Abrir menu principal

Campeonato Paulista de Futebol de 1980 - Segunda Divisão

Campeonato Paulista de Futebol de 1980
Segunda Divisão
Dados
Participantes 28[1]
Período 9 de março – 29 de outubro
Campeão São José
Vice-campeão Catanduvense
Melhor marcador Tião Marino (18 gols)
Melhor ataque (fase inicial) São José EC - 68 gols marcados
◄◄ São Paulo 1979 Soccerball.svg 1981 São Paulo ►►

O Campeonato Paulista de Futebol de 1980 - Segunda Divisão foi a 34ª edição do torneio promovida pela Federação Paulista de Futebol, e equivaleu ao segundo nível do futebol no estado de São Paulo. O São José conquistou o título,[2] e foi promovido para a primeira divisão do ano seguinte.

Após nova reformulação do Campeonato Paulista, com a redução de 5 para 3 divisões, o número de participantes aumentou em relação a edição anterior, de 20 para 28 equipes.

Índice

Forma de disputaEditar

  • Primeira fase: Disputa por pontos corridos em turno e returno. Todas as equipes avançam para a segunda fase.
  • Segunda fase: As equipes são divididas em 4 grupos, disputado por pontos corridos em dois turnos, mantendo-se a pontuação da fase anterior.
  • Semifinal: Os campeões de cada grupo fazem a semifinal em "melhor de 3 pontos". Em caso de empate, classifica-se a equipe que mais somou pontos nas fases anteriores.
  • Final: Disputa em "melhor de 4 pontos". O campeão está promovido, e o vice disputa o acesso com o penúltimo colocado da 1ª Divisão.

Primeira faseEditar

Segunda Fase[3]Editar

SemifinalEditar

Primeiro jogo[4]Editar

11 de outubro de 1980 Catanduvense 1 — 1 União Barbarense Estádio do Pacaembú

João Luis   24' Reinaldo   87' Árbitro: Romualdo Arppi Filho
11 de outubro de 1980 São José 0 — 0 Aliança Clube Estádio do Pacaembú

Público: 13 418
Renda: Cr$ 1 443 920,00
Árbitro: Roberto Nunes Morgado

Segundo jogo[5]Editar

18 de outubro de 1980 Catanduvense* 1 — 1 União Barbarense Estádio do Pacaembú

Reinaldo   72' Barbosa   19' Árbitro: Marcio Campos Sales

(*) Pelo regulamento, o Catanduvense foi à final por somar mais pontos na fase anterior.

18 de outubro de 1980 São José 2 — 1 Aliança Clube Estádio do Pacaembú

Ademir Gonçalves   42'
Tata   61'
Jorge Cruz   75' Público: 16 201
Renda: Cr$ 1 492 040,00
Árbitro: Oscar Scolfaro

FinalEditar

IdaEditar

25 de outubro de 1980 São José   1 - 0   Catanduvense Pacaembu, São Paulo, SP  

Tião Marino   Público: 11 268
Renda: Cr$ 1 051 150,00
Árbitro: José de Assis Aragão

VoltaEditar

29 de outubro de 1980[6] Catanduvense   0 - 4   São José Pacaembu, São Paulo, SP  

Tião Marino (11')  
Tião Marino (14')  
Baitaca (74')  
Edinho (83')  
Público: 15.959
Renda: Cr$ 1 506 080,00
Árbitro: Dulcidio Wanderley Boschillia

São José: Tonho; Darcy, Walter Passarinho, Ademir Gonçalves e Nelsinho; Ademir Mello, Tata e Esquerdinha; Edinho (China), Tião Marino (Baitaca) e Nenê. Técnico: Henrique da Silva Passos.
Catanduvense: Barbirotto; Zé Luiz, Décio (Cássio), Bassi e Tércio; Zico, Edmilson e Arlem; João Carlos, Reinaldo e Adauto (Aripe). Técnico: Dalmo Gaspar.
[7]

PremiaçãoEditar

Campeonato Paulista de 1980 - Segunda Divisão
 
São José
Campeão
(2º título)

RepescagemEditar

Francana, penúltima colocada da 1ª Divisão, e Catanduvense, vice da 2ª, disputaram uma vaga na elite, com os seguintes resultados:[8]

  • 08/11/1980: Francana 4 x 1 Catanduvense
  • 11/11/1980: Francana 2 x 1 Catanduvense

Estes resultados mantiveram as equipes nas mesmas divisões.

Ver tambémEditar

Referências

  1. RSSSF Brasil. «São Paulo State - List of Second Division Participants 1916-2001». Consultado em 9 de janeiro de 2013 
  2. RSSSF Brasil. «São Paulo State - List of Second Division Champions». Consultado em 9 de janeiro de 2013 
  3. Folha de S. Paulo. «Começam sábado as finais da 2ª Divisão». Consultado em 7 de maio de 2017 
  4. Folha de S. Paulo. «Finalistas da 2ª só no sábado». Consultado em 7 de maio de 2017 
  5. Folha de S. Paulo. «Catanduvense e São José decidem». Consultado em 7 de maio de 2017 
  6. Folha de S. Paulo. «São José goleia e passa à 1ª Divisão». Consultado em 24 de julho de 2017 
  7. Livro "Esporte, Formigão e Águia", 2a edição, de Alberto Simões.
  8. Folha de S. Paulo. «A última vaga é da Francana». Consultado em 24 de julho de 2017 
  Este artigo sobre futebol brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.