Wikipédia:Esplanada/propostas/Predefinições de tradução feita (17abr2010)

Predefinições de tradução feita (17abr2010)

Eu detectei que existem predefs repetidas pra indicar que um artigo foi traduzido e fui até o café dos tradutores pra eles decidirem qual ficava. Ninguém respondeu e eu coloquei outra msg lá, aí apareceram users pra discutir a coisa. Só que os coments evoluíram e tô criando este tópico.

Basicamente querem a extinção destas predefs por acharem elas de pouca utilidade. Vou colocar aqui a conversa:

O texto seguinte foi movido de: Wikipedia:Café_dos_tradutores#Predefini.C3.A7.C3.B5es_repetidas

Existem 4 predefs para indicar que um artigo foi traduzido: {{Tradução de}}, {{Traduzido}}, {{Tradução integral}} e {{Página Traduzida}}. Peço que escolham uma pra ficar. Minha sugestão:

Odeio predefs emporcalhando artigos, então ela deveria estar na discussão: {{Traduzido}}. Se quiserem alguma outra função na predef peçam no WP:CP.--Lépton 20h37min de 30 de março de 2010 (UTC)

Nenhum tradutor interessado? Posso escolher a que me apraz?--Lépton msg 21h14min de 14 de abril de 2010 (UTC)
Eu só utilizo estas predefinições quando não vou terminar de traduzir um artigo (o que limita a utilidade do aviso a {{Tradução de}}), do contrário não vejo motivo para manter os avisos. Daemorris discussão 21h25min de 14 de abril de 2010 (UTC)
Aí já é uma discussão mto ampla, e deveria estar na esplanada então. Se quiser levar adiante ok, minha msg aqui era só pra acabar com a redundância msm.--Lépton msg 22h07min de 14 de abril de 2010 (UTC)
Não vejo grande utilidade em qualquer delas, mas quem as usa e as criou lá terá (ou teve e já não tem?) as suas razões. Para artigos que estão a ser traduzidos, existe {{Em tradução}}, para os que foram traduzidos, existe {{Tradução/ref}} e {{Tradução/ref2}} (que deviam ser fundidas). Podem argumentar que faz algum sentido avisar que a tradução está incompleta... Talvez, mas {{Expandir2}} (que também deve ser fundida com {{Expandir}}, já que é uma expansão desta) não serve? --Stegop (discussão) 04h17min de 15 de abril de 2010 (UTC)
Eu posso fundir {{Tradução/ref}}={{Tradução/ref2}} / {{Expandir2}}={{Expandir}} (aqui há diferenças nos parâmetros), só preciso do ok de mais pessoas. Com relação a {{Em tradução}}, eu acho ela uma predefinição de muito bom gosto (até o nosso ícone é o melhor, os da en, ja, zh e tr indicam transliteração e não tradução), pois ela cumpre seu papel, e não há quase nada a se adicionar, sem ela acho que acabaríamos tentando inventar várias maneiras de marcar artigos em tradução.
Agora vamos ver alguns números:
{{Tradução/ref2}} 29 afluentes
{{Traduzido}} 56 afluentes
{{Página Traduzida}} 56 afluentes
{{Tradução integral}} 63 afluentes
{{Tradução de}} 67 afluentes
{{Expandir2}} 14 afluentes
{{Expandir}} 206 afluentes

{{Em tradução}} 1.858 afluentes
{{Tradução/ref}} 881 afluentes
Eu acho que os números refletem a minha opinião, a não ser pela {{Tradução/ref}}, que eu realmente desconhecia, mas considero útil, afinal poucos verificam referências. Mas marcar um artigo como "traduzido" é mais ou menos como colocar um aviso de:
O que diverte a atenção, sem nenhuma utilidade. Nunca percebi ninguém gritar, "DESVIA! DESVIA! EITA! POR QUE ASFALTO?!! NÃÃÃÃO!!", já que artigos traduzidos não deveriam ser nada incomuns em qualquer ambiente wiki que adote licenças livres. Quanto a questões como artigos mal traduzidos, etc, etc, há outras predefinições exclusivamente para isto, assim como há outras placas de sinalização, muito mais úteis. Daemorris discussão 05h02min de 15 de abril de 2010 (UTC)
Dado que fui eu quem criou {{Tradução/ref2}} e {{Expandir2}}, também me ofereço para fundi-los, mas atenção que ambas teem diferenças de argumentos e não cumprem exatamente a mesma função, pelo que provavelmente é melhor haver alguma (tentativa de...) discussão prévia sobre a fusão. Aliás, no que toca à {{Tradução/ref}}, a discussão é mais ampla, pois envolve o livro de estilo; já participei numa discussão inconclusiva sobre se ela(s) deveriam estar na secção "referências", discussão essa que agora não encontro.
PS: Gostei da metáfora do asfalto!   --Stegop (discussão) 06h28min de 15 de abril de 2010 (UTC)
Melhor discutir isto na esplanada propostas, imagina quem gosta destas predefs acordar um dia e a ver apagada. Da minha parte tanto faz, eu não uso e nem vou usar estas predefs msm.--Lépton msg 13h38min de 15 de abril de 2010 (UTC)

Achei as discussões entre Daemorris, Lépton e Stegop muito interessantes e instrutivas.Isto dito, acho que algumas predefinições, como Tradução/ref e Em tradução, podem facilitar buscas quando se procura avaliar o artigo traduzido e compará-lo ao original, antes de se tomar a decisão de expandi-lo. Já as predefinições Página Traduzida e Tradução integral parecem-me menos úteis, notadamente porque mesmo os artigos de qualidade podem e devem ser melhorados, atualizados. Na realidade, a atualização permanente dos artigos é uma das forças do projeto que sustentamos. Visto assim, a predefinição Expandir me parece ter o mérito de incitar pessoas a envolverem-se neste tipo de trabalho. Por último, observei a pouca utilisação que se faz da página de discussão em tais circunstâncias. O que não ocorre nas wikis francesas, por exemplo, onde as ditas páginas dão lugar a muitos comentários e debates. Eliezer (discussão) 18h11min de 17 de abril de 2010 (UTC)

O texto acima foi movido de: Wikipedia:Café_dos_tradutores#Predefini.C3.A7.C3.B5es_repetidas

O que posso dizer é: por mim podem apagar, eu não usaria estas predefs por achar totalmente desnecessário, pra que uma predef eterna dizendo que foi traduzido se daqui a 10 anos ele pode não ter nem resquício da tradução? Basta o sumário. Isto vale tbm pra {{tradução/ref}} (que disseram ser útil) que tem a msm finalidade de indicar que o artigo foi traduzido. A doc dela diz para colocar na seção de referências, mas qual o sentido disto? O artigo da outra pédia não é a referência, elas devem estar no corpo do texto (ou na seção apropriada). Se é pra indicar de onde o texto veio, volte ao começo, basta o sumário que ficará eterno no histórico.--Lépton msg 23h11min de 17 de abril de 2010 (UTC)

Como disse acima, não vejo qq. utilidade nas restantes, mas acho úteis a {{Em tradução}}, {{Tradução/ref}} e {{Tradução/ref2}}.
O {{Em tradução}}, avisa os possíveis editores que alguém está a traduzir o artigo. É verdade que em quase todos os casos que tenho visto isso é mentira - a marca foi lá colocada por quem começou a tradução, mas não a retirou quando desistiu, frequentemente ao fim de dois ou três parágrafos. Aí, acaba por ser tão inútil como as restantes. Talvez fosse útil uma marca do tipo {{Tradução incompleta}}, para substituir {{Em tradução}} quando o tradutor desistiu d traduzir mais.
Quanto às {{Tradução/ref}}'s, o assunto dos artigos estrangeiros não serem referências foi discutido recentemente algures (lembro-me que o RJClaudio, o Darwin, e o Conhecer intervieram). Concordo que em rigor não são referências, mas na prática, quantos artigos da wp não são mais fiáveis que muitas das referências utilizadas por aí? Quantas das referências, inclusivamente fiáveis, como publicações e sites institucionais não usam a wp como fonte? Quantas dessas fontes teem, na prática um sistema de verificação de fiabilidade daquilo que publicam muito menos eficaz do que as wp's? Se já intuía isso há muito tempo, foi precisamente no decurso das minhas edições (por sinal as maiores foram traduções) que isso é um facto inegável, acontecendo-me frequentemente que, quando vou à procura de referências para um trecho mal referenciado no artigo estrangeiro, as referências com aspeto mais fiável são afinal baseadas nesse artigo.
Entre não dizer nada sobre a origem do texto e informar ao menos que é tradução de um artigo estrangeiro, a última opção parece-me muito melhor, já que, mesmo que as referências do artigo original não sejam incluídas na tradução, o leitor e futuro editor teem a hipótese de ir ao original. Mesmo que o artigo original não esteja bem referenciado, é completamente diferente ter acesso ao original e ao seu histórico do que não saber de todo qual é a origem do texto. Junte-se a isto que é muito frequente que os tradutores não incluam na tradução as referências do original, o que se "percebe", pois verificar e formatar referências dá bastante trabalho e diminui bastante a produtividade, pelas interrupções que implica na tradução, já de si um trabalho difícil complicado. Há ainda a considerar que, mesmo que as referências sejam muito boas e completas, é inevitável que nem todos os detalhes estejam referenciados e/ou o tradutor não tenha paciência para os verificar, pelo que se se informar o leitor de onde os dados veem, fica mais fácil para ele fazer essa verificação.
Pessoalmente, senti a necessidade de criar o {{Tradução/ref2}} porque geralmente uso mais do que um artigo estrangeiro para fazer as minhas edições baseadas em traduções, então achei que seria bom que pudesse distinguir as partes que vinham de uns artigos e de outros. Isso é tanto mais útil quando há dados, senão contraditórios, pelo menos incoerentes entre os artigos usados na tradução.
Quanto a no futuro o texto poder já ter pouco a ver com o artigo original, passa-se exatamente o mesmo com as outras (verdadeiras) referências. Daí que, mais uma vez, ache {{Tradução/ref2}} mais adequado, por poder identificar partes do texto em vez de todo ele, permitindo que os editores cuidadosos identifiquem as partes que já não são tradução.
Dizer que o tradutor deve trazer as referências dos artigos usados na tradução e completá-las nos casos em que elas se revelem insuficientes ou inadequadas soa bem, mas a realidade é que, se já são raros os que se dão ao trabalho de indicar que o texto é traduzido... E como vamos obrigar os editores a incluírem as referências? Quantas PE's são passam quando há iw's, mesmo que o texto da pt.wp pouco tenha a ver com o dos iw's ou, na melhor das hipóteses, ser apenas uma ínfima parte deles, quando não apenas o 1º parágrafo?
Desculpem o discurso sem fim, mas a síntese não é o meu forte. Só espero que consiga ter explicado minimamente o meu POV. --Stegop (discussão) 01h20min de 18 de abril de 2010 (UTC)
O meu ponto de vista é o mesmo do Stegop. Em relação aos comentários feitos sobre a suposta inutilidade da {{Tradução/ref}}, afirmo que ela não só é extremamente útil, mesmo quando o texto está referenciado, pois permite saber qual a fonte da tradução e conferir, como deveria até ser de uso obrigatório sempre que se faz uma tradução, tanto por uma questão de respeito para com o criador do texto original, como sobretudo pela legalidade no cumprimento das licenças livres (licença livre não é o mesmo que sem licença, como alguns parecem pensar por aqui). O seu lugar no artigo é de facto junto com as referências, de preferência numa secção própria denominada "Fonte(s) da tradução" --- Darwin Alô? 09h34min de 18 de abril de 2010 (UTC)
A {{tradução/ref}} é útil, justa com os artigos originais e, como notou o Darwin, necessária por questões de licença. Acho que a mensagem dela não é a ideal (e a da {{Tradução/ref2}} é muito estranha, preferiria as que usam em en:Translation/ref, por exemplo), mas   Discordo de apagá-la. De resto,   Concordo que as demais realmente não são muito úteis, mas também   Concordo uma {{Tradução incompleta}} seria útil. Por mim, todas as outras poderiam ser apagadas ou redirecionadas para uma suposta {{Tradução incompleta}}, especialmente devido ao argumentum ad asphaltum do Daemorris  --Brandizzi (discussão) 11h29min de 18 de abril de 2010 (UTC)
Se a questão é respeito a licença então a predef deve ser modificada para aceitar não somente textos de outras pédias, mas tbm de outras fontes, e não se referir apenas a tradução. E não me deram sequer uma razão para que ela esteja na seção de referências. Pra mim o sumário basta, mas se fazem tanta questão, que fique na discussão. Mas pra mim continua inútil: o texto será modificado durante o tempo e pouco da cópia/tradução estará no artigo.
A {{tradução/ref2}} não pode ser usada como referência, mas como nota.
Uma possível {{tradução incompleta}} pode parecer útil, mas duvido que alguém complete a tradução em tempo hábil: Wikipedia:Esplanada/geral/Trechos em língua estrangeira de artigos em tradução (11mar2010). Ou pretendem que a predef fique lá por tempo indeterminado? Podem até criar ela, desde que tenha um período de tempo máximo que ela possa ficar.--Lépton msg 14h21min de 18 de abril de 2010 (UTC)
Ponho {{tradução/ref}} na seção de referências porque é o que a documentação da predef sugere. Por mim, colocava na seção de {{ligações externas}} - mas me acostumei com ela onde está. Como não se confunde com uma referência do meio do texto - que, essas sim, garantem a verificabilidade do artigo - não vejo problemas. Para mim é assunto irrelevante se a {{tradução/ref}} aparece em {{ligações externas}}, {{referências}} ou {{ver também}}. Só acho ineficiente pô-la na discussão, pois ficaria muito escondido do leitor.
Por outro lado, concordo que o texto pode e deve ser alterado, depois de traduzido, e por isso discordo da mensagem da {{tradução/ref}} e proponho que ela seja mudada. Inútil, garanto que a predef não é: eu mesmo já fui do artigo traduzido para o original através desse tipo de referência.
Ademais, a {{tradução incompleta}} não seria uma predef de manutenção - ou pelo menos não só para manutenção. Seria uma predefinição de alerta ao leitor, e poderia servir como um guia ao outro artigo, completo. Assim, eu sugeriria que ela ficasse no artigo por quanto tempo fosse necessário (o que não nos impediria, por exemplo, de datar a predefinição). --Brandizzi (discussão) 15h04min de 18 de abril de 2010 (UTC)
A "fonte da tradução" é algo que de facto é usado no artigo, pelo que está muito mais relacionada com as referências que com ligações externas. O texto da tradução/ref diz explicitamente que "o artigo foi inicialmente traduzido do artigo X ,especificamente da versão Y", pelo que não percebo que confusão possa haver. Após o artigo ser alterado, mesmo depois dos 10 anos que diz o Lepton, essa frase continua perfeitamente válida. Em relação à tradução/ref2 ser colocada como nota e não como referência, também me parece ser o correcto.--- Darwin Alô? 19h27min de 18 de abril de 2010 (UTC)
Continuo vendo o sumário como mais adequado que a predef eternamente no artigo, por isto na discussão seria o melhor se quiserem manter ela. Mas se quiserem que ela esteja no artigo, melhor que nas LEs, na seção de refs ou até msm outra seção, é bom inventarmos menos moda e usarmos a boa e velha seção {{notas}} para ela então. proponho alterar a documentação da {{tradução/ref}} indicando a seção notas para abrigar ela, e alterar a {{tradução/ref2}} para ser usada em conjunto com a {{notas}} ao invés de {{referências}}, pelo menos até se decidir se ela vai ficar na discussão ou não.
Só que não concordo nem um pouco com a futura predef {{tradução incompleta}} ficar por tempo indeterminado no artigo, devemos com certeza firmar um prazo limite (minha sugestão: 6 meses).--Lépton msg 19h45min de 18 de abril de 2010 (UTC)
  1. Texto e usos (distintos) de {{Tradução/ref}} e {{Tradução/ref2}}:
    Não dou grande importância às mensagens das predef.s. Acho que o que se pretende transmitir está lá. Não sei como é como os outros, mas as minhas traduções teem tanto de tradução propriamente dita como de adaptação a partir do texto estrangeiro. É frequente certos trechos e a estrutura do artigo pouco terem a ver com o original porque este me parece deficiente. Por outro lado, quase sempre uso vários artigos de diversas wp's. Para notificar o leitor dessa situação, a {{Tradução/ref}} não serve para tal, e foi por isso que criei a {{Tradução/ref2}}. Dito de outra forma, a {{Tradução/ref}} afeta a generalidade do texto, enquanto que a {{Tradução/ref2}} pode ser usada para trechos específicos. Por outro lado, {{Tradução/ref2}} permite que os trechos fiquem assinalados como divergindo do artigo traduzido.
  2. Inclusão ou não na secção de referências:
    Em princípio, acho que a melhor solução será ou andará próxima do que o Darwin sugeriu: usar a {{Tradução/ref2}} na secção de notas. No entanto, tal como disse noutra discussão, isso traz problemas práticos e estéticos. Usar "group" nas ref.s é uma chatice adicional à chatice que já é formatar as referências, principalmente numa tradução, pelas interrupções que trazem ao processo de tradução do texto. É certo que se pode usar {{Nota de rodapé}} e {{Notas}}, mas embirro com aquela [nota x]. Acredito que para os que aqui estamos a discutir essas questões são menores, mas não haverá muitos editores que acham isso demasiado complicado? Será que o risco do número, já de si restrito, de editores que se dão ao trabalho de incluir notas que em sentido estrito não são referências (continuo a não estar convencido disso..) na secção de referências, não vai diminuir ainda mais? Sinceramente, estes preciosismos são ridículos em face do que se passa numa grande parte dos artigos traduzidos, que não só não teem quaisquer referências, como nem sequer mencionam a(s) fontes, que frequentemente estão referenciadas. E, volto a insistir, se aceitamos (e é inevitável fazê-lo), tantos sites e publicações cujos textos não sabemos de onde vieram, porque não tolerar que a nota sobre a fonte da tradução figure nas referências? No outro dia vi um programa de televisão (não era talk-show :-) de ar credível que afirmava que a Wikipédia tinha menos erros que a Enciclopédia Britânica. Não vou ao ponto de acreditar em tal coisa, mas quantas situações não há em que muitas das "referências fiáveis" que encontramos no Google não são afinal baseadas em artigos da wp? Mas nós somos tão puristas nem sequer permitimos que a nota sobre a fonte da tradução esteja na secção de referências... E entretanto todos os dias assistimos nas discussões das PE's aquilo que se sabe, nem sequer tendo coragem de alvitrar que www.jornal-da-minha-freguesia-mixuruca.com pode não ser uma fonte fiável.
  3. {{tradução incompleta}}
    Não vejo qualquer problema em ficar eternamente num artigo. Cabe aos editores decidirem se faz sentido ou não retirarem-na, à semelhança do que acontece com outras marcas de manutenção. O que não faz sentido nenhum é ter Categoria:!Artigos em tradução desde Agosto de 2007! Mas também nada tenho contra ser removida automaticamente. E já agora faça-se o mesmo para {{Em tradução}}. Mas parece-me que há um problema técnico complicado: como saber quando a marca foi posta nos casos em que o editor não se deu ao trabalho da colocar? Atualmente Categoria:!Artigos em tradução tem 1111 artigos (fui lá pôr uma dúzia mesmo agora para ficar uma linda duma capicua :-).
  4. {{Tradução/ref(2)}} servir para fontes que não sejam da Wikipédia:
    Nada tenho contra que se criem prefef.s para traduções genéricas, o que se passa é que a estrutura das wp's nós conhecemos, pelo que podemos simplificar ao máximo sem perda de dados, mas o mesmo não acontece com outras fontes.
  5. Sumário de edição
    Além de não ser prático (uma tradução geralmente envolverá várias edições), quem é que vai à procura da origem do texto nos sumários?

--Stegop (discussão) 22h49min de 18 de abril de 2010 (UTC)

1-Não lembro de ter visto alguém questionar tal coisa.

2-Não penso se tratar de preciosismo, a seção de referencias se refere a verificabilidade do texto, e tanto a trad/ref como a trad/ref2 não fazem isto, mas apenas informam que veio de tal pédia, portanto é uma nota e não a referência. Não vejo nenhum trabalho, é só modificar a predef, pelo que vi ela não precisa do <ref></ref>, basta ela somente.

A pédia não pode ser fonte pra si mesma, isto parece claro, e não pq outras fontes podem ser pouco fiáveis que vamos permitir tudo. É uma carência do próprio formato wiki. Imagina só como a pédia seria ainda mais ridicularizada e descreditada do que já é se permitissimos que ela fosse fonte de si mesma.

3-Me pergunto que serventia teria uma marca dizendo para se completar uma tradução feita anos depois de não terminada.... o msm problema que temos hoje com a {{em tradução}} teremos com a {{tradução incompleta}}, só vai mudar a predef!!!

4-Neste caso pode ser criada outra se for o caso, Só resta saber se há demanda para tal.

5-Começa dizendo de onde veio a tradução e na última edit diz que acabou, pronto. deveriam ir ao sumário pra isto sim, lá seria mto mais fidedigna a informação, ao contrário de eternamente no artigo, ainda que pouco ou nada mais da dita origem do texto estar lá.--Lépton msg 01h04min de 19 de abril de 2010 (UTC)

2- Não diz nada quanta às questões práticas que coloquei. As trad/ref não teem <ref></ref>. Permitir tudo? E desde quando é que somos assim tão exigentes??? Qual é a percentagem de artigos sem quaisquer fontes? Quantas PE's são rejeitadas porque "existe iw" e os artigos em causa ou não teem a ver com os iw's? E dos que teem algo a ver, quantos é que dizem alguma coisa sobre as fontes (os artigos das wp's estrangeiras)? Para mim, a bem da simplificação, aceitar as trad/ref's nas referências é um mal menor.
3- Há uma diferença entre as duas: uma diz que que ainda está em tradução, o que é falso; a outra diz que a tradução está incompleta (ponto). Se um editor verificar que já está completa ou que já não se justifica a marca porque o texto já pouco tem a ver com o original (ou o original já mudou muito), retira a "trad. incompleta". Já o retirar o "em trad." geralmente é muito mais complicado: experimente tentar descobrir desde quando a marca está num artigo com muitas edições sem recorrer a ferramentas do toolserver.... --Stegop (discussão) 01h39min de 19 de abril de 2010 (UTC)
2-A questão prática seria a perda users só por ter que colocar no local correto as predefs trad/ref e a chatice de se escrever ref group? Se não haverá necessidade de usar a ref group, portanto não teria chatice adicional, e se a perda de users se daria por isto, ela não ocorreria. A trad/ref nem precisa de citação, de modo que bastaria uma seção simples com ela em baixo. Qto mais não fosse não acho certo permitir o menos correto e o mal feito por medo de perder contribuidores.
Qto as perguntas, são problemas a serem resolvidos, não exemplos a serem seguidos. Qual diabos é a dificuldade de se colocar ambas as trad/ref na seção notas?
3-Vai dar [mais] briga isto... um prazo fixo facilitaria por não dar margem a subjetividades, 6 meses é bem razoável.--Lépton msg 02h06min de 19 de abril de 2010 (UTC)
2-Não é perda de users, é users a não se darem ao trabalho (acrescido) de assinalarem de onde vieram os diversos trechos das suas edições baseadas em tradução. A trad/ref não põe problema nenhum, tanto trabalho dá colocar num sítio como noutro, mas repito: só serve para informar que partes do texto resultaram de tradução, não diz quais; e a confusão aumenta quando foi usado mais do que um artigo. Como é que acha que eu devia ter feito na minha última tradução (Sardenha; veja as ref's nº 1, 2, 18, 19, 20, 21, 22 e 23)? Por acaso o pouco texto já existente antes das minhas edições era também tradução, pelo que a trad/ref (que não existia) fazia sentido, mas se não fosse o caso, se o texto existente fosse bom, mesmo que fizesse uma tradução literal de um só artigo, a trad/ref não tinha sentido.
3-Isto não é briga nem reclamação... Estamos a discutir e é mais do que natural que tenhamos opiniões diferentes. Como é que vai garantir que o prazo de 6 meses vai ser cumprido? Essa faz-me lembrar os políticos portugueses - "há um problema? Cria-se uma lei" - mas ela de nada serve se não for aplicada e muitas vezes isso não acontece porque é muito complicado fazê-lo. --Stegop (discussão) 02h44min de 19 de abril de 2010 (UTC)
2-2 jeitos: usando a predef que vc não gosta ({{nota de rodapé}}), e o segundo jeito é ainda melhor e mais prático até do que é hoje, modificando a {{tradução/ref2}} para que fique que nem a {{nota de rodapé}}, ou seja, não precisar de <ref group="nota"></ref>, aí bastaria ela e {{notas}}.
3-Quis dizer apenas que esta de tirar qdo o user achasse que não precisasse que ia dar briga, não me referia a esta discussão!! Controlar os 6 meses seria feito obrigando a usar subst (a predef não funcionaria de outro jeito, se não tivesse o subst o artigo ficaria numa cat separada e um bot aplicaria o subst) que calcularia a data automaticamente, e colocaria o artigo na cat apropriada.--Lépton msg 03h30min de 19 de abril de 2010 (UTC)

Embora continue a achar um preciosismo exagerado não poder misturar "verdadeiras" referências com indicação da fonte da tradução, só para vos fazer a vontade  :), criei {{Ntref}}, que consta duma chamada a {{Nota de rodapé}} cujo conteúdo é uma variante de {{Tradução/ref2}}. --Stegop (discussão) 03h28min de 26 de abril de 2010 (UTC)


fr:Modèle:Demande de traduction: aqui está uma predef. que em teoria parece ser muito interessante. Digo "em teoria" porque se grande parte das marcas atualmente existentes na pt.wp são postas e esquecidas, não estou a ver que haja muita gente a dar-se ao trabalho de preencher todos aqueles dados. --Stegop (discussão) 03h26min de 28 de abril de 2010 (UTC)


A propósito de referenciar artigos de outras wikis usados como fontes: o que acham do que fiz em Capadócia? Basicamente, em vez de usar {{Tradução/ref2}} na secção de "referências" como era meu hábito, criei {{Ntref}} e {{Ntref2}}, apenas para ser mais simples codificar, e usei a secção "notas". --Stegop (discussão) 01h20min de 5 de maio de 2010 (UTC)

Era exatamente a isto que me referia, logicamente achei ótimo! Aquilo são notas e não refs, portanto estão agora no lugar mais correto.--Lépton msg 14h56min de 5 de maio de 2010 (UTC)