Abrir menu principal
Rodolfo Garcia
Nome completo Rodolfo Augusto de Amorim Garcia
Nascimento 25 de maio de 1873
Ceará-Mirim,  Rio Grande do Norte
Morte 14 de novembro de 1949 (76 anos)
Rio de Janeiro, Bandeira do Distrito Federal (Brasil) (1891–1960).gif Distrito Federal
Nacionalidade brasileiro
Ocupação Historiador

Rodolfo Augusto de Amorim Garcia (Ceará-Mirim, 25 de maio de 1873Rio de Janeiro, 14 de novembro de 1949) foi um historiador e intelectual brasileiro, filho de Augusto Carlos de Amorim Garcia e de Maria Augusta de Amorim Garcia.

Bacharel em direito, pela Faculdade de Direito de Recife, dedicou-se ao ensino de história, geografia, francês e português ainda nessa cidade. Radicando-se no Rio de Janeiro em 1910 tornou-se amigo e discípulo de Capistrano de Abreu, tendo sido responsável pela atualização e notas da História Geral do Brasil de Francisco Adolfo de Varnhagen, dedicando-se também a estudos linguísticos, como o Dicionário de brasileirismos, Nomes das aves em língua tupi, Glossário das palavras e frases da língua tupi; antropológicos, como Catecismo da doutrina cristã na língua brasílica da nação kariri; e geográficos, como Nomes geográficos peculiares ao Brasil e Bibliografia de geografia do Brasil. Também escreveu notas para a publicação de 1930 do livro "Diálogos das grandezas do Brasil" [1], obra escrita por volta do início do século XVII.

Foi membro do Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro e da Academia Brasileira de Letras, eleito em 2 de agosto de 1934 e empossado em 13 de abril de 1935. Diretor do Museu Histórico Nacional e da Biblioteca Nacional.

Referências

  1. MONTEIRO, Clóvis - Esboços de história literária - Livraria Acadêmica - 1961 - Rio de Janeiro - pg. 83
Bibliografia
  • RODRIGUES, José Honório. História e historiografia. Petrópolis : Editora Vozes, 1970, pp. 155–162.

Ligações externasEditar