Wikipédia:Café dos tradutores

Boas-vindas ao café dos tradutores!
Aqui pode discutir dúvidas sobre a tradução de artigos.
  • Antes de colocar a sua dúvida consulte o Guia de tradução onde pode efetuar pedidos de tradução, ajudar em tarefas de tradução, etc.
  • Na Categoria:!Artigos em tradução poderá encontrar diversos artigos por traduzir que são adicionados a essa categoria ao utilizar a predefinição {{em tradução}} nos artigos. Note que o texto a traduzir não poderá estar oculto com marcações que escondem o texto <!-- (no inicío desse texto) e --> (no fim), e que trechos em língua estrangeira de artigos por traduzir devem ser eliminados. Retire também a marcação {{em tradução}}

Inserir um novo tópico


Harriet TubmanEditar

Salve, comunidade. Acabei de publicar uma tradução do verbete destacado en:Harriet Tubman da anglófona 57169764]. Deixo o convite aos que tiverem disponibilidade para revisar a tradução (sempre passa alguma coisa) e aos que tiverem interesse para lê-la: a história de Tubman (ex-escrava, abolicionista, soldada, espiã, sufragista) é praticamente um romance. Grande abraço. Caio! (discussão) 19h20min de 13 de janeiro de 2020 (UTC)

Olá! Obrigado pelo contributo Caio!! :) Logo que tiver tempo irei ler com atenção o artigo e depois dou feedback. Abraço! FranciscoMMartins (discussão) 22h37min de 9 de março de 2020 (UTC)

Paleolítico SuperiorEditar

O artigo em português está um tanto simplório, como faço para iniciar o artigo pelo artigo em inglês e fazer a tradução por completo, já existindo o artigo?comentário não assinado de Anhaabaete (discussão • contrib) 00h57min de 3 de março de 2020 (UTC)

Olá! Basta clicares aqui Ao traduzires por este sistema, o conteúdo que traduzires irá substituir por completo o conteúdo constante previamente no artigo. Abraço! :) FranciscoMMartins (discussão) 22h37min de 9 de março de 2020 (UTC)

Ajuda com traduçãoEditar

Meu nível de inglês é basico. Queria uma ajudinha na tradução. Faz anos que não edito na wikipédia. Pareço um novato

"The Wiccan Rede /ˈriːd/ is a statement that provides the key moral system in the neopagan religion of Wicca and certain other related witchcraft-based faiths. A common form of the Rede is An’ ye harm none, do what ye will which was taken from a longer poem also titled the Wiccan Rede.

The word "rede" derives from Middle English, meaning "advice" or "counsel", and being closely related to the German Rat or Scandinavian råd. "An'" is an archaic Middle English conjunction, meaning "if." "Ye" is an archaic or dialectal form of "you" (nominative plural)".

A Rede Wiccana /ˈriːd/ é

A palavra "rede" deriva do inglês médio, significando (que significa)

O que é "statement", "provides", "advice", "counsel"?

Só consegui traduzir isso. Eduardo Pazos (discussão) 00h20min de 1 de abril de 2020 (UTC)

@Eduardo Pazos: Eu traduziria desta maneira: statementfrase, declaração; providesfornece; advicerecomendação; counselconselho. --Luk3🔔📖 03h55min de 1 de abril de 2020 (UTC)

Problemas na página de traduçãoEditar

Olá,

Faço tradução há cerca de 1 ano, e faz alguns dias que estou tendo problemas para abrir traduções minhas que estão em andamento, pois a tradução parcial não carrega para eu poder continuar. Isso tem acontecido com mais alguém? Já fiz o teste em aparelhos e computadores diferentes, e não abre a tradução, apenas fica carregando as informações. Aguardo comentários para saber se está ocorrendo com mais alguém. Obrigado. --Cassio Sabacão (discussão) 02h16min de 5 de abril de 2020 (UTC)

@Cassio Sabacão: prezado, creio que fala da ferramenta mw:Content translation. O problema parece ser generalizado: diversos usuários estão reportando a mesma situação em mw:Talk:Content translation. Abraço. Caio! (discussão) 17h25min de 5 de abril de 2020 (UTC)
@Cassio Sabacão e Caio!: Caríssimos, sei que já respondo tarde mas publicar a tradução como subpágina de usuário resolveu o problema para mim. Boas edições e traduções! Dioluisf (Discussão) 20h22min de 30 de maio de 2020 (UTC)

Rock da ArgentinaEditar

Essa sub-página de usuário está bem traduzida? Ou falta alguns ajustes? Eduardo Pazos (discussão) 20h01min de 7 de abril de 2020 (UTC)

@Eduardo Pazos: Salve, prezado. Creio que o texto-fonte tenha sido es:Rock de Argentina. Bem, não falo espanhol, mas cito o trecho "descrever tópicos relacionados à sua própria idiossincrasia" pelo uso incomum de "idiossincrasia". Talvez fosse bom considerar trocá-la por "descrever tópicos relacionados às particularidades do país" ou algo parecido. Há, também, uma questão menor: os parâmetros das predefinições de citação estão em espanhol. Seria bom traduzí-los para facilitar futuras edições. Grande abraço. Caio! (discussão) 20h39min de 7 de abril de 2020 (UTC)

Dúvidas de tradução do espanholEditar

Estou tentando traduzir esse trecho desse artigo:

"se aclimataron los cultivos en las plantaciones de México. Es por esta época cuando se añadió azúcar a la pasta de cacao por primera vez, lo que hizo posible que la aceptación fuera mayor".

Eduardo Pazos (discussão) 15h54min de 14 de abril de 2020 (UTC)

O que eu faço para não ficar repetindo "o cultivo" => "el cultivo"? Eduardo Pazos (discussão) 15h55min de 14 de abril de 2020 (UTC)

Revisão - Soda StereoEditar

Alguém poderia me ajudar a revisar a tradução do espanhol, se tiver algum erro de português no texto e concertar a referência? Eduardo Pazos (discussão) 23h16min de 17 de abril de 2020 (UTC)

Pós-Soda 2Editar

Em março de 2010, Zeta Bosio disse em uma entrevista que Soda Stereo havia planejado voltar aos palcos com um novo álbum de estúdio. Contudo, Gustavo Cerati sofreu um AVC, o que lamentavelmente não chegou a se recuperar. Depois de 4 anos permaneceu em coma, falecendo finalmente em 4 de setembro de 2014.

Posteriormente, o Cirque du Soleil realizou um espetáculo temático com Soda Stereo intitulado Sép7imo Día, apresentando-se entre os anos de 2017 e 2018. Para realizá-lo, Zeta e Charly se reuniram novamente para produzir a parte do som, escutando os mestres das músicas. Isso levou-os a pensar a tocar juntos novamente. [1]

Gracias Totales - Soda Stereo (2020)Editar

Gracias Totales - Soda Stereo foi anunciado pela banda através de um vídeo e uma carta de seus seguidores em suas redes sociais.[2].

Começou em 29 de fevereiro de 2020 no Estádio El Campín, em Bogotá, Colômbia, a seguir com datas na Argentina, Peru, Chile, México, Paraguai, Estados Unidos, e vários outros países da América Central.

Juntamente com o anúncio de Gracias Totales, foi revelado que os músicos sobreviventes, Zeta Bosio e Charly Alberti, seriam acompanhados por diversos cantores tanto ao vivo como através de vídeos pré-gravados, incluindo Chris Martin do Coldplay, Adrián Dárgelos dos Babasónicos, Rubén Albarrán do Café Tacvba, Mon Laferte e o filho do vocalista original do Soda Stereo, Benito Cerati.[3]

Estilo musicalEditar

InfluênciasEditar

Soda Stereo foi uma banda particularmente exploradora de novos sons, especialmente inspirado no desejo criativo de Gustavo Cerati; e sempre desejavam que nenhum de seus discos soassem como o anterior. Uma de suas principais e mais claras influências durante toda a carreira musical do grupo, tem sido permanentemente a new wave. Entre os artistas que influenciaram Soda durante sua carreira, foram George Harrison, Paul McCartney e John Lennon; The Police, New Order, The Cure, Depeche Mode, Television, Echo & The Bunnymen, Talking Heads, Elvis Costello, David Bowie, Deep Purple, Virus, XTC, The Specials, Squeeze, Pink Floyd, Queen (como se vê na canção tributo «Algún Día», My Bloody Valentine e Cocteau Twins.[4][5] No que diz respeito a cada um separadamente, alguns dos maiores ídolos de Cerati eram Sting (vocalista do The Police) e Luis Alberto Spinetta. Também, a canção Purple Haze de Jimi Hendrix e o virtuoso Ritchie Blackmore foram sua motivação para dar seus primeiros passos com a guitarra elétrica; Zeta aprendeu a tocar baixo vendo seu ídolo Paul McCartney; e Charly aprendeu muito com seu pai Tito Alberti e além disso admirava Stewart Copeland, baterista do The Police.

Anos 80Editar

Em seu começo, tinham um som New wave bastante pop e festeiro, o que se ouvia em seu primeiro trabalho homônimo Soda Stereo, álbum tributo de bandas como The Police e The Specials. Com o passar do tempo, o som new wave foi se amadurecendo e já não eram tão festivos; além de, influenciados por grupos como The Cure e Television, adicionaram um som cru pós-punk. Assim como foi nos discos Nada Personal e Signos que coexistiram os hits pop («Juego de seducción», «Persiana americana», «El rito») com canções mais obscuras («No existes», «Ecos», «Final Caja Negra»).

Até o fim da década, o grupo decidiu mudar de rumo. Para isso, Gustavo Cerati contratou o experiente músico Carlos Alomar (entre outros, por muitos anos guitarrista de David Bowie), como produtor musical e foram morar em Nova York por mais de um mês para trabalhar em seu quarto disco Doble Vida. Graças a isto, acrescentaram ao som new wave, influências da música norte-americana, como o funk e o soul, juntamente com um som mais pop. Embora havia excessões, como no caso do som alternativo de «En la ciudad de la furia».

Anos 1990Editar

A mudança de década, também marcou um antes e um depois no estilo musical da banda. Deixaram para trás o som new wave e pós-punk e adotaram um estilo baseado mais no protagonismo da guitarra. Foi assim em 1990, quando surgiu o disco Canción Animal, que também se tornaria seu álbum de maior sucesso. E para surpresa de muitos, a mudança radical ainda estava por vir.

Em 1992 e depois de terminar a extensa e bem-sucedida turnê Gira Animal, voltaram ao estúdio de gravação. Influenciados pelo movimento alternativo nascente na Inglaterra, a banda decide esquecer das massas, da rádio e dos sons pop para dar um giro completo em sua música, lançando no mesmo ano Dynamo com um som poderoso e sombrio de shoegazing e rock alternativo.[6] Além do mais, este incluem algumas criações experimentais.

Em 1995 e depois de quase se separarem, eles decidem voltar a suas origens no que seria seu último álbum de estúdio, Sueño Stereo. Enquanto eles mantinham um som alternativo predominante, a tornaram mais melódica e suavizada. Ademais, se notava uma presença da influência da música eletrônica. Isto resultou em um sucesso retumbante do álbum, especialmente de hits como a alternativa «Ella usó mi cabeza como un revólver» e a alegre e pop «Zoom». A banda também aproveitou o tempo para experimentar, especialmente com as três últimas músicas do álbum.

O caminho que queria seguir a banda se tivessem seguidos juntos é um mistério, mas parecia ser voltado para a música eletrônica, como mostrava Gustavo Cerati em 1999 com seu álbum Bocanada, o primeiro após a repartição do grupo.

Morte de Darren RaineyEditar

Boa tarde, pessoal!

Sou novo no Wikipedia e tenho tentado conhecer melhor as ferramentas de edição treinando em diferentes artigos. Por isso, resolvi traduzir o artigo em inglês Death of Darren Rainey, na lista de sugestões para tradução, mas estou com uma dúvida logo no primeiro parágrafo. Como ficaria na tradução o nome da prisão em que Rainey morreu, tendo em vista que a página se refere ao local várias vezes no corpo do texto com a sua forma abreviada em inglês? Tomando como base o artigo do FBI, pensei em apresentar a instituição no primeiro parágrafo como "Dade Correctional Institution (Dade IC) ou Instituto Correcional de Dade", e utilizar tanto o nome quanto a abreviatura originais ao longo do texto, em inglês, mas não tenho certeza de se esta seria a forma mais adequada.

Poderiam, por gentileza, me ajudar? --Lucas de Marcod 16h01min de 9 de junho de 2020 (UTC)

@Lucas de Marco Cezar: Em geral, eu traduzo o nome das instituições e organizações (por exemplo, Centro LGBT de Pequim), a não ser que o nome original já seja conhecido (por exemplo, eu não traduzo Black Lives Matter em geral). Como o artigo é sobre a pessoa, e não a instituição, não há necessidade de colocar o nome original. Para abreviaturas, tendo a utilizar a do idioma original (ver Julia Nicol). Vale também ver como é feito em artigos destacados (o artigo Primeira Guerra Mundial possui alguns exemplos úteis). Paulo Belato indeedaroo 16h54min de 9 de junho de 2020 (UTC)

O que ele quer dizer com essa fraseEditar

Trecho daqui: Kurtzman was won over by McMahan's love of Star Trek and his pitch for a series following "the people who put the yellow cartridge in the food replicator so a banana can come out the other end." Esta frase não faz qualquer sentido se traduzida para o português. Alguém poderia me explicar o que ele queria dizer com isso? Maikê (discussão) 00h33min de 23 de junho de 2020 (UTC)

@Maikê: Daquilo que pesquisei aqui Kurtzman queria fazer uma série "sobre pessoas que colocam um tinteiro/cartucho amarelo num replicador de comida para originar uma banana". Veja aí se concorda, aqui está o trecho Citação: The general idea of this episode also lines up with McMahan's own pitch for the show: “I want to do a show about the people who put the yellow cartridge in the food replicator so a banana can come out the other end.”. Saudações e boas traduções! -- Dioluisf (discussão) 11h32min de 23 de junho de 2020 (UTC)
Não leve a mal, mas o que não faz qualquer sentido é dizer que uma frase "não faz qualquer sentido se traduzida para o português". Ou a frase faz sentido ou não faz. Se a frase faz sentido, a tradução tem que fazer sentido. E essa frase faz sentido, embora talvez você esteja tendo dificuldade em entender. Kurtzman was won over - Kurtzman foi vencido, mais para convencido. Kurtzman gostou da ideia e a adotou - by McMahan's love of Star Trek and his pitch for a series following - pelo amor de McMahan por Star Trek e pela sua promoção de uma série que seguia (pitch aqui tem o significado de um sales pitch, o esforço de vender ou promover uma ideia ou um produto) - the people who put the yellow cartridge in the food replicator so a banana can come out the other end - as pessoas que colocam o cartucho amarelo no replicador de alimentos para que uma banana saia pelo outro lado. Em Star Trek os alimentos são obtidos de uma impressora de alimentos. Pelo jeito, a ideia inicial, quando a série estava sendo proposta aos produtores, já incluía este detalhe. As pessoas faziam isso, a série seguia essas pessoas. Resolveu? VdSV9 14h34min de 23 de junho de 2020 (UTC)
@VdSV9: Citação: VdSV9 escreveu: «Não leve a mal, mas o que não faz qualquer sentido é dizer que uma frase "não faz qualquer sentido se traduzida para o português". Ou a frase faz sentido ou não faz. Se a frase faz sentido, a tradução tem que fazer sentido. E essa frase faz sentido, embora talvez você esteja tendo dificuldade em entender.» Totalmente desnecessário dizer isso. Não fez sentido pra mim. É tão difícil entender? Porém, após sua explicação, recordei que na série eles usam os tais sintetizadores de alimentos, e a frase seria uma alusão a isso. Fora o comentário desnecessário, agradeço a ajuda. Também agradeço ao Dioluisf. Maikê (discussão) 15h51min de 23 de junho de 2020 (UTC)

ShreddiestEditar

Texto original presente no idioma: inglês. A parte que encontro em dúvida está destacada em negrito:

[...]noting that one can complete the career mode without having to play "Metallica's earliest, shreddiest, most brutal stuff", and allows the player to "skip right past the early stuff and quickly get to the big tracks".

O contexto do trecho aparenta deixar evidente que se refere para algumas canções do início da carreira da banda Metallica. Por causa disso, tendo a considerar que o termo Stuff se refere para as faixas, mas com um viés depreciativo. No entanto, shreddiest me soa muito estranho. Aqui não sei se houve um emprego de iest na palavra shredder, mas desconheço a existência do mesmo. No caso em específico, as canções iniciais da banda tinha um som mais forte e o termo shredder tem um significado de triturar ou, menos usual, destruir. Por enquanto não consigo montar esse trecho, necessito de um auxílio. Edmond Dantès d'un message? 00h48min de 25 de junho de 2020 (UTC)

@Conde Edmond Dantès: Shred é uma técnica específica para se tocarem instrumentos de corda, especialmente guitarra. Shreddiest é um neologismo que você pode traduzir por "com mais shredding", assim, com itálico e ligação. Não acho que seja bem o estilo do Metallica inicial e não me parece pejorativo, mas siga a fonte. ;) Leefeniaures audiendi audiat 01h17min de 25 de junho de 2020 (UTC)
Não parece ter nada depreciativo, não. Stuff é traduzido bem literalmente como "coisas". A minha interpretação é que o jornalista que está dizendo que o jogador pode completar o modo carreira sem precisar tocar as músicas do início da carreira do Metallica, que são mais brutais e cheias de passagens rápidas (shredding), e [o jogo] permite você pular as coisas antigas e chegar rapidamente às faixas mais famosas. (PS: me dei a liberdade de editar o seu comentário para fazer aparecer o link para a página a que te referias que estranhamente não estava sendo exibido aqui) VdSV9 18h39min de 25 de junho de 2020 (UTC)
@Leefeni de Karik e VdSV9: agradeço seus comentários. Em primeiro lugar, eu tinha conhecimento da existência do termo shredder mas não conseguia relacionar com as canções de início de carreira do Metallica!
Então fiz uma procura intensa em busca de atualizações das fontes usadas, e não encontrei nenhuma menção ao estilo, nem da citação na fonte de autoria de Matt Helgeson. A outra fonte realmente atesta o último trecho, continuo acreditando que tem um caráter pejorativo porque stuff poderia ser muito bem modificado por track ou até mesmo songs - a própria fonte utiliza um dos termos na mesma oração. O ponto é que esse trecho que fiquei em dúvida não faz o menor sentido! E para piorar não está respaldado em nenhuma fonte. Não sei se houve uma modificação no conteúdo após o destaque ou não, mas acredito que o correto seria remover. Edmond Dantès d'un message? 17h09min de 26 de junho de 2020 (UTC)
É normal "stuff" ser usado num contexto artístico como "material"... Mas sim, se não há fontes, melhor remover. Aliás, shredding não são simplesmente passagens rápidas: a troca de cordas e de casas é essencial, e deve haver uma ênfase em solos também. Passagens muito velozes (quase) sem troca de notas (por exemplo, o tremolo pelo qual os interlúdios do Slayer são conhecidos) não são shreddy. Logo, o termo infelizmente deve ser deixado em inglês, sem tradução para "veloz". Leefeniaures audiendi audiat 19h44min de 26 de junho de 2020 (UTC)
A fonte, pelo jeito, é um review de Ryan McCaffrey na OXM que não pode mais ser encontrado online, mas a passagem foi citada neste artigo do Gamasutra . Talvez tenham retirado a fonte quando perceberam dava em um link morto, mas não checaram que a passagem ficou sem fonte. De todo modo, não há necessidade de incluir este trecho na tradução do verbete, não faria falta. VdSV9 19h57min de 26 de junho de 2020 (UTC)
@Leefeni de Karik e VdSV9: a fonte trazida pelo VdSV9 agora fez sentido: o uso de stuff realmente é usado de forma genérica para material. O que me soa muito estranho para o português. Seria possível traduzir para "discografia". Porém a essência da frase é o mesmo, expressar que o jogo permite o jogador pular as faixas consideradas de baixo nível da banda, o que já está presente em outra crítica. Então acho melhor deixar como esta do que adicionar um trecho contestável. Também não sei o que aconteceu na anglófona, parece que colocaram duas fontes que não respaldam a informação para atestar cada metade. Enfim, eu terminei o artigo, caso tenham interesse, videm Guitar Hero: Metallica. Edmond Dantès d'un message? 02h01min de 29 de junho de 2020 (UTC)