Abrir menu principal
Disambig grey.svg Nota: Se procura por o outro clube de El Ejido fundado em 2012 e que disputa a terceira divisão da Espanha, veja Club Deportivo El Ejido 2012.

Club Polidesportivo Ejido (mais conhecido como Poli Ejido), foi um clube de futebol espanhol da cidade de El Ejido, na província de Almeria.

Poli Ejido
Polideportivo Ejido.png
Nome Club Polideportivo Ejido
Alcunhas Poli, Los Pitufos, Equipo Celeste
Mascote Tigretón
Fundação 1969
Extinção 2012
Estádio Municipal Santo Domingo
Capacidade 7.870
Localização El Ejido, Flag of Spain.svg Espanha
Presidente Espanha
Treinador Espanha
Patrocinador Ayuntamiento de El Ejido
Material (d)esportivo Luanvi
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
titular
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo
editar

HistóriaEditar

Fundado em 1969, o clube, cujas cores eram azul-celeste e branco, disputou a Liga Adelante entre 2001 e 2008 (ficando sempre na parte intermediária da classificação, tendo um 11º lugar como sua melhor classificação), quando foi rebaixado para a Terceira Divisão Espanhola (Segunda División B). Antes, disputava torneios regionais entre 1969 e 1987, quando ascendeu justamente à Tercera División (o quarto escalão do futebol espanhol). Durante o período em que esteve na Liga Adelante, mantinha uma rivalidade com o Almería.

Na temporada 2011-12, o Poli Ejido foi excluído da Terceira Divisão espanhola por ter faltado a 2 partidas. A equipe já vivia sérios problemas financeiros e nem sequer possuía jogadores aptos a disputar a competição. Em 9 de janeiro de 2012, o clube liberou todos os jogadores de seus respectivos contratos, e três dias depois seria comprado, passando a se chamar Polideportivo Ejido 2012 Sociedad Deportiva.

EstádioEditar

A equipe mandava seus jogos no Estádio Municipal Santo Domingo, inaugurado em 2001, e que possui capacidade para 7.870 lugares.

Futebolistas famososEditar

Treinadores famososEditar

Treinadores do Poli Ejido
  •   Antonio Tapia (1997-2001)
  •   Fernando Castro Santos (2001-2002)
  •   Paco Herrera (2002-2003)
  •   Quique Setién (2003)
  •   José María Salmerón (2003)
  •   Julián Rubio (2003-2004)
  •   José María Salmerón (2004)
  •   Pepe Mel (2004-2005)
  •   José María Salmerón (2005-2006)
  •   Antonio Tapia (2006-2007)
  •   Luis César Sampedro (2007-2008)
  •   Fernando Castro Santos (2008)
  •   Lucas Cazorla (2008-2009)
  •   Josep María Nogués (2009)
  •   Óscar Cano (2010)
  •   Julio Velázquez (2010-2011)
  •   Imanol Idiákez (2011)
  •   Raúl Procopio (2011)
  •   Héctor Berenguel (2011-2012)

Ver tambémEditar

Ligações externasEditar