Bosco Saraiva

Político brasileiro

João Bosco Gomes Saraiva, conhecido como Bosco Saraiva (Manaus, 10 de outubro de 1959) é um empresário e político brasileiro. Foi vice-governador do Amazonas. Nas eleições gerais de 2018 foi eleito um dos oito deputados federais do Amazonas e assumiu a presidência da Comissão de Desenvolvimento Econômico, Indústria, Comércio e Serviços da Câmara Federal, a Cdeics - uma das comissões mais importantes do Brasil, principalmente para a manutenção da Zona Franca de Manaus. Atualmente, é o presidente estadual do partido Solidariedade- AM.[1]

Bosco Saraiva
Bosco Saraiva
13º Vice-governador do Amazonas
Período 04 de outubro de 2017
01 de janeiro de 2019
Governador Amazonino Mendes
Antecessor(a) Henrique Oliveira
Sucessor(a) Carlos Almeida
Deputado Estadual pelo Amazonas
Período 1º de fevereiro de 2015 até
4 de outubro de 2017
Vereador de Manaus
Período 1.º - 1º de janeiro de 1993 até
31 de dezembro de 2004
(3 mandatos consecutivos)
2.º - 1ºde janeiro de 2013
até 31 de dezembro de 2014
Deputado Federal pelo Amazonas
Período 1 de fevereiro de 2019 até Atualidade
Dados pessoais
Nascimento 10 de outubro de 1959 (64 anos)
Manaus, AM
Alma mater UNIP
Partido PPS (2003-2005)
PRTB (2005-2007)
PRP (2007-2008)
PRTB (2008-2011)
PSDB (2011-2017)
Solidariedade (2017-presente)
Profissão Escritor, Professor e Empresário

Bosco também é escritor, compositor, empresário, professor universitário e sambista, tendo sido fundador da Escola de Samba Reino Unido da Liberdade.

Biografia editar

Bosco Saraiva é nascido e criado no Morro da Liberdade, bairro da zona sul de Manaus, onde está localizada a Escola de Samba Reino Unido da Liberdade, a qual foi um dos fundadores e que inicialmente foi formada por um bloco de rua que, aos poucos, foi crescendo e ganhando destaque, até que em 1986 se transformou em escola de samba do segundo grupo, tornando-se escola do Grupo Especial em 1987.

Graduado em Gestão de Marketing e pós-graduado em Administração Avançada e Controle de Marketing, Bosco Saraiva [2] está em seu primeiro mandato como deputado federal, eleito em 2018. Seu interesse e atuação política iniciaram durante a trajetória estudantil, quando percebeu que as dificuldades encontradas no cotidiano poderiam ser superadas com uma representação político-social voltada aos anseios da população. Nos anos 80, tornou-se militante da oposição sindical metalúrgica.

Nas eleições municipais de 1992 foi eleito pela primeira vez vereador de Manaus, cargo exercido até o ano de 2004, por três mandatos consecutivos. Presidiu a Câmara de Vereadores por duas vezes, sendo também vice-prefeito de Manaus durante o biênio 1995-1996.

No exercício da função de vereador, foi nomeado presidente de inúmeras Comissões Permanentes da Câmara Municipal de Manaus,[3] com destaque para o cargo de Relator do último Plano Diretor da cidade de Manaus, e participação nas comissões de Grilagem de Terras, Cartel de Combustíveis, e a do Ressarcimento.

Bosco Saraiva é o autor da lei da meia-entrada para estudantes em eventos culturais e da lei que instituiu o Imposto Simplificado, conhecido como Simples.

Em 2004, concorreu ao cargo de vice-prefeito na chapa de Amazonino Mendes. No ano de 2006, disputou o cargo de deputado estadual, alcançando a suplência, e em 2009, após a decretação da perda do mandato do deputado estadual Edílson Gurgel (PRTB), assumiu a vaga de parlamentar.

Desde que ingressou na vida pública, Bosco Saraiva também assumiu cargos no Executivo como o de Presidente da Empresa Municipal de Urbanização- Urbam, Secretário de Estado de Infra-Estrutura e Diretor-Presidente de Planejamento Urbano (2009/2010).

No ano de 2012, foi eleito, novamente, vereador da cidade de Manaus, e conduzido pela terceira vez à presidência da Câmara Municipal de Manaus. Em 2014, se elegeu deputado estadual e passou a presidir a Comissão de Cultura da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas.

Em 2017, foi eleito vice-governador de seu estado, para um mandato tampão na chapa de Amazonino Mendes, assumindo a Secretaria de Segurança Pública, no período de outubro de 2017 a abril de 2018.

Eleito deputado federal em 2018 [4] e assumindo o mandato em 2019, foi eleito presidente da Comissão de Desenvolvimento Econômico, Indústria, Comércio e Serviços da Câmara Federal, a Cdeics - uma das comissões mais importantes do Brasil, principalmente para a manutenção da Zona Franca de Manaus, que foi uma das bandeiras e compromissos que Bosco Saraiva assumiu defender e cumpriu durante toda a sua gestão frente à comissão. (2019-2021).

Bosco Saraiva é o Relator do Projeto de Lei que trata da regularização fundiária em todo o Brasil (PL 2633/2020), um tema de muita relevância para o país.

Referências

Ligações externas editar

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre Bosco Saraiva:
  Categoria no Commons
  Base de dados no Wikidata
  Este artigo sobre um político brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.