Abrir menu principal

Arquidiocese de Granada

Arquidiocese de Granada
Archidiœcesis Granatensis
Localização
País Espanha
Dioceses sufragâneas Almería
Cartagena
Guadix
Jaén
Málaga
Estatísticas
Área 6 495 km²
Informação
Rito Romano
Criação da diocese 1437
Elevação a arquidiocese 10 de dezembro de 1492
Governo da arquidiocese
Arcebispo Francisco Javier Martínez Fernández
Jurisdição Arquidiocese Metropolitana
Contatos
Página oficial www.diocesisgranada.org/

A Arquidiocese de Granada (em latim Archidiœcesis Granatensis) é uma arquidiocese da Igreja Católica sediada em Granada, na Espanha. O seu atual arcebispo metropolitano é Francisco Javier Martínez Fernández. Possui cinco dioceses sufragâneas: Almería, Cartagena, Guadix, Jaén e Málaga.

Sua é a Catedral de Granada, possui um total de 267 paróquias, assistidas por 418 padres.

Índice

TerritórioEditar

 
Território da Arquidiocese de Granada.

A arquidiocese compreende a cidade e a parte sul-ocidental da província de Granada. Seu território é dividido em 267 paróquias.

HistóriaEditar

A diocese de Granada foi eregida em 1437, como sucessora da Diocese de Elvira, criada no século III, na cidade de Elvira. Foi elevada à arquidiocese metropolitana em 10 de dezembro de 1492.

Em 1563 foi criado o seminário diocesano, dedicado a São Cecílio, convertendo uma colégio eclesiástico já existente.

Nos séculos XVIII e XIX, a vida da Arquidiocese sofreu sérias conseqüências por causa da situação política hostil à Igreja. A invasão napoleônica causou sérios danos ao patrimônio artístico e aos lugares de culto. A exclusão levou ao abandono das ordens religiosas, dos mosteiros e conventos. Finalmente, as desarmotizações prejudicaram a renda econômica da arquidiocese.

PreladosEditar

BisposEditar

ArcebisposEditar

Ligações externasEditar