Raymond Lemieux

Raymond Lemieux
Nascimento 16 de junho de 1920
Lac La Biche
Morte 22 de julho de 2000 (80 anos)
Edmonton
Residência Canadá
Cidadania Canadá
Alma mater Universidade de Alberta, Universidade McGill, Universidade Estadual de Ohio
Ocupação químico, professor universitário
Prêmios membro da Royal Society, Companheiro da Ordem do Canadá, Prêmio Internacional da Fundação Gairdner, Albert Einstein World Award of Science, Prêmio Wolf de Química, Prémio Acfas Léo-Pariseau, Prêmio Izaak-Walton-Killam, Medalha de Ouro Gerhard Herzberg, doutor honoris causa na Universidade Laval
Empregador Universidade de Alberta

Raymond Urgiel Lemieux (Lac La Biche, Alberta, Canadá, 16 de junho de 192022 de julho de 2000) foi um químico orgânico canadense, conhecido por seu trabalho sobre a química do açúcar.

Formação e carreiraEditar

Lemieux estudou química na Universidade de Alberta, com o bacharelado em 1943 e obteve um doutorado em 1946 na Universidade McGill, orientado por Clifford B. Purves.[1] No pós-doutorado pesquisou sobre a estrutura da estreptomicina na Universidade Estadual de Ohio. Foi depois durante dois anos professor assistente na Universidade de Saskatchewan, foi Senior Research Officer no Praerie Regional Laboratory do Conselho Nacional de Pesquisa em Saskatoon, e a partir de 1954 professor e decano na Universidade de Ottawa. Em 1961 retornou para a Universidade de Alberta. Em 1981 foi nomeado University Professor e aposentou-se em 1985. Morreu vitimado por um aneurisma.

Em 1954 foi eleito membro da Sociedade Real do Canadá e em 1967 membro da Royal Society. Recebeu o Prêmio Internacional da Fundação Gairdner de 1985, o Prêmio Internacional Rei Faisal de 1990 e o Prêmio Wolf de Química de 1999.

Referências

  1. Dados básicos, publicações e genealogia acadêmica de Raymond Urgel Lemieux em academictree.org, acessado em 23 de março de 2020.

Ligações externasEditar