Abrir menu principal
Wikitext.svg
Esta página ou seção precisa ser wikificada (desde dezembro de 2015).
Por favor ajude a formatar esta página de acordo com as diretrizes estabelecidas.
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde Março de 2009). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)


A Torcida Jovem do Grêmio é a mais antiga torcida organizada do Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense em atividade. Foi fundada em 23 de outubro de 1977.[1]

Teve seu auge na década de 1990, quando era considerada a principal torcida organizada do Grêmio. Devido ao surgimento de outras torcidas e injustas punições tanto do Clube quanto dos órgãos públicos competentes, perdeu muitos integrantes na década seguinte. Porém, nunca perdeu força e permaneceu unida, no qual passou por fazes difíceis com poucos integrantes mas nunca abandonou o time.

O diferencial da Jovem do Grêmio é estar presente com sua faixa em todos os jogos do tricolor, independente do local, com o Grêmio onde o Grêmio estiver.

eh os guriloidi do clepi

Índice

Época Olímpico MonumentalEditar

Antigamente, após ser posicionada em diferentes setores da arquibancada inferior do Velho Casarão, a Torcida Jovem se estabeleceu em frente ao Portão 16.

A torcida viveu momentos marcantes no glorioso Estádio Olímpico Monumental, possuindo em determinados momentos mais de 5 mil componentes cadastrados, formando o famoso bloco branco na arquibancada, sendo conhecida como a "Jovem e seu elenco fabuloso!".

Época Arena do GrêmioEditar

A partir de 2013 com a migração para a Arena do Grêmio, a Torcida se estabeleceu no Setor Arquibancada Norte, juntamente com as torcidas Geral do Grêmio e Garra Tricolor, formando até então as únicas três torcidas reconhecidas atualmente pelo Clube.

Em 2014, a torcida baniu de seu repertório cânticos considerados racistas.[2]

A torcida atualmente segue em atividade, representando sua camisa e as três cores do imortal por todos os lados.

BandeirasEditar

 
Primeira bandeira da história do Clube, oficial entre 1904 e 1918, sendo tremulado na Arena.

As bandeiras da Torcida Jovem são o diferencial da torcida, as clássicas bandeiras em mastro de bambu são na maioria brancas com o logo da torcida no centro. Também possuem bandeiras oficiais utilizadas em diferentes épocas do Grêmio.



SubdivisõesEditar

A Jovem possui subdivisões dentro da torcida, conhecidos como arrastões, que são formados pelos bairros de Porto Alegre, municípios do Rio Grande do Sul e diversas cidades do Brasil inteiro.

Listagem dos arrastões
Arrastão Localidade Estado
Zona Sul (Porto Alegre) RS
Canoas/Nova Santa Rita RS
Esteio RS
São Leopoldo RS
Alvorada RS
Zona Norte (Porto Alegre) RS
Venâncio Aires RS
Belém PA
Cachoeirinha RS
10° Belo Horizonte MG
11° Zona Leste (Porto Alegre) RS
12° Rio de Janeiro RJ
13° Agronomia (Porto Alegre) RS
14° Curitiba PR
15° Feminino -
16° Gravataí RS
17° Osório RS
18° Brasília DF
19° Goiás GO
20° Paraíba PB
21° São Paulo SP
22° Caxias do Sul RS
23° Fortaleza CE
24° Salvador BA
25° Centro (Porto Alegre) RS
26° Sapucaia do Sul RS
27° Caçapava do Sul RS
28° Guaíba RS
29° Florianópolis SC
30° Miraguaí RS
31° Santa Maria RS
32° Capão da Canoa RS
33° Uruguaiana RS
34° Extremo Sul (Porto Alegre) RS
35° Rio Grande RS
36° Estância Velha RS
37° Viamão RS
38° Amapá AP

UniõesEditar

A Torcida Jovem do Grêmio faz parte da União Dedo Pro Alto (DPA)[3] e possui união com as seguintes Torcidas Organizadas:

  Rio Grande do Sul 





  Santa Catarina 
  Paraná 
 
TJG + IAV



  São Paulo 
  Rio de Janeiro

  Minas Gerais 





  Goiás 
  Distrito Federal 
  Pará 
  Bahia 




  Ceará 
  Rio Grande do Norte 
  Maranhão 
  Pernambuco 
  Sergipe 
  Alagoas 
  • Mancha Azul do CSA;
  Paraíba 
   Piauí 
  • Esporão do Galo do River;

Referências

  1. organizadasbrasil.com. «Torcida Jovem do Grêmio». Consultado em 10 de agosto de 2018 
  2. Clic RBS. «Torcida Jovem do Grêmio bane o termo "macacada" de cântico». Consultado em 10 de agosto de 2018 
  3. «Saiba como funciona as alianças entre torcidas organizadas». SuperVasco. 10 de dezembro de 2013. Consultado em 22 de fevereiro de 2019