Wikipédia:Esplanada/propostas/Proposta de critério de notoriedade para meias e atacantes sem currículo de mata mata no futebol brasileiro (17jan2020)

O texto seguinte foi movido de: Wikipédia_Discussão:Critérios_de_notoriedade/Desporto#Proposta de critério de notoriedade para meias e atacantes sem currículo de mata mata no futebol brasileiro

Estava estudando a lista de artilheiros da libertadores e do brasileiro no ano passado e pensei baseado na análise da sequência dos maiores artilheiros do Flamengo agrupados por semelhanças e sequência do primeiro quartil estatístico baseado na moda e na média ponderada para criar um critério de notoriedade específico para qualquer atacante ou meia independente da idade que nunca foi decisivo em um mata mata em que participam times brasileiros, pois é esse nível de jogo que faz que o time não caia para a serie b e que seja decisivo em pontos corridos sem comprometer o time em vários campeonatos ao mesmo tempo:

Esportes coletivos
  • Campeões ou recordistas nacionais;
    • § Para os meias e atacantes do futebol brasileiro que não possuem no seu currículo atuação decisiva em mata mata envolvendo times ligados a CBF se deve ter no mínimo 13 gols em um campeonato brasileiro de pontos corridos no caso de jogadores que começaram a disputar o brasileiro depois de 2003.
  • Todos os que receberam medalha de ouro, prata ou bronze em uma edição de Jogos Olímpicos, jogos continentais, campeonatos mundiais ou campeonatos continentais.
    • Estes critérios são válidos apenas para os desportos reconhecidos internacionalmente pela SportAccord (a antiga GAISF) e pela FIA.
    • Para atletas portadores de necessidades especiais, são válidos os mesmos critérios para os jogos correspondentes.

Para estudo de caso agrupei por características semelhantes os jogadores Bruno Henrique, Arrascaeta e Gabigol e usei como argumento o fato de que o Flamengo está melhorando no entrosamento em pouco tempo, o Flamengo ganhou a libertadores sem comprometer o brasileiro (ao contrário, o que ocorreu foi que o foco do time cresceu e que os desempenhos do time nos 2 campeonatos se estimularam mutualmente) sendo que depois de chegar a final do mundial por exemplo o Internacional demorou 10 anos para cair e ainda por cima sem ganhar brasileiro e que o time carioca chegou a final de um mundial. O que acham? Jacopo Venenoso (discussão) 14h56min de 17 de janeiro de 2020 (UTC)

Symbol declined.svg Discordo da proposta. Os critérios de notoriedade para esporte se refere a todas as modalidades. A sua proposta se limita apenas ao futebol e dá ênfase apenas a "times ligados a CBF", ou seja, é um critério exclusivo para o futebol brasileiro, e não dos demais países, que também possui seu campeonato nacional. Além disso, estabelecer um número mágico de 13 gols no campeonato nacional abriria subjetividade em discussões de eliminação, uma vez que muitos usuários poderiam questionar: por que um jogador que balança as redes 12 vezes durante 38 rodadas do campeonato brasileiro não pode ser considerado um "recordista nacional"? Sua proposta não tende a solucionar os critérios aprovados em 2019, mas criar subjetividade a respeito dos números de gols marcados por um atleta, além de limitar a regra apenas para o futebol brasileiro (os outros países então ficariam de fora), ignorando que o critério se refere a todas as modalidades, sem exceção. WikiFer msg 15h09min de 17 de janeiro de 2020 (UTC)
É que a liga brasileira é melhor do que as ligas da África e América de onde vem a maioria dos jogadores então ela deve ser o critério mínimo. Jacopo Venenoso (discussão) 16h23min de 17 de janeiro de 2020 (UTC)
Jacopo Venenoso Se a liga brasileira é melhor que as demais ligas (o que se encaixa num critério de importância subjetiva SUBJ – um argumento a evitar em discussões de eliminação), não faz sentido ter um critério mínimo, uma vez que o nível técnico do campeonato já dificultaria ainda mais na possibilidade de que haja algum jogador recordista nacional. Para refutar a sua tese, pegamos o exemplo do argentino Germán Cano, que foi artilheiro das últimas quatro edições do campeonato colombiano pelo Independiente de Medellín, fez 41 gols em 47 jogos na temporada de 2019, superando até mesmo o português Cristiano Ronaldo que marcou 39 vezes (ver O Globo Esportes), e graças a esses números o clube Vasco da Gama contratou ele. Isto mostra que o desempenho goleador dele atraiu um time brasileiro, o que deixa bem claro que a liga brasileira não está acima de qualquer outra liga. WikiFer msg 18h13min de 17 de janeiro de 2020 (UTC)

Vou fazer então uma nova proposta:

Esportes coletivos
  • Campeões ou recordistas nacionais;
    • § Para os meias e atacantes do futebol brasileiro que não possuem no seu currículo atuação decisiva em mata mata envolvendo times ligados a CBF se deve ter no mínimo 17[1] gols em qualquer campeonato brasileiro de pontos corridos no caso de jogadores que começaram a disputar o brasileiro depois de 2003.
  • Todos os que receberam medalha de ouro, prata ou bronze em uma edição de Jogos Olímpicos, jogos continentais, campeonatos mundiais ou campeonatos continentais.
    • Estes critérios são válidos apenas para os desportos reconhecidos internacionalmente pela SportAccord (a antiga GAISF) e pela FIA.
    • Para atletas portadores de necessidades especiais, são válidos os mesmos critérios para os jogos correspondentes.

ReferênciasEditar

  1. Usando como critério de notoriedade a comparação entre Aristizábal que fez 5 gols na copa do Brasil de 2003 do cruzeiro e comparar com a posição de Luis Fabiano no brasileiro e copa do Brasil de 2012 além de descartar Arrascaeta

Melhorou os critérios? Jacopo Venenoso (discussão) 16h22min de 17 de janeiro de 2020 (UTC)

É que quem faz 17 gols no Brasileiro uma hora vai ganhar mata mata e/ou pontos corridos; e/ou ser recordista em alguma competição. Muitos jogadores sequer foram para seleção e por terem artigos na wikipedia são capitães de times grandes como no caso do Soteldo ou ganham salários altos com apoio da torcida como no caso do Sassá. Também deve-se considerar que o campeonato brasileiro as vezes é inferior ao europeu e o fato da liga argentina ser menos competida por exemplo isso faz que ele possam focar mais em mata mata continentais já que poucos times são fortes nas ligas vizinhas ao contrário do brasileiro que é mais equilibrado na disputa. Jacopo Venenoso (discussão) 16h31min de 17 de janeiro de 2020 (UTC)
Jacopo Venenoso O critério atual não exige que o jogador seja artilheiro de um torneio de pontos corridos para ser considerado um "recordista nacional". Se este fazer o maior número de hat-tricks de um campeonato nacional na história (ou pelas últimas décadas), se fazer dos maiores números de gols de falta (ou de pênaltis) no torneio, se for um dos mais indisciplinados (em números de cartões vermelhos), tudo isso pode servir de argumentação como "recordista nacional". O seu critério busca limitar a possibilidade de um jogador de futebol ter artigo na Wikipédia, pois não precisa fazer no mínimo 17 gols em pontos corridos para receber tal critério. Além disso, volto a afirmar: os critérios de notoriedade são para todas as modalidades, e quando eu digo todas as modalidades, envolve de todos os países, sem exceção. Você quer criar uma regra que seria válida apenas para o futebol brasileiro, o que não se encaixaria com o intuito destes critérios. WikiFer msg 18h13min de 17 de janeiro de 2020 (UTC)
Mas é mérito ter mais cartões vermelhos? Se for, se acrescenta como outro critério de notoriedade, nada em prejuízo. E segundo Bruno Formiga, é muito fácil fazer gol de pênalti, difícil é escanteio. Jacopo Venenoso (discussão) 18h27min de 17 de janeiro de 2020 (UTC)
Um jogador indisciplinado traria notoriedade pelo jeito explosivo que ele é, não pelos gols marcados em campo. Ser "recordista nacional" é existir a comprovação de que este jogador trouxe algum feito notável que atrai os veículos de imprensa, o que é necessário para cumprir com o critério geral de notoriedade. Quanto a gol de pênalti, você diz que é fácil, mas eu disse o jogador que mais fez gols de pênalti num campeonato, não quem apenas faz, é diferente. Se pênalti é tão fácil, a concorrência pelo posto de quem mais balançou as redes com gols de pênalti na temporada será maior. E como você mesmo afirmou, fazer gol olímpico é mais difícil, o que daria a oportunidade para alguém ser "recordista nacional" por gols olímpicos. WikiFer msg 18h34min de 17 de janeiro de 2020 (UTC)
É estatisticamente + difícil passar na federal em jornalismo do que fazer gol de pênalti. Jacopo Venenoso (discussão) 18h39min de 17 de janeiro de 2020 (UTC)
Eu te garanto que passar na federal em jornalismo é tão concorrido quanto ser o maior artilheiro da temporada com gols de pênalti. Não adianta só "fazer gol de pênalti", tem que ser um dos que mais fizeram, é diferente. Ser "recordista nacional" significa isso. WikiFer msg 18h42min de 17 de janeiro de 2020 (UTC)
Tem estudos de pênalti em que a posição do chute se o atacante souber bater faz que a chance de defesa do goleiro seja 0. Então não é tão difícil se a pessoa tiver treinamento e explosão física. E o cara pode ser artilheiro em qualquer ano, não precisa ser todos os anos. E no bem da verdade, eu tinha condições de passar na federal em jornalismo e nem por isso tenho artigo aqui Jacopo Venenoso (discussão) 18h48min de 17 de janeiro de 2020 (UTC)
Essa possibilidade só existe quando um jogador consegue converter o pênalti pelo alto (Aránguiz contra o Brasil). Não é algo que todos podem ter, só que o fato de ser recordista requer números, estatísticas, não apenas saber converter pênaltis. E sim, se um jogador foi recordista numa única temporada, ele já considerado notável por isso e teria artigo na Wikipédia. WikiFer msg 18h55min de 17 de janeiro de 2020 (UTC)
Qual é o seu critério mínimo de conversão de pênaltis então? Ganso se não tivesse curriculo p/ exemplo não seria notório pois errou pênalti contra o Fabio rebaixado. Jacopo Venenoso (discussão) 19h01min de 17 de janeiro de 2020 (UTC)
Eu não estou propondo nenhuma alteração nos critérios, apenas exemplificando para você o significado de "recordistas nacionais", critério que não se encaixa apenas em pênaltis, mas em qualquer outro exemplo que eu já expliquei acima. E novamente repito: este critério não é válido só para futebol e muito menos para o futebol do Brasil, todos os esportes faz jus de WP:ESPORTISTAS. Nos esportes coletivos, seja campeão ou recordista nacional ou ter ganho medalha de ouro, prata ou bronze em qualquer campeonato continental para cima se encaixa nos critérios. WikiFer msg 19h09min de 17 de janeiro de 2020 (UTC)

Isso é sério? Os critérios de notoriedade necessitam abranger um contexto geral. A proposta se limita ao cenário brasileiro com um argumento ultrapassado de números mágicos.

O fulano marca n gols e tem notoriedade pelo o quê mesmo? Outra proposta que visa agregar a aceitação de qualquer biografia de futebolista brasileiro. Enquanto aos jogadores portugueses? Isso nem deveria ser levado a sério. Edmond Dantès d'un message? 23h19min de 17 de janeiro de 2020 (UTC)

Esta proposta só pode ser uma piada. Meias e atacantes, e ainda por cima nos "mata mata" [sic]? O que vem depois? Critério para goleiros nas fases de grupos? Critérios para atacantes que erram pênaltis? Acaso o projeto virou "Futepédia" agora? Como falar em critério para posições do futebol se WP:DESPORTISTAS nem tem critério para futebolistas? Ora, faça-me o favor! Yanguas diz!-fiz 14h22min de 18 de janeiro de 2020 (UTC)

  Discordo de todas as propostas. São confusas, desnecessárias, de pouca utilidade para uma enciclopédia. A palavra "decisivo", por exemplo, qual critério para se dizer que tal jogador foi decisivo ou não? Além disso, não abrange jogadores de outras nacionalidades e competições. Ademais, não há muitos "mata-matas" no futebol brasileiro. ✍️A.WagnerC (discussão) 04h28min de 26 de janeiro de 2020 (UTC)