Abrir menu principal
Rheinische Friedrich-Wilhelms-Universität Bonn
Prédio príncipal no centro de Bonn, visto do Hofgarten
Fundação 18 de outubro de 1818 (200 anos)
Tipo de instituição pública
Localização Bonn, Alemanha
Presidente Michael Hoch [1]
Docentes 540 (2018)
Total de estudantes 38 043 (2019)
Campus Bonn, Poppelsdorf, Bonn-Castell, Endenich
Afiliações German U15 e.V.
Orçamento anual ~ 625,4 Mio. Euros
Página oficial www.uni-bonn.de

A Universidade de Bonn (pt-BR) ou Bona (pt) (em alemão: Rheinische Friedrich-Wilhelms-Universität Bonn) foi fundada em 18 de Outubro de 1818, pelo então rei da Prússia Frederico Guilherme III, que governou a Renânia, que fazia parte da Prússia desde 1815.

HistóriaEditar

A instituição precursora da universidade foi a Kurkölnische Akademie Bonn (Academia do Príncipe-eleitor de Bonn), fundada em 1777 por Maximilian Friedrich de Königsegg-Rothenfels, o príncipe-eleitor de Colônia[2]. Influenciada pelo Iluminismo, a nova academia era não-sectária e laica e possuía inicialmente as faculdades de Teologia, Direito, Farmácia e Estudos Gerais. Em 1784 o imperador José II outorga à academia o direito de conferir graus acadêmicos (licentia doctorandi e philosophiae doctor), transformando a academia em universidade. A academia foi fechada em 1798, após a margem esquerda do rio Reno ter sido ocupada pela França durante a Revolução Francesa[2].

A região do Reno tornou-se parte da Prússia em 1815, como resultado do Congresso de Viena. Após a divisão da região do Reno, em 5 de Abril de 1815, o rei da Prússia Frederico Guilherme III prometeu estabelecer uma nova universidade na província Renânia, pois devido à ocupação francesa as três universidades até então existentes, foram fechadas até o fim do século XVIII. Trata-se da Kurkölnische Akademie Bonn, da Universidade romano-católica de Colônia (atualmente a Universidade de Colônia) e da Universidade Protestante de Duisburg (atualmente a Universidade Duisburg-Essen)[2].

A nova Rhein-Universität (Universidade do Reno) foi então fundada em 18 de Outubro de 1818, pelo rei da Prússia Frederico Guilherme III. Ela foi a sexta universidade da Prússia a ser fundada, estabelecida após as universidades de Greifswald, Berlin, Königsberg, Halle e Breslau. A Universidade do Reno foi igualmente partilhada entre as denominações cristãs, criando-se as faculdades de Teologia Católica e Protestante. Essa foi uma das razões de Bonn, com sua tradição não-sectária e laica, ser escolhida em detrimento de Colônia e Duisburg[2]. Além das faculdades de Teologia Romano-Católica e Protestante, a universidade restabeleceu as faculdades de Medicina, Direito e Filosofia. Inicialmente 35 professores titulares e 8 professores adjuntos ensinaram em Bonn[2].

FaculdadesEditar

A universidade tem as seguintes faculdades[2]:

  • Faculdade de Teologia Católica
  • Faculdade de Teologia Protestante (Teologia Evangélica)
  • Faculdade de Direito e Economia
  • Faculdade de Medicina
  • Faculdade de Filosofia
  • Faculdade de Matemática e Ciências Exatas (ou Naturais)
  • Faculdade de Agricultura

Ademais, há determinados institutos e seminários que são agregados às Faculdades acima apontadas[2]:

  • Instituto de Geologia (Institut für Geologie)
  • Instituto de Paleontologia (Institut für Paläontologie)
  • Instituto de Química (Chemisches Institut)
  • Instituto de Física (Physikalisches Institut)
  • Instituto de Direito Privado Internacional (Institut für Internationales Privatrecht)
  • Instituto de Engenharia Agrícola (Institut für Landtechnik)
  • Seminário de Filosofia (Philosophisches Seminar)
  • Seminário de Língua e Literatura Alemã (Germanistisches Seminar)
  • Seminário de História Antiga (Seminar für Alte Geschichte)
  • Seminário de Egiptologia (Ägyptologisches Seminar)

A universidade não possui um campus universitário central, suas várias faculdades e institutos estão espalhados pela cidade. No prédio principal no centro localizam-se a Faculdade de Direito e Economia, de Teologia e de Filosofia. A maioria das Ciências Exatas encontram-se em Poppelsdorf, bem como o Jardim Botânico da universidade. Em Bonn-Castell encontram-se o instituto de Psicologia e o de Informática.

A maior faculdade da universidade é a de Filosofia com 9.512 estudantes, a qual possui onze institutos, 3 museus e os seguintes Centros de Pesquisa Interdisciplinar[3]:

  • Centro para Avaliação e Métodos (ZEM)
  • Centro Asiático Bonnense (BAZ)
  • Centro para Culturas Antigas (ZAK)
  • Centro Internacional para Filosofia da Renânia do Norte-Westfália (IZPH)
  • Centro para os Fundamentos e Atualidade Histórica (ZHGG)
  • Centro para Tradição Clássica (CCT)
  • Centro de Idade Média de Bonn (BMZ)
  • Centro para Ciência da Cultura/ Estudos Culturais (ZfKW)
  • Centro de Narratologia Transcultural (BZTN)

RankingEditar

A Universidade de Bonn está classificada na 3ª posição entre as universidades alemãs, segundo o CSIC-Consejo Superior de Investigaciones Científicas da Espanha. No Ranking Mundial, organizado pela Universidade Shanghai Jiaotong na China, atinge o 6º lugar.

Em âmbito nacional é considerada uma das melhores universidades alemãs, segundo a revista Focus Magazin.[4] A Fundação Alexander von Humboldt coloca a Universidade de Bonn em 5º lugar em ciências humanas e sociais, em 6º lugar em biomédicas e em 7º lugar em ciências exatas.

PersonalidadesEditar

Muitos cientistas, professores e estudantes famosos pesquisaram, lecionaram ou estudaram na Universidade de Bonn. Os mais notórios cientistas e professores, entre eles sete receberam o Prêmio Nobel e dois a Medalha Fields, foram:

Ganhadores do Prêmio Nobel
Cientistas, professores e alunos famosos

Referências

  1. https://www.uni-bonn.de/einrichtungen/rektorat/1_rektor/Rektor
  2. a b c d e f g «Universitätsgeschichte — Universität Bonn». www3.uni-bonn.de. Consultado em 22 de novembro de 2014 
  3. www3.uni-bonn.de Apresentação da Faculdade de Filosofia http://www.philfak.uni-bonn.de/ Apresentação da Faculdade de Filosofia Verifique valor |url= (ajuda). Consultado em 03 de março de 2015  Verifique data em: |acessodata= (ajuda); Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  4. «UNI-RANKING: DIE BESTEN UNIVERSITÄTEN - Natur - FOCUS Online - Nachrichten». www.focus.de. Consultado em 22 de novembro de 2014 

Ligações externasEditar

 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Universidade de Bonn