Abrir menu principal
Wanderson Nogueira
Deputado Estadual do Rio de Janeiro
Período 1º de fevereiro de 2015
até 31 de janeiro de 2019
Vereador de Nova Friburgo
Período 1º de janeiro de 2013
até 31 de dezembro de 2014
Dados pessoais
Nascimento 4 de agosto de 1981 (37 anos)
Nova Friburgo, RJ
Partido PSB (2012–2015)
PSOL (desde 2015)
Profissão Jornalista

Wanderson Luiz Cunha Nogueira (Nova Friburgo, 4 de agosto de 1981) é um jornalista e político brasileiro filiado ao Partido Socialismo e Liberdade.[1] Exerceu o mandato de deputado estadual na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro. Tem como base eleitoral a Região Serrana.

Como jornalista, atuou na Rádio Nova Friburgo e na InterTV (afiliada da Rede Globo) como comentarista de esportes, e ainda é colunista diário no jornal A Voz da Serra. Também é formado professor pelo Instituto de Educação de Nova Friburgo.[2]

Em 2012 filia-se ao Partido Socialista Brasileiro visando uma vaga na Câmara Municipal de Nova Friburgo. É eleito com 976 votos (1,04% do total) e assume uma cadeira como vereador.[3]

Em 2014, se candidata ao pleito para deputado estadual do Estado do Rio de Janeiro, para o mandato 2015–2019. Foi eleito com 20.073 votos, sendo 18.605 apenas da cidade de Nova Friburgo.[4]

Em abril de 2015, em polêmica votação, foi um dos parlamentares a votar a favor da nomeação de Domingos Brazão para o Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro, nomeação esta muito criticada na época.[5]

Em abril de 2016, anuncia junto com seu amigo e conterrâneo deputado federal Glauber Braga a saída do PSB e o ingresso no Partido Socialismo e Liberdade.[1]

No dia 20 de fevereiro de 2017, votou contra privatização da CEDAE.[6][7]

Em 17 de novembro de 2017, votou pela manutenção da prisão dos deputados Jorge Picciani, Paulo Melo e Edson Albertassi, denunciados na Operação Cadeia Velha, acusados de integrar esquema criminoso que contava com a participação de agentes públicos dos poderes Executivo e do Legislativo, inclusive do Tribunal de Contas, e de grandes empresários da construção civil e do setor de transporte.[8]

Referências

  1. a b PSOL Rio de Janeiro (5 de março de 2016). «PSOL-RJ recebe filiação do deputado estadual Wanderson Nogueira e ganha reforço na ALERJ». Consultado em 3 de novembro de 2016 
  2. «Perfil de Wanderson Nogueira». Consultado em 3 de novembro de 2016 
  3. «Wanderson Nogueira 40180». eleicoes2012.info. Consultado em 3 de novembro de 2016 
  4. «Eleições 2014: Dois candidatos de Friburgo eleitos». Jornal A Voz da Serra. 6 de outubro de 2014. Consultado em 3 de novembro de 2016 
  5. Pedro Zuazo (29 de abril de 2015). «Conselheiro vapt-vupt: veja quem votou em Brazão para o TCE». Jornal Extra. Consultado em 8 de dezembro de 2016 
  6. Jornal Extra (20 de fevereiro de 2017). «Privatização da CEDAE aprovada na ALERJ». Consultado em 20 de fevereiro de 2017 
  7. G1 (20 de fevereiro de 2017). «Saiba como votou cada deputado sobre a privatização da Cedae e veja opiniões». Consultado em 18 de setembro de 2017 
  8. G1 (17 de novembro de 2017). «ALERJ revoga prisões de Jorge Picciani, Paulo Melo e Edson Albertassi». Consultado em 17 de novembro de 2017