Abrir menu principal
Rocket League
Arte de embalagem, representando os veículos movidos a foguete do jogo.
Desenvolvedora(s) Psyonix
Publicadora(s) Psyonix
Diretor(es) Thomas Silloway
Produtor(es) Sarah Hebbler
Designer(s) Corey Davis
Artista(s) Bobby McCoin
Compositor(es) Mike Ault[nota 1]
Motor Unreal Engine 3
Plataforma(s)
Data(s) de lançamento 7 de julho de 2015
Gênero(s) Esporte
Modos de jogo Um jogador, Multijogador

Rocket League é um jogo eletrônico de futebol veicular desenvolvido e publicado pela Psyonix. Foi lançado pela primeira vez para Microsoft Windows e PlayStation 4 em julho de 2015, com as portes para o Xbox One, MacOS, Linux e Nintendo Switch sendo lançados posteriormente. Em junho de 2016, a 505 Games começou a distribuir uma versão física para o PlayStation 4 e Xbox One, com a Warner Bros. Interactive Entertainment assumindo essas funções até o final de 2017.

Descrito como "futebol, mas com carros movidos a foguete",[1] Rocket League tem de um a quatro jogadores designados para cada uma das duas equipes, usando veículos movidos a foguete para acertar o gol do adversário e marcar pontos ao longo de uma partida.[2] O jogo inclui modos para um jogador e multijogadores, que podem ser jogados localmente e on-line, incluindo jogos multi-plataforma entre as versões de PlayStation 4 e Microsoft Windows, bem como cross-play entre as versões de Xbox One, Switch e Windows.[3][4] Atualizações posteriores permitiram a modificação de regras básicas e novos modos de jogo, incluindo os baseados em hóquei no gelo e basquete.[5][6]

Rocket League é uma continuação de Supersonic Acrobatic Rocket-Powered Battle-Cars, publicado pela Psyonix em 2008 para o PlayStation 3. Battle-Cars recebeu críticas mistas e não foi um grande sucesso, mas ganhou uma base de fãs leais.[7] A Psyonix continuou a se sustentar através do trabalho de desenvolvimento de contrato para outros estúdios, enquanto procurava desenvolver uma sequência. A empresa iniciou o desenvolvimento formal de Rocket League por volta de 2013, refinando a jogabilidade de Battle-Cars para lidar com críticas e comentários dos fãs. A desenvolvedora também reconheceu sua falta de marketing para o título anterior, e se envolveu tanto nas mídias sociais quanto nas promoções, incluindo oferecer o jogo como um download gratuito para membros da PlayStation Plus no lançamento, a fim de promover o jogo.[8]

Rocket League foi elogiado pela crítica, recebendo uma recepção positiva por suas melhorias em comparação com Battle-Cars, seus gráficos e jogabilidade multijogador, apesar de alguns críticos serem céticos quanto ao motor de física do jogo.[9] O jogo ganhou vários prêmios da indústria.[10][11][12] e alcançou mais de seis milhões de vendas e 40 milhões de jogadores até o início de 2018.[13] Rocket League também foi adotado como um eSport, com jogadores profissionais participando da ESL e da Major League Gaming,[14][15] juntamente com as próprias competições da Psyonix através do Rocket League Championship Series (RLCS).[16]

Ver tambémEditar

Notas

  1. Composição adicional por Hollywood Principle, Christian De La Torre e Abandoned Carnival.

Referências

  1. Wawro, Alex (21 de julho de 2015). «Why some old designs are worth revisiting: A Rocket League story». Gamasutra. Consultado em 15 de março de 2016. Cópia arquivada em 16 de março de 2016 
  2. Makuch, Eddie (14 de fevereiro de 2016). «Rocket League Max Player Count Increase Under Consideration». GameSpot. Consultado em 14 de fevereiro de 2016. Cópia arquivada em 15 de fevereiro de 2016 
  3. Saed, Sharif (21 de março de 2016). «Rocket League devs already know how to add cross-network multiplayer». VG247. Consultado em 21 de março de 2016. Cópia arquivada em 25 de março de 2016 
  4. Seppela, Timothy (24 de junho de 2017). «'Rocket League' will die without cross-console multiplayer». Engadget. Consultado em 28 de junho de 2017. Cópia arquivada em 27 de junho de 2017 
  5. Pereira, Chris (14 de dezembro de 2015). «Rocket League's Hockey Mode, Winter Event Now Available». GameSpot. CBS Interactive. Consultado em 15 de dezembro de 2015. Cópia arquivada em 16 de dezembro de 2015 
  6. Makuch, Eddie (20 de abril de 2016). «See Rocket League's New Basketball Mode in Action, Coming Next Week». GameSpot. Consultado em 20 de abril de 2016. Cópia arquivada em 23 de abril de 2016 
  7. Parkin, Simon (1 de novembro de 2015). «Rocket League: The long road to overnight success». Eurogamer. Consultado em 15 de março de 2016. Cópia arquivada em 16 de março de 2016 
  8. Makuch, Eddit (26 de fevereiro de 2016). «Rocket League Reaches 12 Million Players, As Dev Explains Sales Breakdown». GameSpot. Consultado em 26 de fevereiro de 2016. Cópia arquivada em 29 de fevereiro de 2016 
  9. «Rocket League Critic Reviews for PlayStation 4». Metacritic. CBS Interactive. Consultado em 29 de abril de 2016. Cópia arquivada em 8 de março de 2016 
  10. Sayers, Simon (19 de junho de 2015). «E3 2015 Awards: Best Sports Game». PSU.com. Consultado em 21 de junho de 2015. Cópia arquivada em 21 de junho de 2015 
  11. Shepard, Kenneth (22 de junho de 2015). «Gaming Trend's Best of E3 2015 Awards». Gaming Trend. Consultado em 22 de junho de 2015. Cópia arquivada em 23 de junho de 2015 
  12. Sarkar, Samit (13 de novembro de 2015). «Here are the nominees for The Game Awards 2015». Polygon. Vox Media. Consultado em 14 de novembro de 2015. Cópia arquivada em 11 de janeiro de 2016 
  13. Williams, Mike (3 de janeiro de 2018). «Rocket League Crosses 40 Million Players Worldwide». US Gamer. Consultado em 3 de janeiro de 2017. Cópia arquivada em 3 de janeiro de 2018 
  14. Labbe, Mark (10 de julho de 2015). «Rocket League Now an Official eSport, Kickoff Cups Begin Sunday». PlayStation LifeStyle. CraveOnline. Consultado em 2 de agosto de 2015. Cópia arquivada em 16 de julho de 2015 
  15. pitmonkey (3 de setembro de 2015). «MLG Announces Season 1 of the MLG Pro Rocket League». Major League Gaming. Consultado em 3 de setembro de 2015. Cópia arquivada em 7 de setembro de 2015 
  16. Makuch, Eddie (2 de março de 2016). «Rocket League Pro League Announced, Offers $75,000 in Prizes». GameSpot. Consultado em 2 de março de 2016. Cópia arquivada em 4 de março de 2016 

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre jogos eletrônicos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.