Abrir menu principal

Wikipédia β

Prefeitura Regional de Santana/Tucuruvi

(Redirecionado de Subprefeitura de Santana)

A Prefeitura Regional de Santana/Tucuruvi é regida pela Lei nº 13. 999, de 01 de Agosto de 2002 e uma das 32 prefeituras regionais da cidade de São Paulo, SP, Brasil. É composta por três distritos da Zona Norte, Santana, Tucuruvi e Mandaqui, que somados representam uma área de 34,7 km², e habitada por mais de 324 mil pessoas.

Prefeitura Regional de Santana/Tucuruvi
Administração
Subprefeito Rosmary Correia
desde
Características geográficas
Área 34,7 km²
População 324.815 habitantes
IBGE/est. 2010
IDH 0,903 - muito elevado ()
Subprefeituras limítrofes Casa Verde/Cachoeirinha, Jaçanã/Tremembé, Vila Maria/Vila Guilherme, Mooca e .
Mapa do município de São Paulo
Localização

Sua sede está localizada na Avenida Tucuruvi, 808 no bairro homônimo.

Atualmente é comandada por Rosmary Corrêa, Delegada de Polícia e responsável pela implantação da 1º Delegacia de Defesa da Mulher em São Paulo[1].

Índice

Distrito de SantanaEditar

Criado em 1898 é o distrito o mais populoso da subprefeitura. Servido por quatro estações do Metrô, duas delas estão ligadas a dois terminais de ônibus, o Santana e o Tietê.

Abriga o Campo de Marte, Arquivo Público do Estado de São Paulo, Cemitério de Santana, Parque da Juventude, Anhembi Parque, Museu do Dentista, bibliotecas e dois teatros sendo o distrito mais desenvolvido da Zona Norte. O Alto de Santana e o Jardim São Paulo, são regiões nobres localizadas em sua extensão.[2]

Atualmente é um centro socioeconômico regional, funcionando como pólo de comércio, serviços e lazer para outras localidades da zona norte.

Distrito do TucuruviEditar

Possui duas estações do Metrô, abriga a Academia de Polícia Militar do Barro Branco, a GRCSES Acadêmicos do Tucuruvi, a sede da Subprefeitura de Santana-Tucuruvi e o Jardim França, bairro nobre localizado em sua extensão.[2]

Distrito do MandaquiEditar

É o maior em área da Subprefeitura, possui grande parte de seu território preservada, por estar na Serra da Cantareira, a maior floresta urbana nativa do mundo. É um distrito de classe média, com pequenos focos de pobreza, tendo 427 moradores de favelas.

Destaca-se o Lauzane Paulista, bairro emergente, valorizado após o estabelecimento do Santana Parque Shopping em 2007, abriga empreendimentos imobiliários de médio padrão. Abriga o Parque Estadual Alberto Löfgren, mais conhecido como Horto Florestal de São Paulo e a Avenida Engenheiro Caetano Álvares e seus diversos bares.

Referências

  1. «Rosmary Corrêa - Prefeita Regional - Portal da Prefeitura da Cidade de São Paulo». www.prefeitura.sp.gov.br. Consultado em 30 de abril de 2017 
  2. a b «Santana eleva padrão de lançamentos na zona norte de São Paulo». Folha Online. 25 de outubro de 2009. Consultado em 3 de dezembro de 2009 

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre Geografia de São Paulo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.