Vultee XA-41

O Vultee XA-41 foi originalmente encomendado como um caça-bombardeiro. Após a experiência em combate, o Corpo Aéreo do Exército dos Estados Unidos acreditava que tais aeronaves eram muito vulneráveis a caças inimigos, decidindo então emendar o contrato para alterar a missão para um bombardeiro. Apesar do XA-41 ter um potente sistema de armas, o projeto foi ultrapassado por tecnologias mais modernas, não chegando a produção em série.

XA-41
Vultee XA-41 durante os testes da USAF (foto da USAF)
Descrição
Tipo / Missão Bombardeiro
País de origem  Estados Unidos
Fabricante Vultee Aircraft
Primeiro voo em 11 de fevereiro de 1944 (78 anos)
Aposentado em 1950
Tripulação 1
Especificações
Dimensões
Comprimento 14,83 m (48,7 ft)
Envergadura 16 m (52,5 ft)
Altura 4,24 m (13,9 ft)
Área das asas 50  (538 ft²)
Alongamento 5.1
Peso(s)
Peso vazio 6 049 kg (13 300 lb)
Peso carregado 8 478 kg (18 700 lb)
Peso máx. de decolagem 10 971 kg (24 200 lb)
Propulsão
Motor(es) 1x Pratt & Whitney R-4360-9 Wasp Major
Potência (por motor) 3 000 hp (2 240 kW)
Performance
Velocidade máxima 584 km/h (315 kn)
Velocidade de cruzeiro 476 km/h (257 kn)
Alcance bélico 1 300 km (808 mi)
Alcance (MTOW) 4 800 km (2 980 mi)
Teto máximo 8 900 m (29 200 ft)
Razão de subida 15 m/s
Armamentos
Metralhadoras / Canhões 2x metralhadoras Browning M2
4x canhões de 37 mm (proposto)
Foguetes 8 a 12
Bombas 2 900 kg (6 390 lb)
Notas
Fonte: Jane's all the World's Aircraft 1947[1]

Projeto e desenvolvimentoEditar

A equipe da Vultee Aircraft decidiu logo no começo do processo a construir o XA-41 (modelo da Vultee "90") em torno do motor Pratt & Whitney R-4360 de 3 000 hp (2 240 kW), um motor radial com 28 cilindros em quatro linhas. A grande asa do modelo 90 relembrava à do Vultee Model 72 - um caça-bombardeiro de dois assentos melhor conhecido como Vultee Vengeance (A-31/A-35) - incluindo um bordo de ataque reto, um bordo de fuga afunilando-se para frente e um diedro pronunciado nos painéis mais externos da asa.

Projetado para carregar grandes quantidades de carga tanto interna como externamente, o XA-41 era grande para uma aeronave monomotora. A cabine de pilotagem com um assento era alinhada com a raiz da asa, ficando a 4,6 m do chão quando o avião estava estacionado.

Pelo fato das prioridades operacionais terem sido alteradas durante a fase de seu desenvolvimento, o pedido original de dois protótipos do XA-41 foi cancelado, apesar da USAAF ter pressionado pela conclusão de um protótipo, utilizando-o como teste do motor R-4360 (o mesmo motor utilizado no Boeing B-50 Superfortress).

Histórico operacionalEditar

Realizando seu primeiro voo em 11 de fevereiro de 1944, o único XA-41 (N/S 43-35124) provou ter um bom desempenho, atingindo uma velocidade máxima de 354 mph (570 km/h) e "manobrabilidade esplêndida, capaz de superar um P-51B Mustang".[2] Entretanto, com a redução nos pedidos militares devido à aproximação do fim da Segunda Guerra Mundial, não foi realizado nenhum contrato de produção, com a aeronave sendo utilizada para testes de motores pela USAAF, além de ser avaliada pela Marinha dos Estados Unidos em comparação com outras aeronaves de ataque contemporâneas, especialmente o Douglas A-1 Skyraider e o Martin AM Mauler. Após os testes da marinha, o XA-41, utilizando a matrícula civil NX60373N, foi consignada para a divisão Pratt & Whitney da United Aircraft para continuar os testes de motores. Estes continuaram até 1950, antes do XA-41 ser sucateado.

ReferênciasEditar

Notas
  1. Bridgman 1947, p. 205c–206c
  2. Thompson 1992, p. 119.
Bibliografia
  • Bridgman, Leonard (1947). Jane's all the World's Aircraft 1947. Londres: Sampson Low, Marston & Co. p. 205c-206c 
  • McCullough, Anson (Agosto de 1995). «Grind 'Em Out Ground Attack: The Search for the Elusive Fighter Bomber». Wings. 25 (4) 
  • Thompson, Jonathan (1992). Vultee Aircraft 1932–1947. Santa Ana, California: Narkiewicz/Thompson. ISBN 0-913322-02-4 

Ligações externasEditar

 
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Vultee XA-41