Abrir menu principal

Wikipédia β

Campeonato Cearense de Futebol de 2016

Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, comprometendo a sua verificabilidade(desde junho de 2016). Por favor, adicione mais referências inserindo-as no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)


O Campeonato Cearense de Futebol de 2016 foi a 102ª edição do torneio, a competição premiará os clubes com duas vagas para a Copa do Brasil de 2017, duas para a Copa do Nordeste de 2017 e duas para a Série D de 2016[1].

Campeonato Cearense de Futebol de 2016
Cearense 2016
Dados
Participantes 10
Organização FCF
Período 16 de janeiro8 de maio
Gol(o)s 186
Partidas 76
Média 2,45 gol(o)s por partida
Campeão Fortaleza Fortaleza
Vice-campeão Fortaleza Uniclinic
Campeão do interior Bandeira juazeiro do norte.jpg Guarani de Juazeiro
Rebaixado(s) Bandeira quixada ce.png Quixadá
Juazeiro do Norte Icasa
Melhor marcador Anselmo (Fortaleza) – 11 gols
Melhor ataque (fase inicial) Fortaleza Ceará
Fortaleza Fortaleza (26 gols)
Melhor defesa (fase inicial) Fortaleza Ceará
Bandeira juazeiro do norte.jpg Guarani de Juazeiro (8 gols)
Maiores goleadas
(diferença)
Bandeira maranguape ce.png Maranguape 0-4 Fortaleza Ceará
Presidente VargasFortaleza
20 de março, 4ª Rodada - Segunda Fase
 
Fortaleza Uniclinic 1-5 Fortaleza Ceará
Presidente VargasFortaleza
10 de abril, 6ª Rodada - Segunda Fase
Público 117 551
Média 1 781,1 pessoas por partida
◄◄ Ceará Cearense 2015 Soccerball.svg Cearense 2017 Ceará ►►

Índice

Regulamento[2]Editar

Os dez clubes foram divididos em dois grupos de cinco que se enfrentam em confrontos diretos, de "ida" e "volta", classificando-se para a segunda fase os três primeiros colocados. O quarto e quinto colocados de cada grupo farão o quadrangular de descenso.

Na segunda fase, os três primeiros colocados do grupo A1 farão parte do grupo B1, o mesmo acontece com o grupo A2, onde farão parte do grupo B2. Os integrantes do grupo B1 contra os integrantes do grupo B2, em jogos de ida e volta, totalizando seis partidas para cada. Os dois primeiros de cada grupo classificam-se para a semifinal.

Na semifinal, o 4º melhor colocado, somando-se todas as fases, enfrenta o 1º melhor colocado. O 3º melhor colocado enfrenta o 2º. Os jogos acontecem no modelo "ida e volta", sendo a segunda partida com mando do time melhor classificado.

A final será realizada no modelo ida e volta, sendo a segunda partida com o mando do time melhor classificado, somando-se os pontos de todas as fases anteriores.

O campeão e vice-campeão receberão as duas vagas na Copa do Brasil de 2017, assim como na Copa do Nordeste de 2017. O melhor time classificado, excluindo Ceará, Fortaleza e Icasa, receberá uma vaga na Série D de 2016.

As duas equipes com piores rendimentos no quadrangular de descenso serão rebaixadas e disputarão a 2ª divisão do Campeonato Cearense de 2017.

A melhor equipe classificada que não seja sediada na capital conquistará o título de Campeão Cearense do Interior, a Taça Padre Cícero.

TransmissãoEditar

O torneio será transmitido para todo o país pelos canais TV Diário (televisão aberta no Ceará e em algumas cidades do Norte-Nordeste, e fechada no resto do Brasil) e pelos canais Esporte Interativo Maxx e Esporte Interativo Maxx 2 (televisão paga) — neste, apenas as partidas de Ceará e Fortaleza com mando de campo. A partir de 31 de janeiro, a TV Verdes Mares (afiliada Rede Globo) também passará a transmitir o campeonato para o todo o Estado do Ceará na televisão aberta.

Participantes[3]Editar

Equipe Cidade Em 2015 Estádio (capacidade) Títulos
Ceará   Fortaleza Castelão (67.037) - Presidente Vargas (20.166) 43 (último em 2014)
Fortaleza   Fortaleza Castelão (67.037) - Presidente Vargas (20.166) 40 (último em 2015)
Guarani de Juazeiro   Juazeiro do Norte Romeirão (10.000) 0 (não possui)
Guarany de Sobral   Sobral Junco (8.584) 0 (não possui)
Icasa   Juazeiro do Norte Romeirão (10.000) 0 (não possui)
Itapipoca   Itapipoca Perilão (5.000) 0 (não possui)
Maranguape   Maranguape Presidente Vargas (20.166) 0 (não possui)
Quixadá   Quixadá Abilhão (5.000) 0 (não possui)
Tiradentes[4]   Fortaleza (Série B) Presidente Vargas (20.166) — Alcides Santos (7.100) 1 (último em 1992)
Uniclinic   Fortaleza (Série B) Estádio Antônio Cruz (3.000) 0 (não possui)

Localização dos TimesEditar

Ceará Fortaleza
Arena Castelão e Presidente Vargas
Capacidade: 67 037 Capacidade: 20 166
   
Guarani de Juazeiro
Localização das equipes do Campeonato Cearense de 2016.
  Grupo A1. /   Grupo A2.
Guarany de Sobral
Romeirão Junco
Capacidade: 10 000 Capacidade: 10 001
Icasa Itapipoca
Romeirão Perilão
Capacidade: 10 000 Capacidade: 5 000
Maranguape Quixadá
Presidente Vargas Abilhão
Capacidade: 20 166 Capacidade: 5 000
   
Tiradentes Uniclinic
Presidente Vargas, Alcides Santos e Antônio Cruz
Capacidades: 20 166, 8 300 e 3 000
     

Primeira faseEditar

Grupo A1Editar

ClassificaçãoEditar

Zona de classificação para a segunda fase
Zona de classificação para o quadrangular de descenso

Grupo A2Editar

ClassificaçãoEditar

Segunda faseEditar

Grupo B1Editar

ClassificaçãoEditar

Grupo B2Editar

ClassificaçãoEditar

Quadrangular do DescensoEditar

ClassificaçãoEditar

Fase finalEditar

  16 de abril a 24 de abril
                     
   Fortaleza 3 4 7  
   Guarany de Sobral 1 4 5  
     Fortaleza 4 1 5
     Uniclinic 1 0 1
   Uniclinic 2 0 2
   Guarani de Juazeiro 0 2 2

Campeão do InteriorEditar

Taça Padre Cícero de 2016
 
Guarani de Juazeiro
Campeão
(2º título)

Classificação GeralEditar

Pos Times Pts J V E D GP GC SG Zona de Classificação ou Rebaixamento
1   Fortaleza 40 18 12 4 2 38 17 21 Classificado para à Copa do Nordeste 2017 e Copa do Brasil 2017
2   Uniclinic 28 18 9 1 8 20 25 -5 Classificado para à Copa do Nordeste 2017, Copa do Brasil 2017, Série D 2016 e Série D 2017
3   Guarani de Juazeiro 28 16 8 4 4 16 10 6 Classificado para à Série D 2016
4   Guarany de Sobral 23 16 7 2 7 17 20 -3 Semifinalista
5   Ceará 30 14 9 3 2 26 8 18 Eliminados na Segunda fase
6   Maranguape 12 14 3 3 8 13 21 -8
7   Tiradentes 21 14 6 3 5 17 13 4 Quadrangular do Descenso (Livre do Rebaixamento)
8   Itapipoca 15 14 4 3 7 15 17 -2
9   Quixadá 12 14 3 3 8 13 19 -6 Quadrangular do Descenso (Rebaixados para Segunda Divisão de 2017)
10   Icasa 5 14 1 2 11 11 36 -25

PremiaçãoEditar

Campeonato Cearense de 2016
 
Fortaleza
Campeão
(41º título)

ArtilhariaEditar

  • Atualizado até 01 de abril de 2016[5]
Gols Jogador Time
11   Anselmo Fortaleza
9   Diogo Peixoto Uniclinic
4   Rafael Costa Ceará
  Luiz Carlos Guarany de Sobral
  Everton Felipe Quixadá
  Wallison Tiradentes
  Enercino Uniclinic

Maiores públicosEditar

Atualizado em 09 de maio de 2016.

Esses foram os maiores públicos pagantes do Campeonato:

Público[PP] Mandante Placar Visitante Estádio Local Data Rodada
1 54.124 Fortaleza   1–0   Uniclinic Arena Castelão   Fortaleza 8 de maio Final
2 24.312 Fortaleza   2–1   Ceará Arena Castelão   Fortaleza 13 de março 2ª Segunda Fase
3 19.821 Ceará   1–1   Fortaleza Arena Castelão   Fortaleza 27 de março 5ª Segunda Fase
4 5.044 Ceará   3–1   Guarany de Sobral Presidente Vargas   Fortaleza 27 de fevereiro 10ª Primeira Fase
5 4.731 Ceará   1–1   Maranguape Arena Castelão   Fortaleza 06 de março 1ª Primeira Fase
6 4.026 Tiradentes    0–1   Ceará Presidente Vargas   Fortaleza 24 de janeiro 2ª Primeira Fase
7 4.017 Uniclinic   2–3   Fortaleza Arena Castelão   Fortaleza 31 de janeiro 4ª Primeira Fase
8 4.008 Ceará   1–0   Guarani de Juazeiro Presidente Vargas   Fortaleza 27 de janeiro 3ª Primeira Fase
9 3.854 Ceará   2–0   Quixadá Presidente Vargas   Fortaleza 30 de janeiro 4ª Primeira Fase
10 3.685 Fortaleza   2–0   Icasa Presidente Vargas   Fortaleza 10 de fevereiro 7ª Primeira Fase
  • PP. ^ Considera-se apenas o público pagante

Premiação (Troféu Verdes Mares)Editar

  • Melhor técnico: Marquinhos Santos (Fortaleza)
  • Melhor árbitro: Cleuton Lima
  • Melhor assistente (árbitro): Carolina Romanholi
  • Goleiro menos vazado: Ricardo Berna (Fortaleza)
  • Homenageado: Anselmo

Referências

  1. futebolinterior.com. «CBF muda regra e facilitará vagas na Série D a partir de 2016.». 11 de novembro de 2015. Consultado em 23 de dezembro de 2015 
  2. «Regulamento do Campeonato Cearense 2016» (PDF). FCF. Consultado em 27 de junho de 2016 
  3. «Campeonato Cearense 2016 | McNish FC». Consultado em 31 de dezembro de 2015 
  4. Crisneive Silveira, Juscelino Filho e Thaís Jorge (15 de janeiro de 2016). «FCF rebaixa Guarany de Sobral e comunica à CBF sobre Copa do Brasil». Globoesporte.com. Consultado em 15 de janeiro de 2016 
  5. «Artilharia do Cearense 2016». Federação Cearense de Futebol. 01 de abril de 2016. Consultado em 06 de abril de 2016  Verifique data em: |acessodata=, |data= (ajuda)