Australianos

cidadãos ou residentes da Austrália
(Redirecionado de Australiana)

Australianos, coloquialmente referidos como "Aussies", são os cidadãos nacionais da Austrália. A cidadania australiana é um estatuto legal, e a lei australiana não prevê uma componente racial ou étnica da nacionalidade.

Australianos
Yagan.jpg
Dame Joan Sutherland, by Allan Warren.jpg
Ned Kelly in 1880.png
Chris Hemsworth 2012.jpg
Sia in concert with Zero 7 in 2006.jpg
Kylie Minogue Cannes.jpg
Cathy Freeman (cropped).jpg
Mary MacKillop.jpg
Nicole Kidman.jpg
Marshall 2008.JPG
Teresa Palmer 2012.jpg
World Premiere Logan Berlinale 2017.jpg
População total

+ 25 milhões

Regiões com população significativa
 Austrália ~ 24 000 000 milhões
 Grécia ~ 135 000 mil
 Reino Unido ~ 96 900 mil
 Estados Unidos ~ 89 210 mil
 Países Baixos ~ 78 927 mil
 Nova Zelândia ~ 62 900 mil
 China ~ 51 900 mil
 Canadá ~ 42 000 mil
 Itália ~ 30 000 mil
Líbano ~ 25 000 mil
 Chile ~ 23 305 mil
El Salvador ~ 18 000 mil
 Argentina ~ 11 369 mil
Uruguai ~ 9 376 mil
 Brasil ~ 7 491 mil
 Peru ~ 6 322
 Colômbia ~ 5 706
Línguas
Inglês
Religiões
Catolicismo
Grupos étnicos relacionados
Ingleses

Entre 1788 e a Segunda Guerra Mundial, a vasta maioria dos colonos e imigrantes provinha das Ilhas Britânicas (principalmente da Inglaterra, Irlanda e Escócia), embora também tenha havido uma significativa imigração da China e da Alemanha, no século XIX.

Muitos dos antigos assentamentos britânicos na Austrália eram colônias penais destinadas a abrigar condenados trazidos da Grã-Bretanha. Entre 1788 e 1857, 134 000 condenados foram para essas colônias, localizadas inicialmente em Sydney e, mais tarde, na Nova Gales do Sul, Ilha de Norfolk, Queensland, Austrália Ocidental e principalmente na Tasmânia.

A imigração de "colonos livres" aumentou exponencialmente a partir da década de 1850, com as "corridas do ouro" - fenômeno que se estendeu até o início do século XX.[1] [2][3] Nas décadas seguintes à Segunda Guerra Mundial, registrou-se uma grande onda de imigração proveniente da Europa, com muito mais imigrantes chegando do Sul da Europa e da Europa Oriental do que nas décadas precedentes.

Desde o fim da política da Austrália Branca em 1973, o país adotou uma política de multiculturalismo e tem a oitava maior população de imigrantes do mundo, sendo que os imigrantes representavam 30% da população total do país em 2019.[4][5] Grandes levas de imigrantes de todo o mundo continuam a chegar, sobretudo provenientes da Ásia.[6] Há também as migrações internas de descendentes de indígenas australianos - aborígenes australianos, aborígenes tasmanianos e nativos do Estreito de Torres.

O desenvolvimento de uma identidade nacional australiana separada começa no século XIX, com o movimento de oposição ao desterro penal, o crescimento do nacionalismo australiano e a Rebelião Eureka (1854), culminando na federação das colônias australianas, em 1901.

A principal língua do país é o inglês australiano. Embora fortemente influenciada pelas origens anglo-célticas, a cultura da Austrália também tem sido influenciada pela migração multiétnica em todos os aspectos da vida, incluindo negócios, artes, cozinha, senso de humor e esportes [7]

Referências

Ver tambémEditar