Candidatura luso-espanhola à Copa do Mundo FIFA de 2018

Portugal e Espanha apresentaram uma candidatura conjunta à organização do Campeonato do Mundo de Futebol de 2018 ou 2022.[1] A iniciativa partiu do Presidente da Federação Portuguesa de Futebol Gilberto Madaíl e contou com aceitação por parte do Presidente da Real Federação Espanhola de Futebol, Ángel María Villar. Espanha já organizou o Campeonato do Mundo de 1982, enquanto Portugal tinha organizado mais recentemente o Euro 2004.

Logótipo da Candidatura

A candidatura ibérica era vista como uma das favoritas, uma vez que um grande número de delegados da FIFA é natural de países latino-americanos, países esses que possuem grande afinidade histórica e cultural com Portugal e Espanha, por serem quase todos ex-colónias.

No entanto, em 2 de dezembro de 2010, após decisão do Comitê Executivo da FIFA anunciada na sede da organização em Zurique, a candidatura ibérica perdeu para a Rússia o direito de sediar a Copa do Mundo de 2018; no último turno da votação, Espanha/Portugal conseguiram 7 votos contra os 13 da Rússia. Tendo em vista o desejo da FIFA de globalizar a Copa do Mundo, com a vitória russa, todas as candidaturas europeias para a edição de 2022 desse evento futebolístico foram eliminadas, permitindo a eleição inédita do Catar, que será o primeiro país árabe a sediar uma Copa do Mundo.

Cidades CandidatasEditar

  PortugalEditar

Cidade Estádio Capacidade Clube Imagens
Lisboa José Alvalade
Estádio da Luz
51.000
65.000
Sporting CP
SL Benfica
 
Porto Estádio do Dragão 52.000 FC Porto  
Braga Estádio Axa 30.000 expansão proposta SC Braga  
Faro-Loulé Estádio Algarve 30.000 expansão proposta Farense  

  EspanhaEditar

 
Publicidade alusiva à candidatura luso-espanhola
Cidade Estádio Capacidade Clube Notas
Corunha Riazor 35,000 Dep. Coruña Expansão proposta
Alicante Nuevo Rico Pérez 30,000 Hércules CF Estádio proposto
Badajoz Nuevo Vivero 45,000 CD Badajoz Estádio proposto
Barcelona Camp Nou
Montjuic
98,700
56,000
FC Barcelona

Bilbao Novo San Mamés 55,000 Athletic Bilbao Em construção
Gijón El Molinón Real Sporting de Gijón Remodelação proposta
Madrid Santiago Bernabéu
Estadio Olímpico de Madrid
80,000
70,000
Real Madrid
Atlético Madrid

Renovação proposta
Málaga Estádio La Rosaleda 35,000 Málaga CF
Múrcia Nueva Condomina 33,000 Real Murcia
São Sebastião Estádio Anoeta Real Sociedad Reconstrução proposta
Santander El Sardinero Racing Santander Reconstrução proposta
Sevilha La Cartuja 60,000 Espanha (alguns jogos)
Valência Nou Mestalla 75,000 Valencia CF Em construção
Valladolid Estadio José Zorrilla 40,000 Real Valladolid Expansão proposta
Vigo Estádio Balaídos 42,381 Celta de Vigo Reconstrução Proposta
Saragoça Novo Estadio de San José 40,000 Real Zaragoza Estádio Proposto

Referências

  1. Carlos Silva (17 de Fevereiro de 2009). «FIFA aceita candidatura luso-espanhola para 2018/2022». RTP. Consultado em 16 de Abril de 2010 

Ligações externasEditar