Ano Um

filme de 2009 dirigido por Harold Ramis
(Redirecionado de Year One)

Year One (prt/bra: Ano Um)[2][3] é um filme americano de 2009, dos gêneros comédia e aventura, dirigido por Harold Ramis, com roteiro dele, Gene Stupnitsky e Lee Eisenberg.[3]

Ano Um
Year One
Pôster promocional
 Estados Unidos
2009 •  cor •  99 min 
Direção Harold Ramis
Produção Harold Ramis
Judd Apatow
Clayton Townsend
Roteiro Gene Stupnitsky
Lee Eisenberg
História Harold Ramis
Elenco Jack Black
Michael Cera
Olivia Wilde
Juno Temple
Christopher Mintz-Plasse
David Cross
Gênero
Música Theodore Shapiro
Cinematografia Alar Kivilo
Edição Craig Herring
Steve Welch
Companhia(s) produtora(s) The Apatow Company
Ocean Pictures
Distribuição Columbia Pictures
Lançamento Estados Unidos 19 de junho de 2009
Brasil 23 de outubro de 2009 (direto em DVD)
Idioma inglês
Orçamento US$ 60 milhões
Receita US$ 62,4 milhões[1]

Estrelado por Jack Black, Michael Cera, Christopher Mintz-Plasse e Hank Azaria, Year One foi produzido pela Apatow Company e lançado em 19 de junho de 2009 nos Estados Unidos. No Brasil, o filme foi lançado diretamente em vídeo.

SinopseEditar

O filme conta a história de Zed e Oh, dois caçadores-coletores que, banidos de sua tribo, viajam à cidade de Sodoma; durante a jornada, a dupla enfrenta vários problemas e encontram várias figuras bíblicas.

ElencoEditar

ProduçãoEditar

MúsicaEditar

A trilha sonora de Year One foi composta por Theodore Shapiro, que gravou sua trilha sonora com os instrumentos de banda contemporânea, e um conjunto de 75 peças da Hollywood Studio Symphony no Sony Scoring Stage.[6]

Censura da MPAAEditar

O filme foi originalmente avaliado com a classificação "R" por conter leves "conteúdos sexuais e linguagem depreciativa" pela MPAA. Apatow e Ramis compareceu perante o conselho de recorrer da classificação para a PG-13, mas foi mantida. Depois que os cineastas fizeram cortes no filme, Ano Um foi reclassificado como PG-13.[7]

RecepçãoEditar

Reação críticaEditar

O filme recebeu críticas negativas por parte dos críticos. O consenso crítico do site Rotten Tomatoes resumiu o filme como "uma comédia mal executada e descuidada", relatando que 14% dos críticos do site deram opiniões positivas com base em 167 revisões com uma pontuação média de 3.9/10.[8] De acordo com outro site, Metacritic, o filme possui uma pontuação 34/100 com base em vinte e oito resenhas, indicando "críticas geralmente negativas".[9]

BilheteriaEditar

Year One abriu em quarto lugar nas bilheterias dos Estados Unidos em sua semana de estreia.[10] O filme arrecadou US$ 43.337.279 nas bilheterias norte-americanas e mais US$ 16.899.152 mundialmente, para um total de US$ 62.357.900.[11]

Referências

  1. «Year One Box Office Revenues». Box Office Mojo. 19 de julho de 2009. Consultado em 15 de junho de 2010 
  2. «Ano Um». Portugal: SapoMag. Consultado em 22 de fevereiro de 2021 
  3. a b «Ano Um». Brasil: CinePlayers. Consultado em 22 de fevereiro de 2021 
  4. Siegel, Tatiana (10 de janeiro de 2008). «Olivia Wilde joins Ramis' 'Year One'». Variety 
  5. "Harold Ramis's THE YEAR ONE Screens!" Ain't It Cool News
  6. Goldwasser, Dan (13 de março de 2009). «Theodore Shapiro scores Year One». ScoringSessions.com. Consultado em 15 de março de 2009 
  7. 'Year One' rating changed to PG-13 The Hollywood Reporter
  8. «Year One Movie Reviews». Rotten Tomatoes. IGN Entertainment. Consultado em 23 de julho de 2014 
  9. «Year One (2009): Reviews». Metacritic. Consultado em 21 de junho de 2009 
  10. «Weekend Box Office Results for June 19–21, 2009», Box Office Mojo .
  11. «Year One». Box Office Mojo. 19 de julho de 2009. Consultado em 20 de julho de 2009 
  Este artigo sobre um filme estadunidense é um esboço relacionado ao Projeto Entretenimento. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.