Abrir menu principal
Question book.svg
Esta biografia de uma pessoa viva cita referências, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde janeiro de 2014). Ajude a inserir fontes confiáveis e independentes. Material controverso que esteja sem fontes deve ser imediatamente removido, especialmente se for de natureza difamatória.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Sandra Celas
Nome completo Sandra Augusta Pedro Celas
Nascimento 24 de janeiro de 1975 (44 anos)
Lisboa, Portugal Portugal
Nacionalidade Portuguesa
Ocupação Atriz

Sandra Celas nasceu em Lisboa. Fez o primeiro curso de expressão dramática no teatro de Carnide, palco onde se estreou com a peça “Restos” de Bernardo Santareno em 1997.

Desde essa altura e em simultâneo com a profissão de jornalista que exerceu durante 4 anos, frequentou vários cursos e workshops para actores. Entre os principais, o curso do IFICT ; workshop de “Sense memories” e “Script analysis” orientado por Michael Margotta (um dos fundadores do “Método  e actual director do Actor's Studio di Roma);  workshop com Marcia Haufrech, workshop com Yoshi Oida e o curso de Técnica Meisner com o professor e actor John Frey.


Desde 2002 que exerce profissionalmente a actividade de actriz, tendo integrado o elenco de várias peças de teatro, séries, novelas e telefilmes, como Inspector Max, Jardins Proibidos, Morangos com Açúcar, Noite de Paz ou Rainha das Flores entre outros. Tem ainda marcado presença pontual na apresentação de programas e eventos.


Actriz conhecida do grande público, alia agora também á representação outra sua grande paixão; a música. Estando para muito breve o lançamento do primeiro disco da banda MurMur onde é vocalista, autora e compositora.

Embora actriz de génese, cada vez mais gosta de se definir como Artista, que abraça as várias áreas pelas quais vai sentindo apelo como o canto, dança, escrita, trabalho de carácter humanitário e tudo pelo qual possa vir a sentir interesse na vida.

[1]

Trabalhos na TVEditar

CinemaEditar

Trabalhos na MúsicaEditar

  • Para Nunca Mais (Acordar), com Darko (Zé Manel) (2012)

Referências