Vitorino Silva

político português
Disambig grey.svg Nota: Este artigo é sobre o político português. Para o cantor brasileiro, veja Victorino Silva.

Vitorino Francisco da Rocha e Silva, popularmente conhecido como Tino de Rans (Penafiel, Rans, 19 de abril de 1971) é um calceteiro, personalidade televisiva e antigo autarca português.

Vitorino Silva
Tino de Rans
Líder do RIR
Período 30 de maio de 2019
até ao presente
Presidente da Junta de Freguesia
de Rans
Período 1994–2002
Dados pessoais
Nome completo Vitorino Francisco da Rocha e Silva
Nascimento 19 de abril de 1971 (50 anos)
Rans, Penafiel, Portugal
Partido PS (1993-2009)

Independente (2009-2019)

RIR (2019-atualmente)

Religião Catolicismo romano
Profissão Calceteiro, político

Foi candidato à Presidência da República Portuguesa nas eleições presidenciais de 2016, tendo obtido o sexto lugar, com 3,28% dos votos. [1]

Foi novamente candidato à Presidência da República Portuguesa nas eleições presidenciais de 2021, tendo obtido o sétimo e último lugar, com 2,94% dos votos.[2]

CarreiraEditar

Em 1993, Vitorino Silva foi eleito nas listas do PS para Presidente da Junta de Freguesia de Rans (município de Penafiel), sua terra natal. Nas eleições autárquicas de 1997 foi reeleito para o cargo.

Vitorino Silva tornou-se conhecido a nível nacional em fevereiro de 1999, quando durante o 11º Congresso do PS fez um acalorado discurso que terminou com um abraço a António Guterres.[3] Na sequência daquele episódio tornou-se numa figura mediática e no ano seguinte publicou um livro autobiográfico, prefaciado pelo Bispo D. Manuel Martins.[4]

Em 2001 lançou o disco "Tinomania" que contém o sucesso "Pão, Pão Fiambre, Fiambre". O disco foi apresentado no Pavilhão de Feiras e Exposições em Penafiel e Tino participou no programa de entretenimento da SIC Noites Marcianas[3] e em 2005 no reality-show da TVI Quinta das Celebridades.

Desfiliou-se do PS e nas eleições autárquicas de 2009 concorreu como independente à Presidência da Câmara Municipal de Valongo, o município onde já residia desde meados da década de 1990.[5][6] A sua lista obteve 4,96% dos votos, pelo que Tino de Rans não conseguiu ser eleito como vereador.[7] Em 2013 regressou à televisão, participando no reality-show Big Brother VIP, exibido pela TVI.

Formalizou a sua candidatura à Presidência da República para as eleições presidenciais de 2016 em 23 de dezembro de 2015,[8][9] tendo conseguido 152 mil votos, 3,28% dos eleitores votantes.[10]

Vitorino Silva concorreu à Câmara Municipal de Penafiel nas eleições autárquicas de 2017 pelo movimento "Penafiel é Top". Conseguindo apenas 6,22% dos votos (2.808).

Vitorino Silva entregou em 4 de fevereiro de 2019 no Tribunal Constitucional cerca de onze mil assinaturas para formalizar o partido RIR - Reagir, Incluir, Reciclar. Em 30 de Maio de 2019, O Tribunal Constitucional considerou verificada a legalidade da constituição e decide deferir o pedido de inscrição, no registo próprio existente no tribunal do partido político. A oficialização do partido foi requerida por 10.688 cidadãos eleitores, mas foram validadas as subscrições de 7.613 cidadãos eleitores. Não foi eleito nas eleições de 6 de outubro de 2019 mas o partido teve votos em 275 dos 308 concelhos do país.[11]

Vitorino concorreu às eleições presidenciais de 2021, tendo recebido muito mais mediatismo do que nos anos anteriores. Marcou presença em debates contra todos os outros concorrentes. Ganhou notoriedade pelo debate que teve com o candidato de extrema-direita André Ventura ao, no final do debate entregar-lhe seixos apanhados do mar e fazendo uma comparação. Vitorino Silva comparou os seixos de todas as cores aos multiculturalismo histórico que se vive em Portugal, dizendo que “como o mar traz pedras de todas as cores, Portugal também tem portugueses de todas as cores” e que se fosse eleito “seria presidente de todos os portugueses”, frase que fez ecoar ao longo da sua campanha, ao contrário do seu rival que pretende segregar a população.


Em março de 2021 começou a fazer livestreams na plataforma Twitch, patrocinado pela marca de gaming Razer. Foi elogiado pelo CEO da Razer, Min-Liang Tan, que afirmou que Vitorino era “um candidato presencial como bom gosto em videojogos”. [12][13]

TelevisãoEditar

Ano Canal Programa Funções
2005 TVI Quinta das Celebridades Concorrente
2011 RTP Último a Sair Ele Próprio
2013 TVI Big Brother VIP Concorrente

Referências

  1. «Presidenciais 2016 - Resultados». Ministério da Administração Interna. 24 de janeiro de 2016. Consultado em 25 de janeiro de 2021 
  2. «Presidenciais 2021 - Resultados». Ministério da Administração Interna. 24 de janeiro de 2021. Consultado em 25 de janeiro de 2021 
  3. a b «Tino de Rans quer voltar à tribuna». TSF. 4 de maio de 2001. Consultado em 10 de janeiro de 2016. Cópia arquivada em 3 de fevereiro de 2016 
  4. «Tino de Rans lança livro». TSF. 30 de setembro de 2000. Consultado em 10 de janeiro de 2016. Cópia arquivada em 3 de fevereiro de 2016 
  5. Pereira, Catarina (11 de março de 2009). «Tino de Rans e as autárquicas: «Sim, sou candidato»». TVI24. Consultado em 14 de janeiro de 2016. Cópia arquivada em 28 de janeiro de 2016 
  6. «Tino de Rans quer presidir à Câmara de Valongo». Público. 21 de março de 2009. Consultado em 14 de janeiro de 2016. Cópia arquivada em 18 de janeiro de 2021 
  7. «Autarquicas - 11/10/2009 — Informação Detalhada - Distrito: PORTO e Distrito: PORTO / Conc: VALONGO». Comissão Nacional de Eleições. Consultado em 14 de janeiro de 2016. Cópia arquivada em 28 de janeiro de 2016 
  8. «Mais de oito mil querem ver Tino de Rans em Belém». Jornal de Notícias. 23 de dezembro de 2015. Consultado em 10 de janeiro de 2016. Cópia arquivada em 23 de dezembro de 2015 
  9. «Tino de Rans formaliza candidatura para "devolver alegria ao povo"». Correio da Manhã. 23 de dezembro de 2015. Consultado em 10 de janeiro de 2016. Cópia arquivada em 1 de fevereiro de 2016 
  10. «Vitorino Silva, a surpresa que veio de Rans». Cópia arquivada em 26 de janeiro de 2016 
  11. «Cópia arquivada». Consultado em 18 de janeiro de 2021. Cópia arquivada em 10 de outubro de 2019 
  12. «Tino de Rans chegou à Twitch: fã da Razer revela que jogos prefere». 4gnews. Consultado em 22 de março de 2021 
  13. «Twitch». Twitch. Consultado em 22 de março de 2021