Abrir menu principal
Roberto Cunha Castello Branco
38º Presidente da Petrobras
Período 3 de janeiro de 2019
até atualidade
Presidente Jair Bolsonaro
Antecessor Ivan Monteiro
Sucessor -
Dados pessoais
Nacionalidade brasileira
Alma mater Universidade de Chicago
Partido Nenhum
Ocupação Economista

Roberto Castello Branco é um economista brasileiro, ex-membro do conselho administrativo da Petrobras. Foi indicado para ser o presidente da Petrobras, a partir de 2019, pelo Ministro da Economia, Paulo Guedes.[1][2]

Em artigo[3] na Folha de São Paulo, disse ser "inaceitável manter centenas de bilhões de dólares alocados a empresas estatais em atividades que podem ser desempenhadas pela iniciativa privada, enquanto o Estado não tem dinheiro para cumprir obrigações básicas."

Índice

BiografiaEditar

Formação AcadêmicaEditar

Funções exercidas [4]Editar

  • Membro do conselho administrativo da Petrobras em 2015-2016, por indicação da ex-presidente Dilma Rousseff (PT)
  • Diretor do Centro de Estudos em Crescimento e Desenvolvimento Econômico da FGV
  • Diretor do Banco Central
  • Diretor Executivo de instituições financeiras e Diretor e Economista Chefe da Vale
  • Professor da EPGE/FGV
  • Presidente Executivo do IBMEC

PublicaçõesEditar

  • “Crescimento acelerado e o mercado de trabalho: a experiência brasileira”, ed. Fundação Getulio Vargas


Referências

  1. «Quem é Roberto Castello Branco, futuro presidente da Petrobras». G1 
  2. «Petrobras aprova Roberto Castello Branco como novo presidente». Folha de S.Paulo. 21 de dezembro de 2018. Consultado em 3 de janeiro de 2019 
  3. «É urgente a necessidade de se privatizar não só a Petrobras, mas outras estatais». Folha de S.Paulo. 2 de junho de 2018 
  4. a b «FGV EPGE». Consultado em 19 de novembro de 2018 
Precedido por
Ivan Monteiro
Presidente da Petrobras
2018 – atualidade
Sucedido por
-