Consultado em 18 de janeiro de 2017 
  9. «Novidade: Balanço Geral Sergipe estreia na próxima segunda, na hora do almoço». A8 Sergipe. 16 de agosto de 2016. Consultado em 27 de setembro de 2021 
  10. «"Balanço Geral" com Varela começa às 6h15 a partir de terça-feira». Varela Notícias. 30 de dezembro de 2016 [ligação inativa] 
  11. Rosana Jesus (6 de fevereiro de 2017). «Record Brasília contrata Fred Linhares para apresentar Balanço Geral». Jornal de Brasília. Consultado em 27 de setembro de 2021 
  12. «Record TV Brasília contrata Fred Linhares». Record TV. 1 de fevereiro de 2017. Consultado em 27 de setembro de 2021 
  13. «Fábio Henrique é o novo apresentador do Balanço Geral Manhã». A8 Sergipe. 27 de março de 2017. Consultado em 27 de setembro de 2021 
  14. Luciano Guaraldo (12 de janeiro de 2018). «Record exibirá edição do Balanço Geral São Paulo também aos sábados». Notícias da TV. Consultado em 27 de setembro de 2021 
  15. Rick Souza (15 de fevereiro de 2018). «Record define estreia da nova etapa do jornalismo matinal». Observatório da Televisão. Consultado em 2 de março de 2018 – via UOL 
  16. Thiago Forato (26 de fevereiro de 2018). «Giuliano Marcos deixa SP para apresentar "Balanço Geral" e "Cidade Alerta" em Londrina». Na Telinha. Consultado em 2 de março de 2018 – via UOL 
  17. Gabriel Perline (13 de julho de 2019). «Record cancela jornal após derrotas para apresentador do SBT que ela havia demitido». Notícias da TV. Consultado em 27 de setembro de 2021 – via UOL 
  18. Daniel Castro (16 de setembro de 2019). «Reinaldo Gottino pede demissão da Record e reforça time da CNN Brasil». Notícias da TV. Consultado em 16 de setembro de 2019 – via UOL 
  19. Flávio Ricco (16 de setembro de 2019). «Luiz Bacci vai substituir Reinaldo Gottino no "Balanço Geral"». UOL. Consultado em 16 de setembro de 2019 
  20. Daniel Castro (19 de setembro de 2019). «Geraldo Luís substitui Gottino e assume Balanço Geral pela terceira vez». Notícias da TV. Consultado em 19 de setembro de 2019 – via UOL 
  21. Gabriel Vaquer (24 de setembro de 2019). «Record TV promove "dança das cadeiras" no DF e âncora reassume Balanço Geral após 3 anos». Observatório da Televisão. Consultado em 30 de setembro de 2019 
  22. «Record remaneja Fabíola Gadelha e contrata apresentadora da Globo em Manaus». Notícias da TV. 2 de novembro de 2019. Consultado em 4 de novembro de 2019 – via UOL 
  23. «Celso Zucatelli volta à Record para apresentar o Balanço Geral Manhã». UOL. 4 de novembro de 2019. Consultado em 4 de novembro de 2019 
  24. «Record TV confirma estreia de Celso Zucatelli na próxima segunda (18) e extingue o 'SP no AR'». Alta Definição. 13 de novembro de 2019. Consultado em 13 de novembro de 2019 
  25. a b «Record adota padrão de SP, decreta fim de telejornais e rebaixa apresentadores». Notícias da TV. 13 de novembro de 2019. Consultado em 27 de novembro de 2019 – via UOL 
  26. Daniel Silva (13 de novembro de 2019). «Record TV Rio contrata jornalista da CBN para novo 'BG Manhã'». Alta Definição. Consultado em 13 de novembro de 2019 
  27. Gabriel Perlline (16 de dezembro de 2019). «Sem química, Record separa apresentadores e rebaixa sucessora de Wagner Montes». Notícias da TV. Consultado em 27 de setembro de 2021 
  28. «Saiba o motivo da saída de Hugo Esteves da Record TV em Recife». Portal Alta Definição. 21 de abril de 2020. Consultado em 10 de junho de 2020 
  29. «Reinaldo Gottino deixa CNN e reassume comando do 'Balanço Geral SP'». Correio Braziliense. 29 de maio de 2020. Consultado em 27 de setembro de 2021 
  30. Gabriel Perline (29 de maio de 2020). «Record contrata jornalista da Globo para substituir apresentador que falou palavrões». Notícias da TV. Consultado em 30 de maio de 2020 
  31. «Samuel Vettori volta à Record TV RS e assume 'Balanço Geral RS'». R7.com. 1 de junho de 2020. Consultado em 27 de setembro de 2021 

Ligações externas