Abrir menu principal

Goya's Ghosts

filme de 2006 dirigido por Miloš Forman
(Redirecionado de Sombras de Goya)
Goya's Ghosts
Nataly Portman e Javier Bardem:
destaques no cartaz do filme
No Brasil Sombras de Goya[1]
Em Portugal Os Fantasmas de Goya[2]
Em espanhol Los fantasmas de Goya
Flag of Spain.svg Espanha
 Estados Unidos

2006 •  cor •  113 min 
Direção Miloš Forman
Produção Saul Zaentz
Roteiro Jean-Claude Carrière
Elenco Javier Bardem
Natalie Portman
Stellan Skarsgård
Género drama biográfico
Música Varhan Orchestrovič Bauer
José Nieto
Edição Adam Boone
Companhia(s) produtora(s) The Saul Zaentz Company
Xuxa Producciones (Espanha)
Distribuição Kanzaman S.A.l (Espanha)
Idioma língua inglesa
Site oficial
Página no IMDb (em inglês)

Goya's Ghosts (em castelhano: Los fantasmas de Goya; no Brasil: Sombras de Goya; em Portugal: Os Fantasmas de Goya) é um filme hispano-estadunidense de 2006, do gênero drama histórico, dirigido por Miloš Forman.

SinopseEditar

A ação se passa na Espanha, entre 1792 e 1809, durante a Inquisição Espanhola e as Guerras Napoleônicas.

Francisco Goya é um pintor de renome, que fica conhecido pela forma com que pinta as pessoas e as situações. A jovem e bela Inês Bilbatua é filha de um dos seus abastados amigos e modelo de um quadro que fascina o maquiavélico Irmão Lorenzo, que é um padre membro da Inquisição. Inês é presa pela Inquisição acusada de judaísmo apenas por ter recusado numa festa comer carne de porco onde por acaso estavam espiões do Santo Ofício. Sabendo disso, Francisco Goya tenta ajudá-la pedindo a colaboração de Irmão Lorenzo que no entanto, fascinado pela beleza de Inês, acaba por abusar dela nos calabouços aumentando a sua desgraça.

O pai de Inês convida Irmão Lorenzo para um jantar aliciando-o com abastadas ofertas para a Igreja de forma a interceder pela filha: Nesse jantar o desespero toma conta do pai de Inês perante mostras de incapacidade de Irmão Lorenzo para libertar a filha e faz com que Irmão Lorenzo sob tortura assine uma declaração contra ele próprio e a Igreja para provar precisamente que os métodos da Inquisição fazem qualquer pessoa confessar o que quer que seja.

A declaração chega ao conhecimento do Rei e ao do chefe da igreja católica espanhola o que obriga Irmão Lorenzo a fugir..

Com a Revolução Francesa tudo muda: A Igreja Católica perde a sua força em Espanha, Inês é libertada e Irmão Lorenzo regressa triunfalmente para se vingar e descobrir que Inês lhe reserva uma surpresa.

CríticasEditar

Produzido por Estados Unidos e Espanha, Sombras de Goya aponta suas metralhadoras do inconformismo contra os abusos de poder daqueles que se julgam acima da lei e da humanidade. Em qualquer tempo. Para isso, opta por estabelecer sua trama nos porões da Inquisição espanhola, em 1792. É nesta época que o padre católico Lorenzo (Javier Bardem) convence seus superiores que é necessário recrudescer ainda mais as práticas de interrogatórios e torturas contra os "infiéis". Para ele, a sociedade vive em estado de degradação porque a Igreja Católica tem mandado pouca gente para a fogueira nos últimos anos. Lorenzo escolhe como um de seus bodes expiatórios a bela jovem Inês (Natalie Portman), filha de um poderoso nobre local e também musa das pinturas do grande artista Francisco Goya (Stellan Skarsgard), pintor oficial da corte. A garota é cruelmente presa e torturada, sob a acusação de ter recusado um prato de porco durante uma festa, o que a tornaria, automaticamente, uma judia - vale lembrar que os pais de Milos Forman morreram num campo de concentração nazista. Tem início, assim, uma série de mandos e desmandos desmedidos e brutais atrocidades cometidas em nome da religião. Para o desespero da família de Inês e a perplexidade de Goya. No decorrer do tempo, o poder muda de mãos algumas vezes, mas as injustiças e a barbárie permanecem, invertendo-se apenas os lados da moeda. Seria esta a grande maldição da raça humana? Usar e abusar da violência repressiva e do poder político, independente de credo, raça, religião ou tempo? O tema é investigado por Forman por meio dos olhos e da sensibilidade de Goya, resultando num filme vigoroso, apaixonante e de excelente ritmo narrativo. Certamente soa estranho aos ouvidos acompanhar toda esta vibrante saga espanhola - filmada totalmente na Espanha - com todos os atores falando inglês. Inclusive os espanhóis. Assim como é no mínimo esquisito ver o texano Randy Quaid fazendo o papel do Rei Carlos IV. Mas são os preços da globalização. Mesmo assim, o resultado final de Sombras de Goya é dos mais compensadores. Valeu a pena esperar sete anos por mais um legítimo Forman.[3]

ElencoEditar

BilheteriaEditar

O filme rendeu 2.198.929 de dólares na Espanha e 1.199.024 na Itália;[4] Nos Estados Unidos o filme totalizou 1.000.626 de dólares, com uma receita mundial total de US$ 8.151.333.[5]

  A Wikipédia tem os portais:

Referências

  1. Sombras de Goya no CinePlayers (Brasil)
  2. Os Fantasmas de Goya no DVDPT (Portugal)
  3. «Crítica SOMBRAS DE GOYA - Cineclick». Cineclick - tudo sobre cinema. cineclick. 25 de dezembro de 2007. Consultado em 1 de maio de 2019 
  4. Goya's Ghosts (2007) - International Box Office Results - Box Office Mojo
  5. Goya's Ghosts (2007) - Box Office Mojo
  Este artigo sobre um filme estadunidense é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.