Abrir menu principal
Clássico Universitário
Universidad Católica vs. Universidad de Chile
Clasicouniversitario.jpg
Universidad Católica 72 vitória(s), 315 gol(s)
Universidad de Chile 92 vitória(s), 350 gol(s)
Empates 71
Total de jogos 235
Total de gols 665
editar

O Clássico Universitário (em espanhol, Clásico Universitario) é um dos confrontos mais importantes do futebol chileno. Nele se enfrentam as equipes da Universidad Católica e da Universidad de Chile. Este clássico foi reconhecido pela FIFA como "o mais tradicional do Chile". É, também, o confronto mais antigo entre clubes de estirpe acadêmica.[1] Sua origem remonta a dois embates ocorridos em 1909, figurando as equipes amadoras das duas casas estudantis.

No que se refere aos resultados produzidos em campo, a Universidad de Chile possui uma maior quantidade de partidas ganhas. No entanto, em 20 encontros decisivos que os dois clubes protagonizaram até 2013, tanto por disputas nacionais quanto internacionais, a Católica venceu 14 vezes e la U seis. Em jogos da Taça Libertadores, também se registra um domínio cruzado sobre os azuis.[2]

Índice

HistóriaEditar

O primeiro Clássico Universitário oficial, isto é, depois da fundação dos dois clubes atuais, U. de Chile em 1927 e U. Católica em 1937, foi disputado em 13 de junho de 1937,[3] no campo do Estádio Militar, válido pela Serie B daquele ano. Outrossim, há os citados precedentes de 1909, quando as seleções universitárias das duas casas estudantis se enfrentaram em duas ocasiões. Em 1 de novembro, as duas equipes empataram em 3 a 3, no campo do Carmen Cricket Club. No dia 14 de novembro do mesmo ano, voltaram a se enfrentar, ganhando dessa vez a Universidad Católica por 4 a 1.[4]

Antes da fundação dos dois clubes esportivos, e com a consolidação da prática do futebol em ambas instituições, os enfrentamentos entre equipes formadas pelas duas casas estudantis continuaram ocorrendo ao longo das décadas de 1920 e 1930, em que pese o fato de que no ano de 1930 as federações esportivas das duas universidades se uniram para criar o Club Universitario de Deportes, entidade que agrupou os futebolistas ligados às duas principais universidades do país naquela época, e que esteve ativa até 1936.

Os dois clubes na primeira divisãoEditar

Depois da entrada da Universidad Católica na primeira divisão chilena em 1939, um ano depois de a Universidad de Chile tê-lo feito, os dois clubes se enfrentaram pela chamada Serie de Honor, em 2 de julho daquele ano, com triunfo de la U por 2 a 0.[5] Desde essa data até o primeiro descenso da UC, em 1955, persistiu uma igualdade quase total entre os dois arquirrivais. Em 36 partidas pelo Campeonato Chileno, a UC se impôs em 15 e la U em outras 15, com as seis partidas restantes terminando empatadas.

Depois da volta do conjunto cruzado à primeira divisão, começaria uma das épocas de mais acirrada rivalidade entre as universidades, que incluiu as decisões dos títulos de 1961, com vitória da UC por 3 a 2,[6] e de 1962, com vitória dos azuis por 5 a 3.[7]

Ainda que a Universidad de Chile tenha começado a abrir vantagem nos confrontos diretos durante a década de 1960, a vantagem conseguida ainda era pequena. Foi nos anos 1970 - época em que a UC teve um período de dois anos na segunda divisão - que os azuis lograram ampliar uma grande vantagem sobre seu arquirrival, o que incluiu um longo tabu entre 1971 e 1981, ainda que por campeonatos da primeira divisão os azuis estivessem sem perder para os cruzados até 1984.

Durante a década de 1990 e depois da volta da Universidad de Chile à primeira divisão (jogou a segunda divisão em 1989), a rivalidade foi reavivada, com destaque para o ano de 1994,[8] quando ambos os clubes lutaram palmo a palmo pelo campeonato, que finalizou com o quadro laico prevalecendo com vantagem de 1 ponto. A destacar, os clássicos jogados em tal campeonato: no primeiro turno, a Católica conseguiu a façanha de ganhar o clássico com dois jogadores a menos, pelo placar de 1 a 0, graças a uma cabeçada de Sergio Vázquez, depois de uma falta batida por Gorosito, enquanto que no segundo turno, em partida apitada por Carlos Robles, la U triunfou pelo mesmo placar com um gol de Marcelo Salas, contra uma Católica reduzida a 10 jogadores, depois da expulsão de Gorosito. Entre 1990 e 1999, as duas equipes jogaram 37 vezes, com 14 vitórias cruzadas, 14 empates e 9 vitórias azuis.

Desde o ano 2000, os dois rivais já disputaram o clássico por quase 50 ocasiões com retrospecto bastante equilibrado.[9][10][11] Destacam-se as duas finais entre os dois rivais, com vitória cruzada no Torneo de Clausura de 2005,[12] e azul no Torneo de Apertura de 2011.[13] Existiram bastantes duelos pessoais na história dos Clássicos Universitários. Os mais marcantes foram na década de 1960 protagonizados por Rubén Marcos (U) e Néstor Isella (UC), e na década de 1990 entre Alberto Acosta (UC) e Luis Musrri (U).

EstatísticasEditar

Atualizadas em 14 de abril de 2019

Competição PJ Vit UC Emp Vit U Gols UC Gols U
Campeonato Nacional 131 35 45 51[14] 172 198
Torneo de Apertura 21 7 6 8 29 32
Torneo de Clausura 21 9 6 6 24 23
Torneo Metropolitano 6 1 1 4 8 10
Torneo de Transición 2 1 0 1 3 1
Liguilla Pre-Libertadores 7 3 3 1 12 8
Subtotal da Primeira Divisão 188 56 61 71 248 274
Copa Chile 9 3 1 5 16 17
Copa Polla Gol 15 5 3 7 19 25
Copa Digeder 2 0 1 1 1 2
Copa República 2 1 0 1 2 2
Supercopa do Chile 1 1 0 0 2 1
Subtotal de copas nacionais 29 10 5 14 40 47
Campeonato de Apertura 4 1 0 3 8 11
Série B Profissional 1 0 0 1 1 2
Subtotal de competições extintas 5 1 0 4 9 13
Copa Libertadores 11 4 5 2 16 14
Copa Sul-Americana 2 1 0 1 2 2
Subtotal de copas internacionais 13 5 5 3 18 16
Total Oficial 235 72 71 92 315 350
PJ: partidas jogadas
Vit UC: vitórias da Universidad Católica
Vit U: vitórias da Universidad de Chile
Emp: empates
Gols UC: gols da Universidad Católica
Gols U: gols da Universidad de Chile

Maiores goleadasEditar

Universidad CatólicaEditar

Data Resultado Competição
24.07.1949 U. Católica 4-1 U. de Chile Campeonato Chileno
25.11.1953 U. de Chile 0-4 U. Católica Campeonato Chileno
24.11.1954 U. Católica 5-0 U. de Chile Campeonato Chileno
10.05.1970 U. de Chile 1-4 U. Católica Torneo Metropolitano
15.08.1991 U. de Chile 2-5 U. Católica Campeonato Chileno
12.04.1995 U. Católica 4-1 U. de Chile Copa Libertadores
03.11.1996 U. de Chile 2-5 U. Católica Campeonato Chileno
05.12.1996 U. Católica 5-2 U. de Chile Liguilla Pre-Libertadores
14.04.2019 U. Católica 4-0 U. de Chile Campeonato Chileno

Universidad de ChileEditar

Data Resultado Competição
15.08.1945 U. de Chile 4-1 U. Católica Campeonato Chileno
19.11.1947 U. de Chile 4-0 U. Católica Campeonato Chileno
29.12.1962 U. de Chile 4-1 U. Católica Campeonato Chileno
08.10.1969 U. de Chile 4-1 U. Católica Campeonato Chileno
23.08.1972 U. de Chile 4-0 U. Católica Campeonato Chileno
21.05.1974 U. de Chile 4-1 U. Católica Copa Chile
23.08.1985 U. de Chile 4-1 U. Católica Copa Chile
10.02.1995 U. de Chile 4-1 U. Católica Copa Libertadores
12.06.2011 U. Católica 1-4 U. de Chile Torneo de Apertura
  • Nota: incluídas apenas partidas em que a equipe ganhadora tenha marcado pelo menos 4 gols e logrado uma diferença de três com relação ao rival.

Últimas 10 partidas oficiaisEditar

Temporada Resultado Data Estádio
Torneo de Clausura 2015-16 U. Católica 2-1 U. de Chile 23.04.2016 San Carlos de Apoquindo, Santiago
Torneo de Apertura 2016-17 U. de Chile 0-3 U. Católica 27.08.2016 Nacional, Santiago
Supercopa do Chile U. Católica 2-1 U. de Chile 15.09.2016 Estádio Municipal de Concepción, Concepción
Copa Chile de 2016 U. Católica 2-0 U. de Chile 19.10.2016 San Carlos de Apoquindo, Santiago
Copa Chile de 2016 U. de Chile 3-3 U. Católica 24.10.2016 Nacional, Santiago
Torneo de Clausura 2016-17 U. Católica 3-1 U. de Chile 29.04.2017 San Carlos de Apoquindo, Santiago
Torneo de Transición 2017 U. de Chile 1-0 U. Católica 29.10.2017 Nacional, Santiago
Campeonato Chileno de Futebol de 2018 U. Católica 1-1 U. de Chile 13.05.2018 San Carlos de Apoquindo, Santiago
Campeonato Chileno de Futebol de 2018 U. de Chile 2-0 U. Católica 28.10.2018 Nacional, Santiago
Campeonato Chileno de 2019 U. Católica 4-0 U. de Chile 14.04.2019 San Carlos de Apoquindo, Santiago

Dados do clássicoEditar

  • Goleador máximo do Clássico Universitário: Carlos Campos (U), 14 gols;[15]
  • Jogador com mais confrontos disputados: Mario Lepe (UC), 35 partidos;[16]
  • Jogador com mais confrontos disputados por torneios nacionais: Sergio Livingstone (UC), 32 partidas;
  • Goleador máximo em edições do clássico consecutivas: Milovan Mirosevic (UC), 6 gols em 5 partidas;[17]
  • Maior goleada conseguida pela Universidad Católica em partidas oficiais: 5-0 em 1954, pelo Campeonato Nacional, a qual também é a maior goleada em um Clássico Universitário;[18]
  • Maior goleada conseguida pela Universidad de Chile em partidas oficiais: 4-0 em 1947 e 1972;
  • Maior tabu da Universidad de Chile em partidas oficiais: 20 partidas sem perder, entre 1971 e 1980;
  • Maior tabu da Universidad Católica em partidas oficiais: 8 partidas sem perder, entre 1996 e 1998;
  • Maior sequência de empates no clássico: 6 partidas, entre 1964 e 1966;
  • Maior sequência de vitórias da Universidad de Chile: 5 partidas, entre 1968 e 1969;
  • Maior sequência de vitórias da Universidad Católica: 4 partidas, em 1991 e em 2016;
  • Maior assistência ao clássico: 85.262 espectadores (em 29 de dezembro de 1962, recorde de público no Estádio Nacional).

Confrontos decisivos entre Universidad Católica e Universidad de ChileEditar

Como, ao longo da história, os grandes clubes chilenos pouco se encontraram em finais de campeonato (somente em desempates de torneios longos ou nos campeonatos atuais com playoffs) e em finais de Copa Chile ou da Supercopa, valorizaram-se as também poucas disputas diretas entre tais clubes nas várias instâncias eliminatórias das diferentes competições (nacionais e internacionais) que têm vindo a disputar. O caso da rivalidade universitária é composto de 20 enfrentamentos eliminatórios divididos entre finais, semifinais, quartas de final, jogos-desempate pela Taça Libertadores, etc. No cômputo geral, são normalmente consideradas pela imprensa chilena somente partidas em eliminação direta ou decisões, em ida e volta ou partida única. Os clássicos disputados nas fases regulares do campeonato nacional, da Copa Chile, da Supercopa ou da Copa Libertadores, obviamente, não são incluídos já que não são propriamente decisivos e têm o mesmo valor que as demais partidas disputadas contra as outras equipes envolvidas nos mesmos torneios.

Clube Vitórias Derrotas
Universidad Católica 14 6
Universidad de Chile 6 14

O Combinado UniversitárioEditar

Curiosamente, a partir do ano de 1939 foi formada uma equipe que incluía jogadores de ambas as esquadras com a finalidade de disputar torneios amistosos internacionais tão comuns naqueles anos. Esta equipe ficou comumente conhecida, em espanhol, como Combinado Universitario. Entre outros fatores, para tal concorreram as boas relações existentes entre os jogadores de ambas as instituições, a obtenção de grandes arrecadações e a possibilidade de enfrentar, de melhor maneira, os jogos-desafio frente às equipes estrangeiras que chegavam verão após verão ao Chile.

A camisa do Combinado Universitário incluía o escudo de ambos os clubes, como por exemplo no Quadrangular Internacional, disputado em Santiago do Chile, no ano de 1948. Em uma dessas partidas, os universitários derrotaram o Flamengo.

O último jogo disputado foi contra o Colo-Colo, no dia 13 de outubro de 1974, com vitória universitária por 3 a 2.

No total, o Combinado Universitário disputou 44 partidas, nas quais se impôs em 21, empatou em 6, e foi derrotado nas 16 restantes.

UniformeEditar

Camisa vermelha com os escudos da Universidad Católica e da Universidad de Chile, calção azul e meias brancas.

Ver tambémEditar

Referências

  1. [1] Por el orgullo universitario - es.fifa.com. Página visitada em 28 de outubro de 2016.
  2. [2] La paternidad cruzada ante azules en la Copa Libertadores - latercera.com. Página visitada em 11 de julho de 2011.
  3. «Cópia arquivada». Consultado em 25 de julho de 2011. Arquivado do original em 24 de dezembro de 2010 
  4. «Cópia arquivada». Consultado em 25 de julho de 2011. Arquivado do original em 24 de dezembro de 2010 
  5. http://www.rsssf.com/tablesc/chile39.html
  6. http://www.rsssf.com/tablesc/chile61.html
  7. http://www.rsssf.com/tablesc/chile62.html
  8. http://www.rsssf.com/tablesc/chile94.html
  9. http://www.rsssf.com/tablesc/chilechamp.html
  10. http://www.rsssf.com/sacups/copa2010.html
  11. http://www.rsssf.com/sacups/sudamcup05.html
  12. http://www.rsssf.com/tablesc/chile05.html
  13. http://www.rsssf.com/tablesc/chile05.html
  14. Está incluso o encontro de 22 de novembro de 1942 que terminou com o resultado de 1 a 1, mas que teve vitória atribuída oficialmente à Universidad de Chile, pela inscrição irregular de Fernando Riera.
  15. «Cópia arquivada». Consultado em 25 de julho de 2011. Arquivado do original em 24 de dezembro de 2010 
  16. «Cópia arquivada». Consultado em 25 de julho de 2011. Arquivado do original em 24 de dezembro de 2010 
  17. [3] Mirosevic ya sumó un récord ante Universidad de Chile - latercera.com. Página visitada em 16 de julho de 2011;
  18. «Cópia arquivada». Consultado em 25 de julho de 2011. Arquivado do original em 24 de dezembro de 2010