Abrir menu principal

Uma Escolinha muito Louca

Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde maio de 2012). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Uma Escolinha muito Louca
Informação geral
Formato Sitcom
Gênero Escolinha
Humorístico
Duração 40 minutos (aprox.)
País de origem  Brasil
Idioma original (português brasileiro)
Produção
Diretor(es) Jacques Lagôa
Produtor(es) Delvair Thomazelli
Lígia Cilli
Eduardo Accioly
Júlia Cury
Thalita Felisardo
Elenco Sidney Magal
Mateus Carrieri
Orival Pessini
Ricardo Côrte Real
Leonardo Cortez
Marcia Kaplun
e grande elenco
Exibição
Emissora de televisão original Rede Bandeirantes
Formato de exibição 1080i (HDTV)
Transmissão original 15 de dezembro de 20082 de maio de 2010
N.º de episódios 150
Cronologia
Programas relacionados Escolinha do Professor Raimundo
Escolinha do Golias
Escolinha do Barulho
Escolinha do Gugu

Uma Escolinha Muito Louca foi um programa humorístico exibido pela Rede Bandeirantes de 15 de dezembro de 2008 até 02 de Maio de 2010, no horário das 20h15min. Na Bandeirantes, a partir do dia 30 de outubro de 2009 o programa começou a ser exibido somente às sextas feiras a partir das 22h15, e no dia 17 de janeiro de 2010 foi exibido a partir das 12h, também sendo exibido aos domingos. O programa foi também reprisado pelo canal pago TBS Brasil desde o dia 05 de Setembro de 2016. O formato da atração é semelhante ao da Escolinha do Professor Raimundo, exibida na Globo, Escolinha do Barulho, da Record e da Escolinha do Golias, do SBT.

Índice

SinopseEditar

Sidney Magal assume o papel do professor que tenta colocar ordem na classe. Só Uma Escolinha muito Louca poderia reunir 24 alunos tão diferentes. Orival Pessini interpretava Ranulpho Pereira, um aposentado muito inteligente que reclama das condições de vida do aposentado de uma forma muito engraçada. Ainda entre os tipos mais variados dessa divertida escolinha estão Nóia Pinóia, malandro estranho com pinta de bandido. Amado Severo, um nordestino valentão, Chekyn No Moon, um oriental que vende produtos "genéricos", Elvira Alfacinha, uma portuguesa esperta e, Aurélio Junior, o aluno sabe-tudo da classe.

ElencoEditar

Ator Personagem
Sidney Magal Professor
Wesley Crespo Nóia Pinóia
Kendi Yamai Chekyn No Moon
Pâmela Côto Elvira Alfacinha
Carol Rios Dona Flor
Camila Navarro Patricinha
Kiko Bertholini Júlio Fashion
Leonardo Cortez Homero Ponta
Rosana Di Trajano Sandra
Renata Takahashi Rosa
Déborah Ascenção Madalena
Luziane Baierle Sarita Sarada
Mariana Xavier Silvinha Sexy
Kaká de Lyma Amado Severo
Adriana Bombom Ana Balanço
Mateus Carrieri Raul Pitbull
Thatiana Pagung Luana Baiana
Rafa Mello Aurélio Jr.
Murillo Flores Diego Varejon
César Macedo Eugênio
Ricardo Côrte Real Nepotônio Sobrinho
Orival Pessini Ranulpho Pereira
Lígia Pessoto Dona Biju
Priscila Menucci Dona Nica
Marcia Kaplun Krika Telé
Nicolás Monasterio Juan Maradin
Participações especiais
Ator Personagem
Neto Ele mesmo
Orival Pessini Fofão
Adriane Galisteu Ela mesma
Renata Fan Ela mesma
Otávio Mesquita Ele mesmo
Dudu Nobre Ele mesmo
Daniel Bork Ele mesmo
Raul Gil Ele mesmo
Patricia Maldonado Ela mesma
Eduardo Martini Neide Boa Sorte
Jorge Loredo Zé Bonitinho

Perfis dos PersonagensEditar

Trilha sonoraEditar

 
Jaws, de John Williams, era o tema de Dona Nica.
  1. Jaws - John Williams (tema de Dona Nica);
  2. Jaspion - Ai Takano (tema do Chekyn No Moon de super herói);
  3. Bad - Michael Jackson (homenagem ao "Rei do Pop");
  4. We Are The Champions - Queen;
  5. Mc Pirata - Eduardo Oliveira, Josimar Ribeiro e Claudio Campos;
  6. Vira-Vira (instrumental) - Roberto Leal e Mamonas Assassinas (tema de Elvira Alfacinha);
  7. Sandra Rosa Madalena - Sidney Magal (Tema de Sandra, Rosa e Madalena).

AudiênciaEditar

  • A primeira exibição rendeu ótima audiência à Band. Rendeu 6 pontos de média, garantindo a terceira colocação e desbancando programas como o de Hebe Camargo.[1]

CuriosidadesEditar

 
Se(c)ções de curiosidades são desencorajadas pelas políticas da Wikipédia.
Ajude a melhorar este artigo, integrando ao corpo do texto os itens relevantes e removendo os supérfluos ou impróprios (desde dezembro de 2009).
  • o ator das "pegadinhas" carlinhos aguiar iria fazer uma participacao do programa interpretando ele mesmo, mas durante esse tempo, carlinhos estava bastaste ocupado atuando como ator nas Pegadinhas do Programa Silvio Santos que fazia bastante sucesso na epoca, e faz ate hoje nos quadros do Silvio Santos.
    • Parte do elenco da Escolinha já fez várias participações no programa Show do Tom.
  • Dois personagens vieram da Escolinha do Barulho: Eugênio e Cândido Manso.
  • O diretor Valdemyr Fernandes dirigiu anteriormente no SBT outro humorístico, Dedé e o Comando Maluco.
  • Anteriormente, a personagem Madalena seria interpretada pela ex-malandrinha Vivi Fernandes, mas o papel acabou ficando com Deborah Ascenção.
  • O personagem Ranulpho Pereira é interpretado por Orival Pessini, que há alguns anos faz o popular Fofão, Juvenal, Patropi, Sócrates, Clô, Hitler e Frank.
  • Os nomes das alunas Sandra, Rosa e Madalena foram baseados na canção homônima de Sidney Magal.
  • Cláudio Longo foi um dos autores contratados para formatar o programa e dar vida aos personagens.
  • O ator Márcio Ribeiro, que interpretava o personagem Hugo, já participou do extinto programa Câmera Café, no SBT.
  • A emissora demitiu nas últimas semanas os atores Iran Lima e Miclei D'Queiroz, que interpretavam Cândido Manso e Eloy Motoboy, respectivamente. A justificativa dada foi que os personagens não emplacaram junto ao público.
  • As garotas Sandra, Rosa e Madalena foram as que mais sofreram alterações desde o início da Escolinha. A princípio, elas usavam perucas e uniformes colegiais. Após as mudanças, o trio já possuía um bordão, não utilizaram mais perucas e usavam vestidos ao invés de uniformes. Além disso, a atriz Camila Silva, que interpretava Sandra, foi demitida devido às constantes faltas nas gravações do programa[carece de fontes?], sendo substituída por Rosana Di Trajano.
  • No início, o telão onde é escrito os textos e as perguntas da personagem Elvira Alfacinha era totalmente preto. Atualmente, ele tem um fundo amarelo e com linhas, semelhante a um caderno.
  • Ao lado do mapa há um mural com as fotos dos alunos e das participações especiais do programa.
  • O ator Claudio Campos, que interpretava MC Choppão foi dispensado da Escolinha; o motivo era que o personagen era voltado para as crianças, e a atração mudará o horário para mais tarde e quer um público mais adulto.
  • Desde o dia 30 de outubro de 2009, o programa muda de dia e horário por causa da novela Isa TKM. Foi transferido para as sextas, depois do Vídeo News.
  • Nessa nova fase, mudou o estúdio e a abertura.
  • A partir do dia 17 de janeiro o programa passa a ser exibido as 12h.
  • O último programa foi ao ar dia 2 de maio de 2010.
  • O funkeiro MC Choppão em todos os episódios fazia o grito : "Who's bad?" em referência a música Bad, de Michael Jackson.
  • As risadas que foram usadas no programa, foram retiradas do programa Chaves, na dublagem extinta MAGA, no lote de 1992, nos estúdios da Marshmallow.
  • A partir de 5 de setembro de 2016,o canal pago TBS Brasil passa a reexibir [2]

Equipe TécnicaEditar

DireçãoEditar

ProdutoresEditar

  • Eduardo Accioly
  • Júlia Cury
  • Lígia Cilli
  • Thalita Felisardo
  • Rodrigo Alves

Produção de ElencoEditar

  • Delvair Thomazelli

AutoresEditar

  • Adib Salomão
  • Cláudio Longo
  • Mestre José Sampaio
  • Papa Camargo
  • Pedro Faria
  • Teresa Juliano
  • Paulo Fernando Mello

Direção de Criação e Texto FinalEditar

  • Marcos Resende

Pós-ProduçãoEditar

  • Alexandre Freitas
  • Fábio Gabanelli
  • Júlio de Souza
  • Róbson

Referências

Ligações externasEditar