Ildefons Lima

futebolista espanhol

Ildefons Lima Solà - também grafado como Ildefonso Lima Solá (Barcelona, 10 de dezembro de 1979) é um futebolista andorrano que atua como zagueiro no Inter d'Escaldes e também pela seleção de Andorra, sendo a principal referência do time.

Ildefons Lima
Ildefons Lima
Ildefons Lima em 2016.
Informações pessoais
Nome completo Ildefons Lima Solà
Data de nasc. 10 de dezembro de 1979 (40 anos)
Local de nasc. Barcelona, Flag of Spain.svg Espanha
Nacionalidade andorrano / espanhol
Altura 1,91 m
Destro
Informações profissionais
Clube atual Andorra Inter d'Escaldes
Número 6
Posição Zagueiro
Clubes de juventude
Espanha CF Damm
Clubes profissionais1
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
1997–1999
1999–2000
2000–2001
2001–2002
2002
2002–2003
2003–2004
2004–2005
2005–2009
2009–2011
2011–2012
2012–2014
2014–2018
2018–
Andorra FC Andorra
Espanha Espanyol B
Espanha Sant Andreu
Grécia Ionikos
México Pachuca
Espanha Las Palmas
Espanha Poli Ejido
Espanha Rayo Vallecano
Itália Triestina
Suíça Bellinzona
Itália Triestina
Andorra FC Andorra
Andorra FC Santa Coloma
Andorra Inter d'Escaldes
64 (2)
1 (0)
25 (2)
0 (0)
3 (1)
25 (2)
2 (0)
35 (1)
87 (1)
45 (4)
18 (2)
45 (18)
84 (18)
30 (2)
Seleção nacional
1997– Flag of Andorra.svg Andorra 127 (11)


1 Partidas e gols pelo clube profissional
contam apenas partidas das ligas nacionais,
atualizados até sexta-feira, 30 de outubro de 2020.


Lima é um dos poucos jogadores andorranos a conseguir atuar fora do país, jogando no futebol espanhol (Espanyol B, Sant Andreu, Las Palmas, Poli Ejido e Rayo Vallecano), italiano (Triestina[1]), suíço (Bellinzona) e grego (Ionikos), além de atuar pelo Pachuca do México em 2002.

Em 2012, voltou para o futebol de Andorra, jogando pelo FC Andorra (clube que disputa a quinta divisão espanhola), Santa Coloma (2014 a 2018) e Inter d'Escaldes, onde atua desde 2018.

Seleção nacionalEditar

Nascido em Barcelona[2] e filho de um andaluz com uma catalã,[3] Ildefons começou na seleção em 1997 aos 17 anos, marcando em sua estreia contra a Estônia, numa derrota de 6-1. Ao longo dos anos se tornou referência da equipe, e o cobrador oficial de pênaltis.

Nas Eliminatórias da Euro de 2016, terminou com 3 gols, um recorde para um jogador do país. É também o maior artilheiro da seleção com 11 gols e o recordista de jogos (127 partidas).[4] Em novembro de 2019, após o jogo contra a Turquia, válido pelas eliminatórias da Eurocopa de 2020, tornou-se o jogador com mais tempo defendendo uma seleção nacional, com 22 anos e 148 dias, ultrapassando Iván Hurtado, que atuou por 22 anos e 145 dias pela Seleção Equatoriana.

Jogou ainda com seu irmão mais velho, o também zagueiro Antoni Lima, que atuou por 13 clubes em 20 anos como atleta.

Ligações externasEditar

Referências

  1. Rodio, Antonello (3 de agosto de 2005). «Arriva Lima, stopper della nazionale di Andorra» [Lima, Andorran national team stopper, arrives]. Il Piccolo (em italiano). Consultado em 3 de junho de 2016 
  2. Mentruit, Inmaculada (8 de outubro de 2008). «Aventuras de un andorrano en la Serie B». Mundo Deportivo (em espanhol). Consultado em 14 de outubro de 2014 
  3. Doral, Alba (7 de abril de 2019). «Ildefons Lima i el mapamundi» [Ildefons Lima and the world map]. Diari d'Andorra (em catalão). Consultado em 29 de dezembro de 2019 
  4. Duret, Sébastien; Mamrud, Roberto (21 de agosto de 2019). «Andorra – Record International Players». RSSSF. Consultado em 17 de novembro de 2019 
  Este artigo sobre um futebolista é um esboço relacionado ao projeto desporto. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.